KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

“O crescimento de Doh Kyungsoo”

 

Desde seu trabalho de estreia nas telonas com ‘Cart’ (2014) a projetos como ‘Room No. 7’, ‘Hyung’ e ‘Along With The Gods’, você sempre assumiu o papel de alguém com uma personalidade forte e individualista. Qual a sua base para selecionar trabalhos?

Eu acho que escolho projetos que transmitem uma mensagem e uma energia com as quais eu possa me relacionar, junto com trabalhos que me permitem mostrar um novo lado de mim mesmo.

 

Sobre esse padrão, em que aspecto você se sentiu atraído por ‘Swing Kids’?

Se eu interpretei personagens que estão feridos emocionalmente em meus trabalhos anteriores, Roh Kisoo é um tipo de personagem divertido, viril e brincalhão, líder de rua, algo que eu nunca mostrei antes. O fato dele ser um prisioneiro norte-coreano que é especialista em sapateado também era fascinante. Eu quero dar àqueles que estão cansados ​​de estudar ou de suas vidas sociais, algum consolo e encorajamento caloroso através de Roh Kisoo.

 

E se você tivesse escolher um personagem que fosse mais parecido com o seu verdadeiro eu dentre todos os papéis que você desempenhou?

Cada um deles se parece comigo de alguma forma, mas acho que a sincronização é a maior entre Roh Kisoo e eu. Eu não sou um encrenqueiro nem um líder de rua, mas eu tenho uma personalidade brilhante como Roh Kisoo. E eu sou do tipo que brinca muito quando estou com colegas, amigos ou pessoas mais velhas que eu me dou bem como com os membros do EXO.

 

Se alguém ver todos os trabalhos dos quais você participou, eles teriam que reconhecê-lo como “O melhor ator-ídolo”. Você sonhava em ser ator antes de debutar como integrante do EXO em 2012?

Eu queria ser uma celebridade desde que era jovem e tinha um sonho de trabalhar nessa área desde a quarta série do ensino fundamental. Eu realmente gostava de música naquela época. Eu realmente gostava de cantar junto e imitar os que apareciam na TV também. Então, uma oportunidade para eu estrear como um cantor surgiu primeiro. Eu também tinha pensamentos sobre atuar, e uma oferta para eu aparecer em um filme chamado ‘Cart’ veio. Depois de ouvir do diretor da minha empresa que ‘Cart’ era “um filme que entrega uma mensagem significativa em nossa sociedade”, decidi participar sem hesitar.

 

Acho estranho você não pintar o cabelo ou usar brincos quando faz atividades como um ídolo.

Eu não acho que fique bem em mim (sorrindo). Para ser mais honesto, não sou corajoso o suficiente para tingir meu cabelo de loiro ou vermelho¹ e sair por aí usando brincos.

 

Você tem alguma história obscura que queira esquecer?

Eu realmente não consigo falar bem quando estou em frente a uma câmera, seja algo oficial ou uma entrevista. Isso é por causa de um incidente durante os primeiros dias de estreia do EXO. Foi a primeira apresentação transmitida quando anunciamos nossa estreia como cantores. Foi uma transmissão ao vivo e, ao apresentar nossa música, cometi um erro. Era para dizer “Uma canção poderosa e rítmica com uma orquestra grandiosa e magnífica”, mas, porque eu estava tão nervoso naquele momento, minha mente ficou em branco e eu só conseguia lembrar que a palavra começava com um “O”. Então eu disse “orquestra superior”, mesmo sem saber. Eu não disse nada de ruim, mas porque foi um grande erro na minha primeira apresentação, esse incidente ficou como um trauma para mim.

 

Soa como um incidente que deve ser considerado um erro fofo e depois  esquecido.

Todas as outras pessoas entenderam. Mas, pessoalmente, porque cometi um erro em uma apresentação importante, mesmo depois de fazê-lo perfeitamente durante o ensaio, fiquei com uma profunda frustração.

 

Qual é o aspecto que você considera o mais importante ao trabalhar em uma produção como ator?

O fato de que eu deveria aparecer apenas como o personagem dentro da produção. Por exemplo, com ‘Swing Kids’, o personagem que eu interpreto não deve se parecer com o D.O. do EXO ou Doh Kyungsoo, mas sim apenas com o Roh Kisoo.

 

Deve ter sido essencial dominar o sapateado e o dialeto norte-coreano para desempenhar o papel de Roh Kisoo. Essas duas coisas não são fáceis de dominar, mesmo para atores veteranos – como você se preparou?

Quanto ao dialeto norte-coreano, tive aulas com um importante professor de origem norte-coreana e aprendi o sotaque. Eu também pratiquei repetidamente a consertar erros imediatamente, mesmo durante as filmagens. Eu dominei sapateado depois de 5 meses de prática – era tão diferente da dança que os cantores fazem. Primeiro eu pensei “Eu sei dançar, então eu deveria ser capaz de aprender rapidamente”, mas eu estava enganado. O ato de tocar no chão usando sapatos com placas de metal era tão difícil. Você tem que fazer cinco tipos de sons ao mesmo tempo enquanto dançava, mas eu continuava produzindo apenas quatro. Eu aprendi que sapateado é “uma dança que se domina através de esforço ao invés do talento” com meu professor de sapateado, focado muito mais enquanto praticava, e de repente eu conseguia preencher esses cinco sons. A satisfação que senti foi algo que palavras não conseguem explicar. Essa é a beleza do sapateado.

 

Você é alguém que se apaixona por algo, se por acaso se interessar por isso?

Eu acho que sim. Se eu começar algo, eu sempre quero fazer isso até o final. Eu estou gostando de cozinhar estes dias assim eu recebi uma faca de cozinha como um presente. Eu realmente gosto de cozinhar e comer, então eu vou por aí procurando bons lugares para comer.

 

Não é difícil ser um membro EXO e fazer atividades de ator ao mesmo tempo? Parece que você pode ficar preocupado em produzir resultados não muito bons no meio da sua agenda super ocupada.

Eu sempre sinto que é uma pena que eu não coloque 100% da minha energia nas minhas atividades de cantor e de atuação, e fico preocupado por estar negligenciando um dos lados. No entanto, a felicidade que eu ganho ao fazer essas duas coisas ao mesmo tempo é muito preciosa para mim também. Fico feliz de ver o rosto do público quando estou no palco como cantor e sinto satisfação por exibir emoções que nunca senti antes através de um personagem enquanto estou atuando. Porque eu não quero desistir de nenhum deles, se as condições permitirem, eu planejo continuar fazendo ambos.

 

No filme, quando se depara com a escolha entre sapateado e ideologia, Roh Kisoo escolhe dançar. Se você estivesse nessa situação, o que você acha que faria?

Obviamente, a ideologia daquela época não chega a mim em escala tão grande como aconteceu com Roh Kisoo, mas acho que teria tomado uma decisão semelhante à de Roh Kisoo. Eu não costumo desistir das coisas que eu tentei por minha própria vontade.

 

Se você fosse escolher o trabalho que lhe deu mais satisfação de todos os dramas e filmes que você apareceu?

Todas as produções se tornaram momentos decisivos para eu crescer como um ator melhor, mas o trabalho que me deu satisfação pela primeira vez foi um drama chamado ‘It’s Okay, That’s Love’. É a produção que eu participei depois de ‘Cart’, mas foi lançado antes de ‘Cart’. O papel que eu interpretei nesse drama foi o alter ego do personagem principal. Houve uma cena muito triste em que o personagem principal deixa para trás o alter ego. Eu normalmente não choro, mas quando eu filmei aquela cena, as lágrimas começaram a se formar sem que eu sequer percebesse. Eu estava olhando para os olhos de Jo Insung sunbae que estavam interpretando o personagem principal, e devo dizer que os sentimentos de dor e mágoa se cruzaram enquanto eu me afogava em tristeza. Lembro-me de estar fascinado como “Uau, até eu sou capaz de sentir essas coisas. É por isso que as pessoas atuam.”

 

Houve muitas cenas em que o ator mostrou suas emoções através da dança. EXO é um grupo de dança então você não pode se separar da dança. O que a dança significa para você?

Para ser honesto, eu não tinha ganância sobre dança como um membro do EXO. Eu nunca me aproximei de dança intensamente porque há membros que são muito bons em dançar no grupo, mas através das filmagens de ‘Swing Kids’ eu aprendi que “Dançar é algo muito emocionante”. Eu nunca experimentei minhas emoções através da dança enquanto fazia atividades como um membro do EXO. Ao mergulhar em ‘Swing Kids, eu tive pensamentos de “É por isso que as pessoas dançam”. E isso clareou minha mente. Se eu tiver uma oportunidade, quero mostrar um stage solo de sapateado no próximo show do EXO.

 

Eu sempre pergunto isto aos artistas. Qual é o lema que você segue?

A frase que eu sempre penso é “Se eu ficar estressado, é uma perda apenas para mim”. A tatuagem no pescoço de Taejung, personagem que eu fiz em ‘Room No.7’,  diz: ‘Você não precisa tentar satisfazer/agradar a todos”. Se eu tiver muita ganância ao fazer atividades de ator e cantor, eu acabo deixando de lado um, e se eu ficar estressado por cada pequena coisa toda vez que acontece, um efeito colateral ainda maior acontece. Então eu tento aproveitar o presente não importa em qual situação eu me deparo, e tento manter minha calma toda vez que fico preocupado pensando nessa frase.

 

Você tende a ficar muito estressado normalmente?

Quando eu era jovem, eu era alguém que guardava minhas preocupações dentro de mim. Eu não libertei meu estresse e apenas deixei crescer. Mas esse lado de mim mudou enquanto eu trabalhava com pessoas mais velhas e mais experientes, e abordava diferentes personagens em produções. Agora posso controlar minha mente para esquecer rapidamente as coisas estressantes e as preocupações. Ao destacar as coisas boas da vida, elevo situações não tão boas a situações positivas.

 

Você provavelmente tem que cuidar bem da sua saúde então.

Eu acredito que comida é remédio, então eu como de forma saudável, e como as três refeições do dia. Mesmo quando eu sou apenas capaz de comer uma refeição por causa de situações inevitáveis, eu evito fast food e comida instantânea e faço o meu melhor para comer alimentos que beneficiam a minha saúde.

 

Roh Kisoo sente felicidade quando sapateia – quando você é mais feliz?

Eu sou o mais feliz quando faço as coisas que quero fazer. É por isso que poder estar no palco como cantor e ser capaz de atuar como ator, enche meu coração. Só o fato de poder fazer essas duas coisas juntas me deixa muito feliz.

 

 

¹ O Kyungsoo já pintou o cabelo de ruivo durante as promoções de Growl em 2013 e ficou a coisa mais linda deste mundo.

 


Fonte: Woman’s DongA (27.12.18)

Tradução em Inglês: inksoomissedit

Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *