KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

160204_하이컷-05

Você é a definição de alguém que trabalha muito. Parece que nós acabamos de ver uma notícia que você está gravando um filme, quando ligamos a TV vemos que o EXO lançou uma música nova. É difícil demais apenas dizer que isso é complicado.

D.O.: Ah… Não é. Bem… Estar ocupado é inevitável, trabalhando em duas coisas ao mesmo tempo. Mas eu já me adaptei. Inclusive, agora eu começo a me sentir desocupado quando há tempo para descansar. Mas mesmo assim, sempre é de um jeito proveitoso. (risos)

Você parece profundamente imerso desse jeito. Em “Pure Love”, com sua pele bronzeada, você se tornou um perfeito garoto de vila. E quando você está de volta em Seoul, você é um ídolo por toda a Ásia. Você muda como um interruptor de luz.

D.O.: Não foi nem um pouco difícil. É normal porque as atividades do EXO são constantes e se tornou familiar. Se eu for para o palco, tudo sai bem.

A verdade é que sua agência não tinha a intenção de fazê-lo atuar. Nós ouvimos que, por esse motivo, você nunca aprendeu realmente como atuar. Mas meio que por acaso você foi o primeiro no EXO a entrar nesse mundo.

D.O.: Sinceramente, eu também não pensava em começar atuar, muito menos ser o primeiro, mas a oportunidade apareceu de repente. Um dia, o roteiro para “Cart” chegou até mim. Então eu fiquei surpreso e aceitei.

Você começou a atuar por acaso, mas sua habilidade é quase indiscutível. Você previa esse tipo de responsabilidade?

D.O.: É um sentimento muito bom, mesmo quando eu me assisto atuando e sempre me sinta desapontado, que deixei algo a desejar. As outras pessoas assistiam amavelmente e isso me surpreendeu e me ajudou a ser mais confiante. Eu sinceramente não sou do tipo que gosta de ser elogiado. Não ser empurrado para isso também me fez bem? Hahaha…

Você realmente nunca teve aulas de atuação?

D.O.: Não. Nem uma vez…

Mesmo que você ainda não tenha aparecido em muitos projetos, ainda assim, muitos dos seus papéis parecem ser tristes, em sua maioria. Mas então você se transformou no brilhante garoto de uma vila para “Pure Love”.

D.O.: Triste ou brilhante, eu apenas me divirto bastante atuando (risos). Eu tenho esse e aquele lado. Não é que eu me encaixe ou prefira um, mas eu acho os dois interessantes.

Como foi filmar “Pure Love”? Nós soubemos que foi numa zona rural bem longe.

D.O.: Enquanto estávamos filmando, estava quente e tivemos que trabalhar bastante. Era bem divertido quando não estávamos filmando. Nós (os atores) éramos todos colegas então brincávamos juntos (risos). Nós nos divertimos por Goheung, fazendo tudo que podíamos. Nós jogávamos sinuca e fomos até Sucheon para assistir um filme. Quando fomos à ilha de Deukryangdo, nós pescamos e nadamos no oceano. Como as crianças em “Pure Love”. Pra ser sincero, os outros atores são amigos mais novos que eu, mas eles são muito mais maduros do que você pode imaginar. Talvez seja porque eles começaram suas carreiras cedo, mas era fácil falar com eles, e por isso nós passamos esse tempo como amigos de verdade.

Deve ser uma sensação diferente das atividades do EXO.

D.O.: Diferente, é diferente. Como eu estava passando um tempo com pessoas diferentes, que não são os membros do EXO, com quem eu sempre estou. Foi uma nova diversão.

Esse filme é a sua primeira oportunidade atuando como protagonista e com um dialeto diferente.

D.O.: Eu nasci em Nonhyeon-dong, Seoul. Eu penso bastante no que as pessoas que realmente usam o dialeto de Jeollanam-do vão pensar quando assistirem o filme. Há a ansiedade e há o medo. Por enquanto, minha curiosidade é maior. Em vez de aprender realmente o dialeto, eu pratiquei enquanto o escutava, eu e os outros atores não usamos o dialeto de Seoul de jeito nenhum quando chegamos a Goheung. Até agora, sai naturalmente quando eu falo, haha. Quando eu encontro com os outros atores de “Pure Love”, nós ainda usamos o dialeto. A forma de falar em Seoul soa estranha.

É a sua primeira vez com o dialeto assim como com o gênero melodramático.

D.O.: Isso me deixou animado. Realmente. Um amor puro aos dezessete anos que eu não poderia sentir novamente se não fosse pelo filme. Foi legal. E quando eu poderei filmar um romance novamente com Kim Sohyun? (risos)

Como você era aos dezessete anos? E o seu primeiro amor?

D.O.: Eu era só um estudante quieto e imaturo. Meu primeiro amor foi no último ano do ensino médio. Se podemos chamar de amor, então essa foi a primeira vez. A filmagem me trouxe um monte de emoções de volta.

Você escolheu “Pure Love” como seu primeiro papel como protagonista por vontade própria? Houve uma cobertura dos repórteres sobre o local e no meio da filmagem você era apenas um garoto do vilarejo, não D.O. do EXO. Foi uma surpresa ver o quão escuro seu rosto estava (risos). Sinceramente, (se você quisesse), poderia ter pegado um papel muito mais legal em vez desse.

D.O.: Não. (Particularmente), eu não gosto de coisas legais (risos). Quando eu recebi o roteiro, eu li do início ao fim sem nenhuma pausa. Lê-lo me fez querer tentar um personagem como Beomsil pelo menos uma vez. E as nossas fotos no set eram reais então eu gostei mais ainda. Haha. Se você está lá, você ficará bronzeado. Para ser sincero, eu testei um bronzeamento artificial antes de começar a filmar porque eu sou do tipo pálido. Mas você nunca vai alcançar a cor das crianças que vivem na vila da ilha de Jeollanam-do assim. Eu não me preocupei com isso, mas com dois dias lá aconteceu naturalmente. Enquanto nós estávamos filmando, teve uma vez que eu não vi os membros do EXO por duas semanas. Kai era o membro mais escuro, mas eu fiquei bem mais escuro que ele. Eu pensei, “Nossa, eu realmente me bronzeei demais.”

Entretanto, você não tem medo? Pela sua aparência extremamente infantil.

D.O.: Eu não me preocupo. Os projetos sempre são interessantes por si só (risos). A maneira como o público me vê é importante, mas eu estou mais preocupado se estou feliz comigo mesmo. Se eu estou me divertindo, se filmar é divertido e eu estou aproveitando, então eu sinto que o público poderá notar.

O que você quer tentar como ator? Quais gêneros você gosta?

D.O.: O que eu mais quero tentar é noir (sombrio). O personagem seria algo que eu ainda não tive a oportunidade de mostrar. Em um projeto como “Chugyeogja” ou “Eu Vi O Diabo”. Eu gosto bastante dos personagens sem coração, haha.

Eu já fui a vários shows do EXO, e toda vez eu sinto o impacto do estrelado do grupo. Você é o vocalista principal do EXO, e também o membro mais ativo na atuação. É a sua meta principal poder trabalhar nessas duas áreas ao mesmo tempo?

D.O.: Certo. Vai ser difícil, mas eu quero dar o melhor da minha capacidade. Eu não sei se irei conseguir fazer os dois. Eu ainda tenho um longo caminho a percorrer. Para o EXO também. Nós teremos que mostrar ainda mais aspectos nossos.

O que será 2016 para você, o ano do seu primeiro papel como protagonista?

D.O.: Será um ano mais significante para o EXO, e para Do Kyungsoo? Eu acho que será um ano que deixará marcas em minha vida.


Tradução em Inglês: FYDK-TRANSLATIONS
Tradução em Português: D.O. Brasil
Scans: Melodious_DOBABYLOVE_DO

Uma resposta para “[TRADUÇÃO] 04.02.16 – Entrevista de D.O. para a High Cut (Edição de Fevereiro)”

  1. Fabi disse:

    Sem estudar atuação já é incrível assim, imagina se tivesse estudado.. Quem tem talento nato é outra coisa…Amo demais esse homem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *