KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

Top 15 de Álbuns de K-Pop de 2021

De BIBI a NCT 127, estes são os álbuns de K-pop que definiram o ano.

Quando se trata de K-pop, a experiência do álbum é uma jornada com um imenso peso cultural. É uma terra onde as faixas do lado B são tão importantes quanto os singles principais, e cada álbum é adaptado para fornecer aos ouvintes a melhor experiência enquanto molda a identidade sonora do artista por trás dele. Este ano, os álbuns mais fortes de 2021 variaram da perfeição pop tradicional ao R&B discreto e o paraíso do rock alternativo – exibindo a variedade musical do gênero ultrapopular. A seguir, os 15 principais K-álbuns e EPs que causaram um grande impacto em 2021.

| 1 | 공감 (Empathy) do D.O.

Após anos de antecipação dos fãs, o terno vocalista do EXO, D.O., finalmente fez seu debut solo com 공감 (Empathy). Assim como seus colegas de grupo com carreira solo, D.O. teve a liberdade de escolher qual rota lhe encaixava melhor – alguns fãs pensaram que seria um suave R&B; outros disseram que ele escolheria baladas. Felizmente para nós, ele caminhou pelos dois lados e veio com algo muito mais sincero e fiel ao seu caráter. 공감 (Empathy) é o sonho pop-acústico-R&B que o mundo precisava após o pesadelo que foi 2020. D.O. sempre teve uma rica qualidade em sua voz, mas em músicas como “It’s Love” e “I’m Fine”, ele é capaz de transmitir romance a cada sílaba. 

| 3 | Don’t Fight the Feeling do EXO

A comunidade K-pop caiu de joelhos quando EXO anunciou seu mais recente “álbum especial”. Com alguns membros do grupo voltando do serviço militar e outros começando a se alistar, a probabilidade de retorno do grupo parecia muito baixa. Felizmente, Don Don’t Fight the Feeling forneceu a esperança e a emoção que muitos ansiavam novamente. A faixa-título, que leva o nome de seu EP, é contagiosamente alegre e uma indiscutível carta de amor para a fanbase inabalável do EXO, EXO-L. A razão pela qual este álbum funciona tão bem é que ele não se leva muito a sério – você pode realmente sentir o amor e o cuidado que envolveu a gravação de cada faixa. Por mais épicos que sejam os álbuns de estúdio do grupo, ainda é um prazer vê-los se soltar e curtir um ao outro.  Mesmo com as favoritas dos fãs, como a animada “Paradise” e a criminalmente subestimada “Just as usual”, Don’t Fight the Feeling oferece conforto para aqueles que se esqueceram de como o EXO é mágico quando estão juntos.

| 11 | Peaches do KAI

O membro do EXO provou que há muito mais nele do que aparenta, desde sua estreia solo em 2020. Exatamente um ano após lançar seu eclético álbum autointitulado, KAI marcou seu retorno solo com Peaches. Permanecendo fiel ao som criado em KAI (开) de 2020, Peaches expande paisagens de R&B e hip-hop com dicas de elementos pop e lo-fi. Mas canções como a faixa-título de mesmo nome e “Vanilla” baseada em indie-pop são relativamente leves e sinceras em comparação com seus antecessores. Como alguns apontaram, Peaches é o equivalente diurno às aventuras noturnas abafadas de KAI (开). Ainda assim, isso não significa que KAI ficou totalmente mole conosco, como observado em “Domino” – um lugar onde o cantor abraça seu registro vocal baixo de todo o coração. Como alguém que nunca esteve na linha da frente vocal do EXO, ele claramente percorreu um longo caminho desde seus dias de “MAMA”.

| 15 | Bambi do Baekhyun

O membro do EXO/SuperM, Baekhyun, é um farol de luz constante. Em seu EP Bambi, o vocalista provoca seus ouvintes com falsetes alegres, execuções sofisticadas e um registro vocal grave rico – o suficiente para enviar calafrios pela espinha. Bambi é estruturado em torno da evolução das emoções dentro de um relacionamento. Começando esperançoso, “Love Scene” é um terno desejo de amor eterno, algo que você encontraria nos filmes. Mas terminando em um estado de desesperança, o álbum fecha o capítulo com um pesaroso “Cry for Love” – questionando onde tudo deu errado. Com seis níveis distintos de pop, R&B, soul e jazz, Baekhyun abre seu coração sem arrependimentos.

*Foram traduzidas somente as partes relacionadas ao EXO.


Fonte: Harper’s Bazaar (14.12.21)

Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *