KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

 

Para aqueles que não estão familiarizados com o ator Doh Kyungsoo, que na verdade é conhecido como D.O. do EXO, aqui estão três coisas das quais você pode não estar ciente: Em primeiro lugar, ele é o vocalista principal do grupo; em segundo lugar, apesar de ter passado menos tempo treinando em comparação aos outros membros, ele conseguiu chamar a atenção para si por causa de suas habilidades como dançarino; e, finalmente, ele não é realmente um dos membros programados para ser ator, então antes do filme “Cart” em 2014, ele nunca havia tido nenhuma aula de atuação. Além de mostrar suas habilidades, os misteriosos talentos que ele ainda deve revelar despertam interesse.

Doh Kyungsoo, que protagoniza um filme pela primeira vez, vai ampliar ainda mais sua carreira de ator com “Swing Kids”. Tendo retratado personagens jovens mais sombrios e sentimentais no passado, ele logo se transformará no rebelde e curioso prisioneiro de guerra norte-coreano, Roh Kisoo, que dança sapateado, e estará entregando através deste filme algo que nunca foi mostrado antes para o público.

 

Assim como nos filmes “Cart” (2014) e “Room No.7” (2017), nos quais você interpretou jovens que não foram pagos por seus trabalhos, e um soldado sob cuidados especiais na série de filmes “Along With The Gods”, você tem interpretado papéis ligeiramente mais obscuros e pessimistas, mas Roh Kisoo em “Swing Kids” é um personagem completamente diferente.

Embora exista personagens traumatizados e feridos dentro de mim, eu também tenho um lado viril e curioso que se assemelha a Roh Kisoo. Desde que todos têm seu próprio papel no grupo, eu não falo muito já que os outros membros são falantes. Acho que é por isso que passo a imagem de ser quieto e calmo na maioria do tempo, mas quando estou com pessoas das quais sou próximo, também sou barulhento e brincalhão. Pude maximizar toda essa travessura que existe em mim e que eu não tinha mostrado por todo esse tempo, e me diverti muito no set de filmagens de “Swing Kids”. Você entenderá se assistir ao programa de variedades do EXO que irá ao ar em fevereiro do próximo ano. Nós brincamos bastante durante as filmagens (risos).

 

Roh Kisoo, após ser cativado pelo sapateado dos americanos, prepara uma performance de Natal com os outros membros do ‘Swing Kids’. Olhando a sinopse do filme, eu não acho que seja apenas sobre um personagem que dança bem. Mas sobre os detalhes, de alguém que não era capaz de acompanhar os outros, mas que pratica tanto até que realmente se torna bom, e até mesmo a parte em que ele arruína tudo por causa da pressa de fazer bem.

Foi bem natural. Como eu não dançava sapateado antes, a memória de não sapatear bem ainda está fresca em minha mente, e por isso eu pude transferi-la para a atuação. Para quem está aprendendo a sapatear pela primeira vez, geralmente terá suas mãos rígidas, já que todo o foco estará nos pés e no chão (demonstrando ao entrevistador). Assim como os braços estarão retos e duros. Quem assistir ao filme irá notar que Roh Kisoo passa a primeira metade do filme olhando apenas para o chão (enquanto dança).

 

Quando você filmou “Swing Kids”, qual foi o seu maior desafio?

Foi um desafio para mim como alguém que não experienciou o período de guerra nos anos 50. Para ressoar com as emoções e pensamentos de um prisioneiro de guerra, tive muitas conversas com o diretor sobre isso. Eu também fiquei bastante intrigado com o dialeto norte-coreano, já que o professor me disse que o dialeto retratado no filme e o que é usado na realidade são bem diferentes, e principalmente porque não o encontrava com frequência, então não tínhamos muita certeza. Além disso, o dialeto em diferentes regiões também é diferente. Depois de decidirmos que Roh Kisoo teria um sotaque com influência de Pyongyang, trabalhei duro para imitar a pronúncia do professor. Quanto a raspar o cabelo… Eu fiz isso de bom grado e feliz (risos). Eu nunca gostei de ter cabelos compridos, então depois de raspar para “Swing Kids”, eu achei extremamente confortável, então eu nem quero mais deixar meu cabelo crescer. Ao filmar “Swing Kids”, eu não precisei de muita maquiagem, então o tempo de preparação era menos de 5 minutos.

 

Por estar fascinado pelo sapateado, Roh Kisoo esquece suas convicções, entre outras coisas, e parece que pôde liberar sentimentos que estavam sendo reprimidos durante este processo. Então, qual parte disso é a mais estimulante?

Com o grupo, sempre dançamos uma coreografia planejada, mas em “Swing Kids” eu podia dançar sozinho naturalmente, uma experiência como essa é nova para mim. Além disso, Roh Kisoo é um garoto que fala livremente, sem filtros (risos). Ele, que fala sem se importar com as circunstâncias, faz eu me sentir refrescado, pois isso não é algo que eu faria normalmente, então foi muito divertido.

 

Parece que o relacionamento de Roh Kisoo com o irmão Roh Kijin é o ponto focal do filme.

Embora a história não fale tanto do irmão de Kisoo, todas as cenas com ele são muito importantes. Como a história conta que Kisoo é fortemente influenciado por ele, não foi fácil interpretar isso. Além disso, o ator e modelo Kim Donggyeon, que interpreta meu irmão mais velho, é muito alto. Na verdade, ele é 5 anos mais novo que eu, e eu que sou o “irmão” mais velho. Eu consegui representar as cenas pensando sobre como eu costumava brincar com meu irmão mais velho quando eu era jovem e pensei que seria como Kisoo e Kijin teriam interagido também. Mesmo que se trate de épocas diferentes, eu presumo que no final, todos os irmãos são iguais.

 

Para os atores, naturalmente é preciso tempo para sair de personagens, e até hoje, você já interpretou muitos papéis sombrios e ainda assim pôde atender as agendas de um cantor quase imediatamente. “Como esse ator encontra tempo para separar os sentimentos de ator e cantor?” esse pensamento passou pela minha cabeça e estou curioso.

Hmm, não há tempo para isso. Eu foco e me torno esse personagem enquanto no set, e depois imediatamente volto a ser eu mesmo de novo, mas isso também é possível porque o EXO é um lugar bem estruturado e estável pra mim. Ao parar de ser um ator, eu preciso me dedicar imediatamente às atividades de cantor, durante esses momentos, os personagens serão mantidos no outro lado do cérebro, então é possível ao mesmo tempo fazer as atividades do EXO e de atuação. No entanto, seria impossível fazer duas atividades de atuação ao mesmo tempo.

 

Quando nos encontramos ano passado com “Room No.7” , e este ano de novo, você realmente me parece ser alguém que não é pretensioso. Embora você seja um ídolo incrível, como ator você está sempre interpretando jovens que estão feridos ou sofrendo, e constantemente participa de filmes que destacam questões sociais. Essa direção que você está tomando realmente merece ser descrita de uma forma prestigiosa.

Eu nunca tinha pensado assim. Independentemente de qual projeto, coisa ou comportamento, se alguém impusesse um significado a isso, poderia realmente causar algumas mudanças de significado. Eu apenas gosto das coisas como elas são.

 

 

Menção a Kyungsoo na entrevista do diretor Kang Hyeongcheol 

 

 

O campo de batalha dança por causa do ritmo. De acordo com o diretor Kang Hyeongcheol, para impulsionar e estimular suas performances de atuação, os atores que aprenderam sapateado para o filme e, claro, junto com a equipe e a produção, dançam sempre que há tempo no set de “Swing Kids”, e essa atmosfera persistiu até o dia do photoshoot de capa da CINE21.

Na entrevista no início deste ano com a CINE21, o diretor Kang que exclamou: “Nosso Kyungsoo, nosso Kyungsoo, quero levá-lo nas minhas costas e correr todos os dias”, anunciou “Se ‘Swing Kids’ ultrapassar a bilheteria de 3.7 mil admissões, eu vou carregar Doh Kyungsoo nas minhas costas.”

Doh Kyungsoo, cuja imagem é sincera, tinha uma expressão brilhante e dançava em círculos dentro do estúdio. Parece que apenas os jornalistas ficaram surpresos, enquanto os outros funcionários pareciam familiarizados com essa cena e estavam imersos na atmosfera alegre de “Swing Kids”.

 

Os desejos juvenis de Roh Kisoo foram expressados por Doh Kyungsoo, ele é o cartão que a indústria cinematográfica está antecipando agora. Quais são seus pensamentos sobre Doh Kyungsoo depois de ter trabalhado com ele?

Isso será um problema na próxima vez (risos). Haverá tantas pessoas aqui e ali que gostarão de trabalhar com ele, e como eu quero trabalhar com ele novamente, estou preocupado que ele esteja ainda mais ocupado do que agora. Quando cheguei ao nosso primeiro encontro, abri a porta, eu ri comigo mesmo pensando: “Ah, o personagem principal misteriosamente está aqui”. É difícil explicar como o personagem na sinopse do meu filme estava ali vividamente na minha frente, mas por alguma razão, “É isso, é ele”, Doh Kyungsoo era exatamente ele.

 

 


Fonte: Cine21  – Edição 1183 (01.12.18)

Tradução em Inglês: enthralleddd, dyororo_, inksoomissedit, DeeDotOhDot

Tradução e adaptação em Português: Kyungsoo Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *