KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

style_56a89705977c4

O garoto conhecendo a garota

No último verão, um garoto conheceu uma garota e agarrou sua mão. Ela não queria se afastar. Uma coloração rosa se fez presente em seus rostos, suas mãos nunca estiveram tão suadas. Tímidos, eles guiaram seus olhos até o azul do céu, seus sapatos se encheram da poeira que havia no local. O ar entre eles estava confuso, o garoto e a garota se sentiam estranhos. Essa não é a primeira cena do filme “Pure Love”. É uma história sobre a primeira vez que Do Kyungsoo e Kim Sohyun se conheceram, porém um pouco mais embelezada. Na primeira cena, a diretora Lee Eunhee pediu para que ambos segurassem as mãos um do outro como uma preliminar, e eles não tinham permissão para largarem com as câmeras ligadas ou não. Os dois concordam: “Foi constrangedor!” Esse foi o começo para Do Kyungsoo, de vinte e três anos, e Kim Sohyun, de dezessete anos.

“Pure Love” é a história de um terno primeiro amor e a amizade entre cinco amigos de dezessete anos em 1991, que atualmente possuem quarenta anos. Kim Sohyun assumiu o papel de ‘primeiro amor’, Suok, e Do Kyungsoo atua como o quieto, determinado e devoto Beomsil. O que nos trás de volta ao passado é uma carta que chega durante uma transmissão de rádio — uma introdução que é familiar, mas ao mesmo tempo não é. Talvez isso seja apenas um atributo de filmes e dramas sobre um primeiro amor no passado que não se realiza.

A diretora Lee Eunhee começou sua busca por atores. Procurou por atores que fossem parecidos com seus personagens. Do Kyungsoo e Kim Sohyun, que quando sorriem os lábios formam um coração, receberam os papéis de Bomsil e Suok.

Nenhum dos atores hesitou. Kim Sohyun se emocionou lendo o roteiro. Mesmo que fosse sobre uma época em que ela ainda não era nascida. “O meu coração estava disparado. Era tão bonito e triste. Eu pensei que seria realmente bom, então eu quis tentar.” Do Kyungsoo se conectou ao Bomsil rapidamente. “Eu li o roteiro sem saber de nada. O primeiro pensamento que tive foi que eu precisava tentar um personagem como o Bomsil. Eu aceitei na hora.” Ele quis reviver as palavras inocentes. “Eu era como um palhaço na escola, então pensei que realmente não fosse qualificado para a inocência do filme. Eu perdi a minha genuinidade (risos).”

E a busca por memórias perdidas dos seus dezessete anos o levaram até Goheung e a Ilha de Deukryang em Jeollanam-do. A ilha fica a 400 quilômetros de Seoul, no cruzamento ao mar. É apenas um ponto no mapa. As planícies e arrozais são lindos. Em uma ilha sem um único supermercado, o melhor vendedor de todos foi o caminhão de comida. O local se tornou o lar dos atores. O filme é sobre o drama de cinco amigos de infância que vivem em uma pequena vila beira-mar chamada Jeollanam-do, os atores logo se reuniram e se tornaram amigos. “Eu passei o meu tempo brincando com os meninos da vila. Nadei no oceano e pesquei também. E bebi, claro.” Do Kyungsoo que não sabia nadar, mas que brincava um pouco na água todos os dias antes de realmente tomar gosto pela água e aprender. Ele viveu brevemente em Goheung como uma criança, e relembrou calorosamente seus sentimentos “O que mais fazíamos era conversar. Não havia eletricidade, então se tornava muito escuro quando a noite caia, e se chovesse, você não podia sair. Os três homens compartilhavam um quarto na entrada da vila e realmente conversávamos muito. Conversas sobre as filmagens, conversas de homens e conversas sobre coisas que nos irritam… Eu acho que não escondemos nada um do outro.” Eles descansavam ao amanhecer. Se as filmagens fossem durante o dia, eles não voltavam até o horário da janta, onde conversavam um pouco mais. Apesar da grande maioria dos coreanos possuírem celulares em mãos, ninguém ali possuía nem um único smartphone. Do Kyungsoo liderou as práticas de atuação enquanto Lee David assumiu a parte do lazer. Para Kim Sohyun, foi uma comédia. “Não tinha como ficarmos entediados, David oppa possuía muita energia. Se colocássemos uma música, ele a faria durar por até dez horas.”

A prática teve um grande e evidente efeito em seus dialetos. Os cinco atores estavam proibidos de se comunicarem em “dialeto de Seul”, e assim tiveram que estudar a linguagem estrangeira. Quando Kim Sohyun sentiu uma necessidade maior de estudar para se parecer mais com uma nativa, foi até uma “Casa de Banho” no bairro e escutou quietamente a uma fofoca. “Chegaram notícias na vizinhança de que um filme seria gravado, então nos trouxeram bebidas e conversaram conosco um pouco. Eu estava um pouco tímida por estar em uma “Casa de Banho” então não participei ativamente da conversa (risos).” Para Do Kyungsoo, que ainda deixava um “mwoyeyo!” escapar durante a sua rotina, a estética do dialeto de Jeollanam o deixaram admirado. “Na cena onde Sandol se machuca, um dos residentes lhe disse “que vista amarga” ao invés de “isso deve doer”. Wow, isso é realmente novo. A variedade das expressões usadas me surpreenderam.”

Bomsil, Suok, Gilja, Sandol e Gaedeok se tornaram verdadeiros amigos, e a energia desses cinco atingiu também suas atuações. A diretora Lee Eunhee entregou a cada um deles direções diferentes, as reações foram mais naturais a partir da separação. Para a cena focando apenas dois deles, Bomsil escolheu uma roupa para Suok após perguntar no que ela ficava bem. E através dessas pequenas escolhas, os acontecimentos tornaram-se mais reais para os atores e as filmagens encheram-se de mais sinceridade. Do Kyungsoo, que suava frio durante a leitura, e Kim Sohyun, que teve muitas preocupações sobre sua atuação em seu projeto anterior, ambos sentiram menos pressão com “Pure Love”. A diretora Lee Eunhee ficou agradecida pelos atores realizarem tão bem os seus papéis.

Cabelos longos, olhos grandes, um rosto redondo e pequeno, pernas finas — com seus dezessetes anos Kim Sohyun tem todos os aspectos perfeitos para ser o primeiro amor da nação. Debutou com dez anos, e passou de  irmãzinha  para primeiro amor de toda a nação, começando sua carreira com “I Miss You”. Com “I Can Hear Your Voice”, “The Suspicious Housekeeper” e “Who Are YouSchool 2015″, nada faltava nos olhos redondos de Kim Sohyun. Kim Sohyun mostrou ao longo de seus projetos que se superou mudando coisas que precisavam ser cortadas, ao invés de ver tudo cor-de-rosa, de modo fácil. E qual seria a razão disso? Suok nunca seguiu a imagem de primeiro amor. “Ela havia me perguntado “Diretora, que tipo de roupa você acha que a Suok gostaria de vestir?” eu a respondi, “Um vestido com a estampa de flores”. Ela me respondeu que não possuía nada em mente para as roupas de primeiro amor. Ela perguntou a mesma coisa para as pessoas ao redor. Suok queria ser diferente do ‘típico’. Sohyun é uma amiga que possuí um lado muito forte. Os obstáculos não a param.” Kim Sohyun gosta da força mental da Suok. Ela gostou de como o filme a fez lembrar de seus amigos do ensino médio, que ela não podia encontrar com frequência, depois de terem abandonado a escola para serem educados em casa. Dos cinco amigos, ela foi a única a qual correspondeu a idade de seu personagem. Esse foi o seu verão de dezessete anos. “Eu ainda não tive o meu primeiro amor. As filmagens foram a minha primeira experiência com esses sentimentos, e foram sentidas através da Suok. Esse filme significa muito para mim.”

style_56a89708d26c9

Infelizmente, Suok não é o primeiro amor de Do Kyungsoo. Toda vez que ele age como Beomsil, o que vem à sua mente é o seu primeiro amor no último ano do ensino médio. “Se há algo que Beomsil e eu temos em comum é a nossa personalidade. Nossa devoção sincera também. Como fui durante meu primeiro amor, eu pensava, como eu poderia cuidar dela? E isso foi transferido para Beomsil. Não foi uma “paixonite”, mas agora eu recordo tristemente, talvez porque a minha tristeza era enorme quando tivemos que terminar.” O cenário de Beomsil foi um pouco estragado após conhecer Do Kyungsoo. “Beomsil era viril e inocente, mas depois que eu o assumi, como devo dizer isso? Adquiriu um tipo de lado tolo? Ele tem estilo excêntrico. Devo dizer que ele é tímido de uma forma grosseira? A diretora gostou (risos).”

A escritora de “It’s okay, That’s Love”, Noh Hee Kyung, disse um vez, ao conhecer a tela limpa que era Do Kyungsoo: “Na leitura do roteiro, ele estava seriamente sombrio quando eu disse-lhe para ler suas linhas melancolicamente, por isso seu personagem tornou-se um pouco mais brilhante.” Embora ele seja um membro do grupo EXO, muito popular em todo o mundo – talvez seja porque ele nunca tinha aprendido a atuar antes. Ele se aproxima de seus personagens sem cálculos. No set, Kim Sohyun encontra uma fresca energia observando-o. “Como nós trabalhamos nisto, Kyungsoo oppa era realmente liberal. Ele realmente atua com sinceridade. Ele atua puramente, com seu coração e isto me atingiu, de uma forma que eu também pude atuar com o coração ao invés de com minha cabeça. Nós combinamos muito bem.”

Quando Do Kyungsoo apareceu pela primeira vez em “Cart”, aqueles que não estavam familiarizados com ele como um membro do EXO o escolheram como um “provável Ator Revelação.” Ele, que nunca levantou a voz em sua vida, mostrou moderação ao atuar como o injustiçado Taeyoung. Bu Ji Young, que tinha visto a sua primeira audição, sentiu imediatamente que “Sim, ele tem alguma coisa”. Se você dizer para ele trabalhar em um sentimento, ele seria um amigo que mostraria resultados. Atuar não é com a cabeça, mas com instinto, e ele tinha. Esse instinto tomou conta dele em “Pure Love”. “Há uma cena em que eu fico com raiva do pai de Suok. Mas meu corpo ficou estranho durante a segunda tomada. Meus olhos ficaram grandes e meu corpo ficou tenso, como se estivesse realmente com raiva. Eu disse a diretora, “Diretora, eu estou estranho”, e eu só relaxei após uns dez minutos de massagem. “ Foi provavelmente uma imersão, apenas possível por causa de seu amor por filmes desde novo. Desde o menino ferido em “It’s Okay, That’s Love” para sua atuação sinistra em “I Remember You”, Do Kyungsoo tenta trazer pensamentos de seus personagens em seu próprio coração. “Minha memória é realmente ruim. Mas eu acho que emoções inconscientes me ajudaram.”

No set, Do Kyungsoo está sempre perguntando ao redor, ouvindo os conselhos, e retornando com mais preocupações. Estes dias, a pessoa que ele mais depende para as coisas que se enquadram em atuação é Jo Insung. “Eu sempre contato Insungie-hyung quando há algo difícil sobre um cenário, personagem ou até mesmo criação. Ele me ajuda a encontrar o meio-termo entre a forma como eu vejo um personagem, como ele o vê, e como o diretor vê. Temos tanto em comum que parece que podemos dizer algo sem falar.”

O filme mais recente de Kyungsoo é “Hyung”. Ele desempenha um judoca de sucesso. Se houve alguma coisa diferente ultimamente por causa disso, foi uma construção mais robusta de seu corpo. “Eu me exercitei muito porque me disseram que haveria uma cena em que eu seria exposto. Meu corpo era pequeno, mas eu sinto que ele mudou muito. Ainda assim, eu sou pequeno. Mas tem uma coisa importante sobre isso! É que, no final, meu corpo não será revelado no filme. É um pouco triste, porque eu trabalhei duro no meu abdômen, mas por outro lado eu acho que foi melhor. Ainda me falta muito. Hahaha. Eu tenho uma cena com judocas reais e cortaram perfeitamente (o abdômen). Hahaha.”

Enquanto Do Kyungsoo estava trabalhando em seus ombros, Kim Sohyun filmou cinco projetos, incluindo “Pure Love”. Em 2015, ela atuou em um papel de dois-em-um em “Who Are You”, lançou dúvidas com seu novo papel em “Page Turner”, atuou como uma versão mais jovem de sua modelo Son Yejin em “Princess Deokhye”, e esteve no web-drama “Nightmare Teacher”. “Toda vez que eu assumo um novo projeto, eu tento distinguir onde eu fiz bem e onde eu não fiz. E melhoro eu mesma em cada parte que não fiz.” Ela revela um momento onde no set ela foi repreendida por um diretor e como ela não esqueceu da ajuda enorme que tinha sido. No final do ano passado, como uma MC veterana de dois anos no programa Show! Music Core, ela evoluiu para as cerimônias de premiação de ator. “Se eles me quiserem de volta! Então eu farei o meu melhor. Hehe.”

Três meses de filmagem em Goheung se aproximavam do fim, como os últimos dias de verão. Do Kyungsoo retornou a Seoul e para o grupo ocupado EXO, enquanto Kim Sohyun absorveu-se em um novo projeto. No amor e na amizade, nós crescemos. Nem todo mundo poderia saber o que sabemos agora. Nosso passado desajeitado impulsiona nosso futuro, para darmos um passo a mais. Os dois atores, que foram entrevistados separadamente, tiveram pensamentos incrivelmente semelhantes sobre o seu futuro. “Ser alguém admirável para os outros.” O que desse último verão azul e rosa permanecem no garoto e na garota?

style_56a89701b1cf6

style_56a896f2cc496  style_56a896ef45dff


Tradução em Inglês: FYDK-TRANSLATIONS
Tradução em Português: D.O. Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *