KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

Top 15 de Álbuns de K-Pop de 2021

De BIBI a NCT 127, estes são os álbuns de K-pop que definiram o ano.

Quando se trata de K-pop, a experiência do álbum é uma jornada com um imenso peso cultural. É uma terra onde as faixas do lado B são tão importantes quanto os singles principais, e cada álbum é adaptado para fornecer aos ouvintes a melhor experiência enquanto molda a identidade sonora do artista por trás dele. Este ano, os álbuns mais fortes de 2021 variaram da perfeição pop tradicional ao R&B discreto e o paraíso do rock alternativo – exibindo a variedade musical do gênero ultrapopular. A seguir, os 15 principais K-álbuns e EPs que causaram um grande impacto em 2021.

| 1 | 공감 (Empathy) do D.O.

Após anos de antecipação dos fãs, o terno vocalista do EXO, D.O., finalmente fez seu debut solo com 공감 (Empathy). Assim como seus colegas de grupo com carreira solo, D.O. teve a liberdade de escolher qual rota lhe encaixava melhor – alguns fãs pensaram que seria um suave R&B; outros disseram que ele escolheria baladas. Felizmente para nós, ele caminhou pelos dois lados e veio com algo muito mais sincero e fiel ao seu caráter. 공감 (Empathy) é o sonho pop-acústico-R&B que o mundo precisava após o pesadelo que foi 2020. D.O. sempre teve uma rica qualidade em sua voz, mas em músicas como “It’s Love” e “I’m Fine”, ele é capaz de transmitir romance a cada sílaba. 

| 3 | Don’t Fight the Feeling do EXO

A comunidade K-pop caiu de joelhos quando EXO anunciou seu mais recente “álbum especial”. Com alguns membros do grupo voltando do serviço militar e outros começando a se alistar, a probabilidade de retorno do grupo parecia muito baixa. Felizmente, Don Don’t Fight the Feeling forneceu a esperança e a emoção que muitos ansiavam novamente. A faixa-título, que leva o nome de seu EP, é contagiosamente alegre e uma indiscutível carta de amor para a fanbase inabalável do EXO, EXO-L. A razão pela qual este álbum funciona tão bem é que ele não se leva muito a sério – você pode realmente sentir o amor e o cuidado que envolveu a gravação de cada faixa. Por mais épicos que sejam os álbuns de estúdio do grupo, ainda é um prazer vê-los se soltar e curtir um ao outro.  Mesmo com as favoritas dos fãs, como a animada “Paradise” e a criminalmente subestimada “Just as usual”, Don’t Fight the Feeling oferece conforto para aqueles que se esqueceram de como o EXO é mágico quando estão juntos.

| 11 | Peaches do KAI

O membro do EXO provou que há muito mais nele do que aparenta, desde sua estreia solo em 2020. Exatamente um ano após lançar seu eclético álbum autointitulado, KAI marcou seu retorno solo com Peaches. Permanecendo fiel ao som criado em KAI (开) de 2020, Peaches expande paisagens de R&B e hip-hop com dicas de elementos pop e lo-fi. Mas canções como a faixa-título de mesmo nome e “Vanilla” baseada em indie-pop são relativamente leves e sinceras em comparação com seus antecessores. Como alguns apontaram, Peaches é o equivalente diurno às aventuras noturnas abafadas de KAI (开). Ainda assim, isso não significa que KAI ficou totalmente mole conosco, como observado em “Domino” – um lugar onde o cantor abraça seu registro vocal baixo de todo o coração. Como alguém que nunca esteve na linha da frente vocal do EXO, ele claramente percorreu um longo caminho desde seus dias de “MAMA”.

| 15 | Bambi do Baekhyun

O membro do EXO/SuperM, Baekhyun, é um farol de luz constante. Em seu EP Bambi, o vocalista provoca seus ouvintes com falsetes alegres, execuções sofisticadas e um registro vocal grave rico – o suficiente para enviar calafrios pela espinha. Bambi é estruturado em torno da evolução das emoções dentro de um relacionamento. Começando esperançoso, “Love Scene” é um terno desejo de amor eterno, algo que você encontraria nos filmes. Mas terminando em um estado de desesperança, o álbum fecha o capítulo com um pesaroso “Cry for Love” – questionando onde tudo deu errado. Com seis níveis distintos de pop, R&B, soul e jazz, Baekhyun abre seu coração sem arrependimentos.

*Foram traduzidas somente as partes relacionadas ao EXO.


Fonte: Harper’s Bazaar (14.12.21)

Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

Shin Yeeun e Won Jinah foram escaladas para o novo filme ao lado de Doh Kyungsoo (D.O. do EXO)!

No dia 23 de Novembro, a agência de Shin Yeeun, NPIO Entertainment, e agência de Won Jinah, Yooborn Company, confirmaram que as duas atrizes irão estrelar o filme “Secret” e estão filmando atualmente.

“Secret” é um remake coreano do filme de romance e fantasia taiwanês de mesmo nome lançado em 2008 que conta a história de um gênio do piano que é transferido para uma nova escola e conhece uma garota que toca piano em uma antiga sala de música.

Foi previamente anunciado que Doh Kyungsoo estaria interpretando o protagonista masculino chamado Ye Xiang Lun (interpretado por Jay Chou no filme original). A protagonista principal, chamada Lu Xiao Yu (interpretada por Gwei Lun Mei na versão taiwanesa) será interpretada por Won Jinah. Shin Yeeun será uma protagonista diferente que terá um papel mais importante no remake comparado à obra original.

Ao contrário do filme original que foi ambientado em uma escola de arte, o remake coreano mudará a história para estudantes universitários de música.

O filme será dirigido por Seo Yoomin, que trabalhou em outros filmes incluindo “Hapiness”, “April Show”, “You Call It Passion” e “Recalled”.

A leitura de roteiro e as filmagens de teste com Doh Kyungsoo, Won Jinah e Shin Yeeun foram concluídas no início deste mês, e as filmagens oficiais começaram no dia 17 de novembro. “Secret” tem previsão para ser lançado em 2022. 


Fonte: Sports Kyunghyang; Single List; Star News (1, 2)

Tradução em Inglês: Soompi

Tradução e adaptação em Português: Kyungsoo Brasil

A Magnitude da Gravidade – Sobre Doh Kyungsoo

Ele nasceu com um destino que merece atenção. Quando eu olho para Doh Kyungsoo, me sinto assim. Minha primeira impressão sobre ele como membro do EXO, D.O., foi: “Existe um ídolo assim no mundo…” O episódio mais famoso sobre D.O. na época da estreia do EXO foi quando ele estava tão nervoso ao apresentar sua primeira performance no palco, MAMA, que trocou “orquestra elegante” e trêmulo disse “orquestra su… superior”. Desde o incidente – que fez os fãs rirem alto – foi mencionado que ele se culpou seriamente por não ter feito bem o que deveria ter feito bem. Se você estivesse olhando para D.O., você poderia estar pensando “por que você decidiu se tornar uma celebridade em primeiro lugar?” que estava atrás dos membros e lendo silenciosamente a situação ao invés de fazer qualquer coisa. Eu também estava curioso sobre como a SM Entertainment preparou um grupo ídolo. No entanto, quando teve a oportunidade de cantar sozinho em um programa de rádio, ele cantou sem hesitar com uma voz que nunca tínhamos ouvido entre os cantores ídolos. Como posso dizer? Eu não consegui me convencer em como uma pessoa com tanto charme e talento não se exibia na frente das pessoas. D.O. era um personagem que sempre se preocupou em saber onde estava e o que estava fazendo, embora não tivesse a energia e a travessura de um ídolo, mas quando um sorriso de repente se espalha pelo seu rosto, eu me sinto muito aliviada. Um encanto que faz o espectador se importar, mesmo que ele não faça nada perceptível, chamamos isso de starline.

Desde o primeiro momento, ele é perfeito. 

Agora é a era dos ídolos que se tornaram atores e serão julgados estritamente pelo público. Mas quando D.O. começou a atuar, mesmo no caso de um grupo de ídolos que é administrado por uma grande agência, como o EXO, e recebe apoio entusiástico dos adolescentes, foi um momento em que eles tiveram que passar por um portal mais difícil. No entanto, a franqueza única de D.O. tornou-se sua própria personalidade quando ele se tornou o ator Doh Kyungsoo. Ele era um ator novato nascido com uma atmosfera autodepreciativa que atuou como Kangwoo, que reflete o trauma da violência doméstica infantil de Jang Jaeyeol (Jo Insung) no drama “It’s Okay, That’s Love”. Ele estava tenso como se fosse desmaiar, mas não mostrava isso facilmente, ele tem uma cara que dá vontade de saber o que está dentro daquela caixa. Então, Doh Kyungsoo foi capaz de se tornar um ator completo desde o primeiro momento na frente das câmeras. Desde então, muitas pessoas estão cientes da jornada de Doh Kyungsoo. 

Em particular, como o rosto de um menino que enfrentou o mundo que ele ainda não conhecia, ele se encaixava perfeitamente, já que Taeyoung do filme “Cart” é precoce o suficiente para trabalhar meio período em uma loja de conveniência em vez de colocar um fardo sobre sua mãe (Yeom Jeongah), que entra em greve contra uma demissão injusta; Taejeong, que trabalha meio período em uma sala de DVD para pagar empréstimos estudantis em “Room No.7”, também se envolve em crimes de drogas quando não recebe um salário do chefe (Shin Hakyun) e sofre com as adversidades; Por outro lado, um criminoso psicopata que carece de empatia em “Remember You”; um garoto do interior passando por seu primeiro amor em “Pure Love”; um judoca que perdeu a visão em “My Annoying Brother”; Won Dongyeon, um soldado cheio de preocupação na série “Along with the Gods”; Além do mais, ele provou sua capacidade de aprendizado flexível como um ator novato, cruzando a comédia única do diretor Lee Byunghun no web drama “Be Positive”. Assim, a variação do personagem de “100 Days My Prince”, que perdeu a memória como um príncipe herdeiro frio e se tornou um “homem inútil” que foi criticado por não ser capaz de cortar árvores, convenceu muitas pessoas e alcançou grande sucesso (14,4% das avaliações mais altas, 4ª maior audiência dos dramas da tvN no momento da transmissão); “Swing Kids”, a sua primeira obra-prima de destaque, foi um trabalho que teve de ser tocado com os seus gestos e com a pura paixão que só lhe foi possível na sua juventude. Por ser um cantor talentoso na dança e no canto, Roh Kisoo do Swing Kids mostra que ele tem uma competitividade incomparável que não pode ser substituída por ninguém. (Além disso, estarei sempre ansiosa pela futura filmografia de D.O., que surpreendeu muita gente com sua habilidade como cantor em seus dias de rookie*.)

Os olhos de Kyungsoo

Doh Kyungsoo é um ator com olhos de que não importa quantos anos ele envelhece, sua juventude não vai desaparecer completamente. No entanto, seu olhar que não se quebra facilmente e seus lábios bem fechados lhe davam uma sensação surpreendentemente precoce, então ele sempre parecia mais maduro do que seus colegas, mesmo em sua idade que na verdade era próxima a de um menino. Ele é um ator inesperado, quanto mais ele se abre para vários personagens e atuações, ele atualiza o frescor que excede a surpresa primária de que os membros do grupo ídolo de sucesso são mais estáveis ​​do que o esperado. Um ator nascido com uma qualidade de estrela, caráter único e talento. Depois de servir no exército, os fãs de Doh Kyungsoo dizem que ele mudou muito. Na verdade, pessoas que o conheceram por meio de entrevistas ou trabalharam com ele dizem que ele é o mesmo de antes, mas mostrar uma imagem mais ativa na comunicação com os fãs ou lançar um álbum solo preenchido apenas com sua própria voz, definitivamente aumenta as expectativas para as atividades flexíveis da celebridade Doh Kyungsoo. Seu primeiro retorno como ator após ser dispensado do serviço militar é o filme de ficção científica do diretor Kim Yonghwa, “The Moon”. Doh Kyungsoo interpreta a mesma situação de Matt Damon em “Perdido em Marte”, um astronauta que é deixado sozinho no espaço devido um acidente e está à espera de resgate. Seu personagem, que se assemelha à imagem forte de Doh Kyungsoo, foi inspirado em Johnny Kim, o primeiro coreano-americano a se tornar um astronauta da NASA e um dos responsáveis pelo programa Artemis, um projeto de exploração da Lua e de Marte. Há rumores de que Doh Kyungsoo, que é bom no uso de seu corpo, está filmando no local das filmagens considerando o movimento de acordo com a gravidade da terra, a gravidade da lua e as condições de gravidade zero. (Coincidentemente, seu superpoder em “EXO PLANET” é a “Força”. Em outras palavras, é natural que ele possa se sair bem em trabalhos como “The Moon” no que diz respeito à gravidade.)

Outro próximo projeto é um remake do filme taiwanês “Secret”, estrelado por Jay Chou. Um romance juvenil com fantasia de viagem no tempo, também é um projeto em que seu trabalho em equipe com o ator oposto é importante, uma performance de piano de alto nível é necessária e, acima de tudo, a comparação com a obra original também é um fardo. Doh Kyungsoo vai evoluir mais uma vez quando um menino precoce tiver idade suficiente para ser o responsável pelo projeto espacial da nação, e um rosto jovem que ainda fica bem em um uniforme escolar é adicionado profundas emoções. Como fez até o momento, Doh Kyungsoo é um ator que faz o espectador se importar e sempre se perguntar que tipo de projeto ele fará.

*Rookie = ídolos novatos.


Fonte: Big Issue Korea – No.261 (Edição de Outubro)

VIA: DOHN_o

Tradução em Inglês: dyonigiri (1, 2)

Tradução e adaptação em Português: Kyungsoo Brasil

Primeiro mini álbum de D.O., “공감 (Empathy)”

“O garoto, desajeitado em sua estreia, envelheceu fisicamente e cresceu para achar seu lugar como um cantor e ator, onde ninguém poderia ultrapassar.” (18.08.2021)

Sob uma noite recheada de relâmpagos, após uma madrugada escura, um pequeno botão floresce de manhã. E, enquanto uma rosa floresce desse terno botão, D.O. pedala pela estrada o dia todo. No entanto, sua confissão calorosa e amigável, que o mesmo fez durante todo o dia enquanto estava andando de bicicleta, já está florescendo como uma rosa, e sua imagem é muito diferente da interpretação de outros músicos de um acalorado verão apaixonante ou de uma estação que precisa ser preenchida com gelo e frio. O simples e refrescante mundo criado por D.O. fica completamente perfeito com a letra “Não importa o quanto penso nas flores que quero lhe dar/ Só conheço as rosas. Corajosamente, irei dá-las a você em meus braços.”

Mesmo dizendo a aparente mentira de que a única flor que conhece são as rosas, no mundo de D.O. isso soa como algo sincero. Uma camisa amarela pastel, um homem sussurrando juras de amor em uma bicicleta cor de menta. Um homem, um jovem, pode até ser um garoto. Não acho que seja uma expressão infantil para um homem nascido em 1993. Não consigo pensar em outras palavras para tentar expressar esse tipo de sentimento gentil e doce. Sempre parece que uso isso como desculpa, que pode ser devido a minha limitação de auto expressão, mas D.O. e Doh Kyungsoo é uma pessoa que se encaixa nessas palavras. Ele, que faz com que essas desculpas sejam possíveis, estava, de vez em quando, encarando a câmera com o olhar misterioso de um homem jovem e, às vezes, encarava o horizonte, tornando-se um garoto tímido, o que aparentava ser mais natural do que qualquer um teria feito. 

Um rapaz, aparentemente, sem grandes obsessões em relação a seus objetivos, mas que, estranhamente, desfila até o topo. Uma pessoa que não parece estar tendo dificuldade para ser o primeiro e, para alguns produtores, foi nomeada como a principal estrela para contratação. O garoto, que era infinitamente desajeitado em sua estreia, cresceu tanto como um músico quanto um ator, assim como envelheceu fisicamente. Claro, ele deve ter se tornado um adulto mais paciente em cada momento que teve que superar uma crise durante as atividades agitadas do EXO e, devido a isso, adquiriu um olhar profundo para expressar seus sentimentos internos.  

Um menino que sofreu violência doméstica, e um estudante do ensino médio que teve sentimentos complexos por sua mãe ter entrado em uma greve, pode, em breve, virar um promotor “encrenqueiro” e negligente. Ele já garantiu sua posição como protagonista na versão coreana de “Secret”. Até agora, é surpreendente que um membro do grupo mais popular da Coreia desafia a atuação com papéis cheios de medo e raiva. O D.O. sabe? Doh Kyungsoo, que estava pronto para trazer a profundidade de suas emoções para o momento, conseguiu criar um D.O. separado do Doh Kyungsoo que ele é agora. Ser capaz de separar a imagem inocente de “Rose” da imagem de outro personagem que chegará em breve é possível graças às escolhas dele.

Ele eliminou todas as preocupações que podem ter sacudido o fandom após sua dispensa militar cantando como um garoto simples e tímido que só conhece rosas. D.O. ganhou forças para lançar um álbum cheio de encanto, apenas com a resistência que Doh Kyungsoo tem dentro do seu fundo poço de emoções. Ele consegue mostrar ao público como um ator que lidará com um desafio novamente, através da linda confissão que tem guardado. Que trabalho em equipe bem executado. Foi feito por um homem que abraçou a energia de D.O. e Doh Kyungsoo, que é uma energia diferente da emanada por outros ídolos, com uma paixão suave que nunca se acaba. Bom, também é uma surpresa ser capaz de usar a expressão “paixão suave”.


Joy Park, a autora do artigo da ChannelYes, comentou sobre D.O. em seu perfil no Twitter: 

“Acho que desde que me tornei jornalista, a maioria das coisas que escrevi foi sobre D.O. e Taemin. São pessoas que me fazem escrever cada vez mais. Sempre há algo novo.” 

“Curiosamente, D.O., Doh Kyungsoo, é uma pessoa quando está performando no EXO, e é outra nos filmes e dramas. Ele separa sua identidade e isso é perfeito. Seja como ator ou cantor, ele é alguém que é muito bom produzindo e também surpreende na SM, o que não é algo fácil.” 


Fonte: ChannelYes (18.08.21)

Tradução em Inglês: in_ksoomissedit; dks_wwunion

Tradução e Adaptação em Português: Kyungsoo Brasil