KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Do Kyungsoo

 

Quase 3 milhões de pessoas foram assistir a ‘Hyung’ nos cinemas. Parece que ninguém poderia estar mais feliz pelo ator Do Kyungsoo do que você.

 

Jo Insung: Eu acho que eu era como ele quando mais jovem. Ele me lembra a mim mesmo naquela época. Kyungsoo tinha cerca de vinte anos quando debutou no EXO. Eu conheci Cha Taehyun hyung em torno dessa idade, e agora eu vejo o quanto eu aprendi com ele, assim como Kyungsoo comigo. Enquanto eu ouço as coisas que Kyungsoo me diz, eu me pergunto se eu era tão curioso sobre tantas coisas como ele. Eu não quero que Kyungsoo fique sozinho.
E Kyungsoo não está preso a coisas como popularidade. Ele não pergunta sobre o que fazer se um projeto não for bem. Esse garoto vai dizer que apenas está feliz por tê-lo feito. É adorável da parte dele. É o tipo de coisa que precisa ser adquirida ou ensinada, mas esse amigo já está ciente disso. É bom se um projeto for bem na bilheteria, mas se não, ele ainda está feliz por tê-lo feito. É assim que ele supera as coisas. Eu aprendo com ele também. Kyungsoo é bastante admirável nesse sentido.
Se um filme não for bem, ele diz “Hyung, não foi bem” e deixa assim. Ele não insiste no assunto, mas, em vez disso, diz: “Há outro projeto em andamento, e é interessante também. Eu acho que eu poderia tentar esse também.” É algo surpreendente e singular dele. Ah, eu realmente deveria aprender a simplificar desse jeito. A coisa usual é ficar ganancioso, pensar demais em coisas como “os números de bilheteria precisam chegar a tal nível para que eu esteja em uma posição melhor para o meu próximo projeto.” Mas Kyungsoo mantém o que é essencial. Ele ama atuar por si mesmo. Ele é notável.
Há dois erros que os jovens podem cometer. Eles tentam compensar demais com o quão adultos são ou o quão serenos aparentam – porque nós os tornamos assim. Eles crescem enquanto são julgados pelos olhos dos mais velhos. Se eu não falar com um garoto de vinte e um anos, é porque eu o vejo com os olhos de alguém de trinta e seis anos, não alguém de sua idade. Mas esse amigo não poderia estar fazendo melhor. Como ele poderia? Isso faria ele ter minha idade. Kyungsoo nunca é demasiado ou muito pouco.

 

Seu filme será lançado em janeiro deste ano. Isso significa que poderia ser possível que na premiação de final de ano para 2017, você, Do Kyungsoo, Song Joongki, e Kim Woobin, quatro amigos próximos, andem no tapete vermelho juntos.

 

Jo Insung: Isso seria muito legal. Kyungsoo estará sob a categoria de “novato”? Ele não está qualificado para o novato por mais de três projetos? Ou se não, talvez ele poderia entrar sob a categoria de “melhor protagonista masculino”. De qualquer forma, se todos nós pudéssemos ir para a cerimônia de premiação, então será menos solitário. Eu ficaria honrado de ter qualquer nomeação.

 

Você tem um mentor próximo para lhe aconselhar?

 

Jo Insung: Ter alguém mais experiente como Cha Taehyun e Go Hyunjung disponíveis para quando as coisas estão difíceis ou quando estou me sentindo solitário ou curioso, é um grande alívio. E mesmo se eles não são mais experientes, sempre que eu pergunto a Woobin, Joongki, Kwangsoo, Kyungsoo, Kibang, ou Juhwan algo, eles me responderão com suas sinceras opiniões me levando em consideração. Eu não me importo se eu concordo ou discordo. Eu sou grato apenas pelas suas intenções. Meus pais com certeza me terão em mente, mas esses amigos não são obrigados a fazê-lo. Então, não me importa o que eles dizem, desde que usem seu coração para responder. Estou ocupado conversando, comendo e bebendo com todos eles (risos). Muito ocupado. E assim, o ano passará.

 


Fonte: High Cut Magazine (janeiro de 2017)
Tradução em Inglês: FYDK-TRANSLATIONS
Tradução em Português: D.O. Brasil

D.O., que em 2012 estreou como membro do EXO, que não é apenas ativo na Coreia mas também em todo o mundo, e ganhou uma reputação por interpretar um estudante do ensino médio com uma vida difícil no drama “It’s Okay, It’s Love”, continua a mostrar sua atuação realista como um ator, protagonizando em uma produção de alto valor sem parar. ‘Be Positive’ é um web drama que ele pegou como desafio.

 

‘Be Positive’ é um web drama que ganhou uma popularidade maciça, marcando o recorde de drama coreano com o menor tempo para chegar a 20 milhões de visualizações e, em seguida, alcançou mais de 30 milhões de visualizações. O protagonista do referido web drama é Hwandong, um estudante universitário que sonhava em se tornar um diretor de cinema. Juntamente com seu amigo Inguk, ele superou cada obstáculo que apareceu em seu caminho para completar uma produção, enquanto reunia-se com sua ex-namorada mais velha e ocupada Hyejeong, pela qual (hwandong) ainda tem sentimentos.

“A maior razão pela qual escolhi fazê-lo é porque eu me apaixonei pelo drama. Eu achei que podia mostrar um novo lado de mim que eu nunca mostrei antes nas telas através deste drama. Hwandong, o personagem que eu interpretei, é um estudante universitário que realmente ama filmes e sonhava em se tornar um diretor de cinema. Ele é um personagem muito brilhante e saudável. A razão pela qual ‘Be Positive’ se tornou um sucesso? Acho que é por causa da direção e roteiro espirituosos do diretor, bem como os outros personagens, cujas atuações são brilhantes, o que fez o resultado final sair bem.”

Em ‘Cart’, ele é um estudante do ensino médio que ajudou a sua mãe a enfrentar dificuldades em seu lugar de trabalho, e em ‘Hyung’ ele é um atleta de judô que perdeu a visão. Até agora ele tem tido muitos personagens sérios e, por meio de Hwandong, desta vez, ele está representando um personagem que está colocando a teoria em prática e que fala ativamente sua opinião com confiança. Com este personagem, ele mostrou uma atuação impressionante enquanto se preocupava em reproduzir o tom do roteiro ou o timing naturalmente.

“Esse papel é bem diferente do que eu já fiz antes, por isso que eu fiquei bem preocupado e fiz várias pesquisas. Em cada cena eu discutia bastante com o diretor sobre como expressar minhas emoções. Também consultei como mostrar melhor as coisas e ser mais como Hwandong. Para ser honesto, este papel tem o maior script entre todos que eu já interpretei. Tem alguns poucos pontos difíceis mas eu acho que superei isso durante as filmagens. Eu me diverti muito até o fim das filmagens.”

Em 2016 no filme “Pure Love” D.O. trabalhou com Lee David que interpreta “Inguk”, quem sofreu com Hwandong em produzir um filme. Esses dois mostraram a realidade da juventude coreana que sofre com o desemprego. Como alguém que está na mesma geração, tem alguma parte na qual você simpatiza?

“Eu me identifico com a paixão e a euforia da juventude que é mostrada no drama. Entretanto, eu não me identifico com a parte que dancei com Inguk na escola. Eu nunca fiz algo como aquilo. Porém, por conta disso, torna a cena mais engraçada. Antes da filmagem começar, eu disse para o diretor ‘vamos tentar fazer a dança uma vez’ e tentei fazer um improviso. Eu, que não estou acostumado a dançar assim, me diverti bastante canalizando minha energia para fazer a dança. Foi uma cena que me fez rir muito.”

Como ele falou, a cena que Hwandong e Inguk saem gritando pela rua “nós vamos produzir um filme” me fez sorrir involuntariamente, apenas em ver aqueles dois jovens tão felizes. A dança que eles fizeram deixou uma grande impressão no público por ter sido tão cômica e bem do jeito de um estudante. Claro, Hwandong continuou tendo dificuldades, mas ele se desenvolveu pouco a pouco, percebendo que as coisas não são feitas só por você, mas também com a ajuda das pessoas ao seu redor. D.O., cujo rosto se parece com o de um adolescente, estava um pouco mais maduro na última cena.

“A última cena foi bem surpreendente pra mim porque eu acho que é onde Hwandong é mostrado ao máximo. Foi o primeiro long take e se tornou uma boa memória para mim.”

Esse dorama se chama “Be Positive” e como D.O. pessoalmente se relaciona a isso?

“Eu sou o tipo que é positivo em tudo. Claro que em certas ocasiões eu posso entrar em conflito com outros, mas quando entro em contato com essas situações, eu tiraria um tempo para pensar e tentar entender o ponto de vista da outra pessoa. ‘Be Positive’ é um projeto que foi feito com tanta felicidade que me deixa feliz por ganhar tanto amor e atenção. No futuro, eu quero ter mais atenção com a minha saúde e tentar não me machucar, para poder agraciar a todos com o meu trabalho.”

“Nos meus dias de folga, eu gosto de assistir a um filme ou, como tenho feito mais recentemente, cozinhar, já que tenho ganhado bastante interesse nisso.” D.O. disse, entretanto, talvez ele não tenha tempo para isso já que anda com sua agenda bem ocupada por conta das apresentações do EXO e de seu novo álbum.

 

Como ator, ele foi cotado, junto com atores bem importantes, para a adaptação do popular quadrinho “With God”. O filme está previsto para ser lançado no final deste ano na Coreia. O elenco do filme inclui “Tunnel” Ha Jeongwoo, “Assassination” Lee Jungjae, “My Sassy Girl” Cha Taehyun e “Asura” Joo Jihun. A espera é grande para ver como será sua atuação com esses grandes atores sêniors.

 


Tradução em Coreano: Dyobonbon
Tradução em Inglês: dyororo_
Tradução em Português: D.O. Brasil

 

  
 

Eu pensei que poderia ser realista, que Hwandong e sua ex-namorada, Hyejeong, não pudessem ser honestos mesmo que se preocupem um com o outro. O que você achou do relacionamento dos dois?

Eu pensei que era invejável (risos). Porque mesmo que eles briguem verbalmente sempre que se veem, eles respeitam e admiram um ao outro profundamente. É um relacionamento ideal, e acho que um parceiro como esse seria algo maravilhoso.

 

O que você tem e não tem em comum com Hwandong?

Talvez o que temos em comum é que somos otimistas e temos personalidades trabalhadoras. Eu também tenho uma ideia clara dos meus objetivos e me esforço a fim de alcançá-los. Todavia nossas vidas amorosas podem ser diferentes. Hwandong não conta tudo para a pessoa que ele gosta, mesmo quando ele tem algo a dizer, mas eu espero fazer tudo o que posso para evitar o arrependimento com meu par (risos).

 

Que conselho você quer dar aos adolescentes para alcançarem seus sonhos?

Normalmente, não é viável alcançar seu objetivo ou sonhar em um só passo. Alcançar um sonho é um processo, e não acho que seja possível sem todas as experiências necessárias ao longo do caminho. Então, quando você está na adolescência, você não pode desviar do que deve fazer porque não gosta do trabalho (risos). Mesmo se você está pensando “odeio isso”, você não encontrará força ao pensar nisso como um passo para o que você quer pessoalmente? Eu consegui cumprir um dos meus sonhos também, e agora estou tentando um novo.

 

Como você era quando adolescente?

Eu era um estudante de ensino médio muito comum. Minha vida estudantil era típica, brincando por aí com amigos íntimos. Porém, foi quando eu comecei a gostar de música e a fazer um esforço para me tornar um artista que iria cantar e atuar no futuro.

 

Sua mulher ideal?

Minha pessoa ideal permanece como alguém com um sorriso bonito. Há pessoas legais com sorrisos de orelha a orelha e pessoas com sorrisos pequenos e fofos. O que tenho em mente é um sorriso que diz “Eu gosto de você” (risos).

 

Algo divertido em ser um ator?

Poder experimentar o que eu de outra forma não poderia. Essa é uma parte boa de uma carreira de ator. Também me agrada ver outras pessoas tocadas ou identificando-se com meus papéis.

 

Boatos de que você é bom em cozinhar. O que se pode fazer para se tornar bom nisso?

Embora seja importante praticar a preparação dos pratos, pode ser útil só aprender a fazê-los depois de conhecer os sabores específicos de ingredientes e temperos. Se você fizer isso, terá uma ideia aproximada de qual é o sabor que a mistura dos ingredientes pode ter. Eu estou fazendo minha própria pesquisa e consultando muito às receitas na Internet para descobrir como criar pratos mais saborosos!

 

O que você é bom em fazer?

Bife e doenjangjjigae. Quando houver uma oportunidade, eu gostaria de estudar pratos japoneses tradicionais também.

 

Um prato coreano que você recomenda?

Cheonggukjang-jjigae. Tem um cheiro semelhante ao natto, embora seja mais forte e concentrado. Mas eu gosto disso (risos). É muito delicioso!

 

Que comida você achou saborosa no Japão?

Ochazuke, monjayaki, nukazuke. Eu realmente gosto de natto também. Tonkatsu ramen também é bom, mas a cozinha coreana já possui muitos sabores fortes, então eu me inclino para sabores mais leves na cozinha japonesa!

 

Uma mensagem para os leitores da Popteen!

Aproveite as suas férias de verão! E se você tem um sonho ou objetivo para o futuro, esforce-se pela causa. Estou torcendo por você também!

 


Fonte: Revista japonesa Popteen
Scan: Bradonsong
COR: DYOBONBON (1, 2)
ING: fydk-translations
PT-BR: D.O. Brasil

Em 22 de julho, o EXO apareceu no “Knowing Brothers” da emissora JTBC e falou sobre as primeiras impressões que eles tiveram de D.O.
 
No segmento “Adivinhe Quem Eu Sou”, D.O. Revelou: “Quando entrei na SM Entertainment, Lee Soo Man me chamou de um bebê shaman.” Ele explicou: “Eu tinha 19 anos na época e eu era um pouco gordinho.”
 
Depois de ouvir a anedota de D.O., os membros o provocaram compartilhando como eles tiveram uma primeira impressão ruim dele apenas com base na aparência.
 
Chanyeol explicou: “D.O. sempre costumava olhar feio para as pessoas por causa da sua má visão. É por isso que a primeira impressão das pessoas dele não era tão boa”, para o que D.O. respondeu: “Tenho um péssimo astigmatismo. Não uso lentes de contato porque elas são desconfortáveis, então geralmente uso óculos, mas tiro-os quando estou gravando.”
 
Chanyeol e Suho também revelaram como Kai evitou inicialmente comer refeições com D.O. durante os seus dias de trainees. Kai compartilhou: “Eu pensei que D.O. não gostava de mim porque ele continuava olhando feio para mim. Eu sou tímido, então eu não posso comer com pessoas com quem me sinto desconfortável.”
 
Apesar de seus começos difíceis, as coisas mudaram rapidamente quando Kai continuou a explicar: “Depois de esclarecer nossos mal-entendidos, nos tornamos os mais próximos dos amigos.”
 


Fonte: Soompi
Tradução para o Português: D.O. Brasil

 

Eu sinto que com base no gênero de “humor negro” mencionado pelo diretor Lee durante sua entrevista e em como retratará as cenas de “pessoas de emprego autônomo lutando para sobreviver”, Room No.7 parece ser um filme que zomba a sociedade atual. Dito isto, em vez de transmitir essa zombaria de maneira absoluta, o filme parece empurrar isso naturalmente, ao mesmo tempo em que pode fazer com que o público ria facilmente. O filme é um humor negro, mas o foco é aparentemente diferente. Induzindo a risada, o filme também dará um sentimento grande, há uma combinação única dos dois.
 

Aqueles que têm uma visão positiva da vida podem ver isso de forma diferente, mas para a maioria, a vida não é fácil. Nunca pensei nisso de verdade, mas você concordará que, na maioria das vezes, alguém pensará e se colocará como prioridade sobre os outros, e assim, cada um provavelmente se sentirá bastante diferente depois de assistir este filme. Tal sentimento, poderia ser raiva, mas também poderia ser simpatia, amargura ou piedade.

 

Na verdade, é muito difícil identificar o gênero (do filme), mas é realmente fácil resenhar sobre a atuação do elenco.

 

Neste momento, o filme está sendo listado sob os gêneros comédia e suspense. É certo classificá-lo sob comédia, mas depois de assistir ao filme, penso que seria melhor sob terror policial. Contudo, uma coisa é certa, é um filme que tem uma atmosfera única.

 

Incluindo Shin Hakyun, Do Kyungsoo e todos os outros do elenco, a atuação neste filme é excelente. Você pode dizer que todos os personagens são curiosamente tridimensionais, e até mesmo os outros não principais desempenham papéis de apoio no desenvolvimento do enredo. Este é também o encanto deste filme. Eu sinto que não havia nenhum personagem que fosse desnecessário e, independentemente de ser pelos personagens ou pela sua atuação, foi excelente.

 

O que eu realmente quero dizer é que, independentemente de qual é o mundo, sobreviver é difícil.

 

*Tradução parcial

 


Fonte: 공솔이 (14.07.17)
CHI: Nacho_都暻秀资源博
ING: enthralledddchannel930112
PT-BR: D.O. Brasil

O filme de animação ‘Underdog’, do qual Do Kyungsoo (D.O. do EXO) participou como dublador, será exibido pela primeira vez através do Seoul International Cartoon Animation Festival (Festival Internacional de Desenhos Animados de Seul – SICAF 2017).

Anunciado em 20 de julho, as autoridades do SICAF 2017 revelaram: “Oh Sungyoon, que dirigiu o filme de drama animado ‘Leafie, A Hen into the Wild’ e recebeu aclamação crítica generalizada por esse filme, vai revelar seu próximo trabalho ‘Underdog’ em 28 de julho, via o festival de animação.”

O filme ‘Underdog’ desencadeia uma resposta positiva, pois há a colaboração entre Do Kyungsoo (D.O.), membro do bastante popular boygroup sul-coreano EXO, a atriz ascendente Park So-dam, que deixou uma forte impressão pelo filme ‘The Sacerdotes’ (2015), bem como ator secundário experiente Park Chul-min.

‘Underdog’ é um filme de animação que retrata a jornada de cães abandonados e seu caminho para descobrir o significado da liberdade e auto-identidade enquanto procuram “um lugar sem os humanos”. No filme, o Kyungsoo interpreta o personagem Moongchi.

Um corte grosseiro do filme de animação ‘Underdog’ estreará às 4PM KST (4hs da manhã no horário de Brasília) durante ‘Masterclass’, do diretor Oh Sungyoon, no Megabox COEX em 28 de julho, após a exibição de ‘Leafie, A Hen into the Wild’.

Além disso, os organizadores do SICAF 2017 também planejaram muitas outras atividades de GV (stage greetings).

O SICAF 2017 será realizado de 26 a 30 de julho no SETEC e no Megabox COEX.

Observações:

  1. As atividades de ‘Masterclass’ são parte do programa do SICAF 2017.
  2. Um festival patrocinado pelo Ministério da Cultura, do Esporte e do Turismo, o Festival Internacional de Desenhos Animados de Seul (SICAF) é um festival anual de animação, desenho animado e gêneros de arte relacionados em Seul, Coreia do Sul, desde 1995.

 

*Tradução parcial

 


Fonte: My Daily (20.07.17)
Tradução em Inglês: enthralleddd; dyororo; channel930112
Tradução em Português: D.O. Brasil