KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

 

Como parte do intercâmbio cinematográfico da Coreia do Norte e Coreia do Sul, foi decido que a animação “Underdog” do diretor Oh Sangyoon, será exibida na Coreia do Norte.

 

De acordo com a indústria cinematográfica em 11 de julho, a animação “Underdog”, está cuidadosamente sendo impulsionada para ter seu lançamento na Coreia do Norte na segunda metade do ano. Seu estúdio de produção atualmente está trabalhando juntamente com o Ministério da Cultura, para se possível, exibi-la em ambas as Coreias simultaneamente.

 

A atmosfera de paz na península coreana após a cúpula entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos em 2018, possibilitou o intercâmbio cinematográfico e elevou o espírito de cooperação e conexão entre as Coreias. Ainda que estejam nas etapas de planejamento e discussão entre os governos, há uma grande possibilidade de êxito.

 

O Comitê Especial para o Intercâmbio Cinematográfico entre a Coreia do Norte e Coreia do Sul foi lançado pelo Conselho de Cinema Coreano (KOFIC) com a esperança de que haja aceleração entre negócios e que o progresso na relação cultural intercoreana através desse intercâmbio se torne realidade. A escolha de “Underdog” como o primeiro projeto chamou a atenção dentro e fora da indústria cinematográfica.

 

O diretor Oh Sungyoon de “Underdog” confirmou este fato em uma conversa por telefone com a Sports Dong-A, mas compartilhou que estava sendo “cauteloso”. Também acrescentou, “A Coreia do Norte é o único lugar que pode exibir animações sul-coreanas sem legendas em inglês. Nós esperamos que o intercâmbio cultural intercoreano se inicie.”

 

“Leafie: Uma Galinha na Selva” do director Oh Sangyoon, estabeleceu um recorde nacional de 2.2 milhões de espectadores em 2011, o mais alto para uma animação sul-coreana.

 

A animação “Underdog” que levou 6 anos para ser concluída, conta a história do cachorro de estimação Moongchi e sua jornada em busca de uma genuína liberdade. A dublagem de voz dos personagens principais foram feitas por D.O. (Doh Kyungsoo) do EXO e a atriz Park Sodam.

 

“Underdog” estreia em 12 de julho como filme de abertura do 22º Festival Internacional de Filmes Fantásticos de Bucheon (BIFAN), no qual será exibido 9 filmes da Coreia do Norte pela primeira vez no festival.

 


Fonte: Sports DongA (11.07.2018) 
Tradução em Inglês: FYDK-TRANSLATIONS; serenadyo
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

 

 

A saga de “Along With The Gods” continua!

Em 24 de junho, o CEO Won Dong Yeon, da Realies Pictures, disse à Yonhap News: “Depois de finalizar o cenário até o final deste ano, planejamos filmar o terceiro e quarto filme no final do ano que vem, como fizemos com o primeiro e segundo filme.”

 

O diretor Kim Yong Hwa, do primeiro e segundo filme, continuará dirigindo o terceiro e quarto filme também.

 

Won Dong Yeon continuou: “Estamos pensando em um prequel ou um spin-off para o terceiro e quarto filme, e estamos planejando ideias, com tudo aberto como uma possibilidade”.

 

Os filmes de “Along With The Gods” são baseados no popular webtoon de Joo Ho Min. A primeira parte “Along With The Gods: The Two Worlds” conta a história de um bombeiro chamado Kim Ja Hong que morre no local de um incêndio e passa por sete tipos de infernos e provações com três ceifadores.


Este filme atingiu mais de 14 milhões de espectadores e se tornou o segundo maior sucesso de bilheteria na história do cinema coreano.

Com lançamento previsto para 1º de agosto, a continuação “Along With The Gods: The Last 49 Days” será sobre os Ceifadores que estão enfrentando seu 49º julgamento final. Eles encontrarão um deus que se lembra de mil anos do passado e os ajudará a encontrar os segredos esquecidos de suas vidas passadas, atuais e futuras.

Ao contrário dos dois primeiros filmes que foram baseados no webtoon, a terceira e quarta parte contam histórias completamente novas.


Fonte: Yonhab News (24.06.18)
Tradução em Inglês: Soompi
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

 

Coincidentemente, os ídolos-atores masculinos que aparecerão em filmes durante a segunda metade deste ano são todos da SM Entertainment. A competição é inevitável. No próximo dia 1 de agosto, “Along With The Gods: The Last 49 Days”, a sequência do filme “Along With The Gods: The Two Worlds”, o filme no qual Doh Kyungsoo está estrelando, estará chegando às telonas. Um filme que foi exibido durante o final do ano passado, “Along With The Gods: The Two Worlds” agitou as bilheterias e alcançou um recorde de 14.4 milhões de espectadores. Doh Kyungsoo recebeu uma resposta positiva ao interpretar o soldado em custódia que estava sendo cuidado por Kim Soohong (interpretado por Kim Dongwook), que é o irmão mais novo do personagem principal Kim Jahong (interpretado por Cha Taehyun). Na sequência, onde os ceifadores irão procurar os mistérios de seus respectivos passados, as histórias de Kim Soohong, soldado Won e tenente Park Moo-shin (interpretado por Lee Jonghyuk) também serão contadas ao mesmo tempo.

Além disso, a razão pela qual ele está recebendo atenção em projetos recentes, é devido ao seu firmamento como um ator principal em Chungmuro ​​através de filmes desde “Cart”, em 2014, até filmes como “Unforgettable” (2016), “My Annoying Brother” (2016), “Room No.7” (2017), “Along With The Gods: The Two Worlds” (2017), e está rapidamente se tornando um dos atores mais atraentes de Chungmuro. Além do filme “Along With The Gods: The Last 49 Days”, ele também será o ator principal do filme “Swing Kids”, que está programado para ser lançado no segundo semestre deste ano e, portanto, está ganhando muita atenção. “Swing Kids”, o mais recente projeto do diretor Kang Hyeongchul, que está por trás do filme “Sunny” (2011), tem como cenrário o Campo de Refugiados de Geoje durante a Guerra da Coreia em 1951. O filme retrata a história de um jovem soldado norte-coreano e prisioneiro de guerra, Roh Kisoo (interpretado por Doh Kyungsoo), que se apaixona por sapateado ao lado de outros personagens que têm suas próprias histórias e sonhos, formando o grupo de sapateado ‘Swing Kids’. Ele vai mostrar uma ampla gama de performances, incluindo suas habilidades únicas de sapateado neste filme.

 

 

Recentemente, é algo bastante comum encontrar ídolos-atores participando de dramas televisivos. No entanto, ao contrário da TV, é mais raro para os ídolos-atores estrelar em filmes. Isso também significa que, em comparação com a TV, a indústria cinematográfica impõe um patamar mais alto para as habilidades dos ídolos-atores. Contra as objeções das pessoas ao seu redor, é curioso ver como esses ídolos-atores que ousadamente desafiam a atuação no cinema podem superar as percepções do público e se tornar “atores do cinema”.

Nota: Foram traduzidos apenas partes relacionadas ao Kyungsoo. Outros atores que foram mencionados neste artigo incluem Suho (EXO), Minho (SHINee), Seolhyun (AOA), Hyeri (Girl’s Days) e Son Na-eun (Apink).

 

Chungmuro é uma avenida localizada no distrito Junggu, em Seul, conhecida como o centro original da indústria de filmes sul-coreana (Hollywood coreano). Embora muitos estúdios tenham se mudado para o distrito Gangnam, Chungmuro ainda simboliza a cultura e indústria cinematográfica sul-coreana.



Fonte: Newsen (20.06.2018)
Tradução em Inglês: enthralleddd; lollipollipop
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil


A equipe de produção que marcou a história com o longa-metragem animado “Lifi: Uma Galinha na Selva”, que atraiu mais de 2.2 milhões de espectadores 7 anos atrás, está de volta com a nova animação “Underdog” (pelos diretores Oh Sungyoon e Lee Chunbaek). Este filme foi escolhido como a peça de abertura para o 22º Festival Internacional de Filmes Fantásticos de Bucheon (Bucheon International Fantastic Film Festival – BIFAN 2018).


No dia 7 deste mês, a distribuidora do filme compartilhou: “O longa-metragem animado ‘Underdog’ foi escolhido como filme de abertura para o 22° BIFAN que acontecerá do dia 12 a 22 de julho. Faz 15 anos desde que um longa animado caseiro foi escolhido como um projeto de abertura para um festival. O filme animado “Wonderful Days” foi convidado em 2003.”

Tendo feito parceria para a animação de 2011 “Lifi: Uma Galinha na Selva”, que fez história por se tornar a animação com maior bilheteria no mercado loca da Coreia do Sul, os diretores Oh Sungyoon e Lee Chunbaek voltam a trabalhar juntos para seu próximo projeto com a participação dos atores Doh Kyungsoo, Park Sodam, Park Chul-min, que apresentam vozes com várias características para o filme “Underdog”. A animação conta sobre as aventuras de Moongchi, um cachorro cuja vida mudou do dia para a noite, assim como a jornada na qual ele embarcou com seus amigos, que têm diferentes personalidades, para encontrar a verdadeira liberdade.

Um representante do BIFAN compartilhou, “Apresentando e transmitindo o verdadeiro significado de liberdade e felicidade, o filme mostra uma tocante jornada que retrata o comodismo dos cachorros. Este estilo e entrega oferece uma nova esfera para os longas-metragens animados.”


Ele continuou dizendo, “Os desenhos e o background (no filme) são executados perfeitamente e os personagens são poderosos e amigáveis. Além disso, as vozes do atores trazem uma nova vida para o filme e fazem cada personagem ainda mais distinto. Para espectadores que cresceram distante no mundo real mas se reuniram para esta jornada em busca de um lindo mundo, nós acreditamos que este projeto trará muito calor, conforto e risadas para a audiência.”

 

Wadiz X Underdog: DEMO VIDEO

 

Wadiz X Underdogs (Bastidores): Kyungsoo

 

 

Observação: “Underdog” é o terceiro filme com participação do Kyungsoo a ser escolhido como filme de abertura em festivais de cinema! (Cart/2014 – TIFF; Room No.7/2017 – BIFAN; Underdog/2018 – BIFAN).

 


Fonte: Osen (07.06.2018) 
Tradução em Inglês: enthralleddd
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

D.O., Yook Seungjae, Yoon Doojoon – Ídolos que são cantores e atores, matando dois coelhos com uma só cajadada.

 

Quando se discute sobre ‘ídolos-atores’, o nome do membro do EXO, D.O., é familiar. Com seu nome de nascimento Doh Kyungsoo, ele deu seu primeiro passo e estreou como ator através do drama da SBS TV “It’s Okay, That’s Love” (2014). Interpretando Han Kangwoo, uma alucinação do ator principal Jo Insung, com quem compartilhou uma boa química e mostrou muito “bromance”, sem nenhum clima estranho. Além disso, sua interpretação e atuação da doença de Lou Gehrig também lhe renderam muita atenção.

 

Depois disso, ele entrou para o cenário do cinema através de sua participação no filme “Cart” (2014), que lhe atraiu muita atenção e recepção positiva através de sua demonstração de emoções internas. Especialmente com suas performances estáveis ​​nos filmes “Unforgettable/Pure Love” (2016), “My Annoying Brother/Hyung” (2016) e “Room No. 7” (2017), ele cresceu para liderar e se tornou o principal ator de Chungmuro. Embora ele tenha tido apenas um papel coadjuvante no filme “Along With The Gods: The Two Worlds” (2017), ele tocou o público com suas emoções complexas e meticulosas, e até recebeu o título de “Ator de Dez Milhões (de admissões)”.

 

Para destacar, ele deixou uma forte impressão no público com sua participação em projetos que apresentavam problemas sociais, os quais poderiam ser um pouco sensíveis demais para que ídolos participassem, bem como papéis que exigiam uma atuação emocional complexa. Da escolha de seus projetos de atuação, pode-se vislumbrar seu vigor e busca da excelência como ator.

 

Mais recentemente, foi revelado que Doh Kyungsoo irá estrelar nas telonas com o filme “Swing Kids” no segundo semestre deste ano. Ele também vem chamando muita atenção pois irá retornar à cena televisiva, depois de um longo tempo, participando do drama da tvN chamado “Hundread Days Husband”, um misterioso drama romântico com uma premissa nunca vista antes, e que será também seu primeiro papel principal na televisão, assim como seu primeiro projeto histórico.

 

Como um ator tendência, D.O. também é um cantor de sucesso e não se compara. EXO é um grupo representante na Coreia do Sul, com suas vendas de álbuns dando-lhes o título de “Quadruple Million Seller”, e eles também ganharam o prêmio “Daesang” por cinco anos consecutivos. Sendo um membro do EXO, D.O. participou fielmente de todas as atividades promocionais do grupo sem falhas.

 

Assim como o membro do EXO há 7 anos, D.O., ele também é o altamente esperado ator Doh Kyungsoo, na casa dos 20 anos. Ambos nomes são conhecidos em seus respectivos cenários e estamos curiosos para ver como ele irá continuar a satisfazer os olhos e ouvidos da audiência daqui para frente.

 


Fonte: Sports Daily (12.04.2018)

Tradução em Inglês: enthralleddd, kyeongsew

Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

 

 

“Swing Kids”

Diretor: Kang Hyeongcheol

Estrelando: Doh Kyungsoo, Park Hyesoo, Jared Grimes, Oh Jungse, Kim Minho

Produtor: Annapurna Film

Distribuição: NOW

Previsão de estreia: Segunda metade de 2018

 

• Sinopse: O filme se passa no Campo de Refugiados de Geoje durante a Guerra da Coreia “25/6”, em 1951 (No caso, 25/6 foi a data de início da Guerra das Coreias, então subentende-se que o filme se passa um ano após o começo da guerra, visto que ela se iniciou em 1950). Um rebelde soldado norte-coreano e prisioneiro de guerra, Roh Kisoo (interpretado por Doh Kyungsoo), se apaixona por sapateado por acaso depois de assistir ao dançarino Jackson (interpretado por Jared Grimes, da Broadway), entrando no grupo de dança que este formou. O grupo de dança também inclui Kang Byeongsam (interpretado por Oh Jungse), que está procurando por sua esposa que ele perdeu em meio à guerra; Kim Minho, um soldado militar chinês que não consegue dançar mais do que 1 minuto por causa de seu problema cardíaco, e Yang Panrae (interpretado por Park Hyesoo) que dança para ganhar a vida. O tempo gasto dançando para alcançar seus sonhos e objetivos pessoais é curto, eles logo enfrentam o perigo quando entram na lavagem cerebral ideológica no Campo de Refugiados.

 

• Ponto Central: A extensão da atenção do diretor Kang Hyeongcheol em não perder o elemento musical do filme fez até mesmo o diretor musical Kim Junseok comentar: “O diretor também é um diretor musical”. De fato, a música também desempenha um papel fundamental no filme “Swing Kids”. O Diretor Kang Hyeongcheol compartilhou: “Não  usaremos apenas músicas daquela época, eu também queria usar a música que tenho em minha mente” e isso é demonstrado com a escolha de músicas pop dos anos 80, como David Bowie, Beatles e mais. “Por causa da incerteza da questão dos direitos autorais, eu continuava dizendo ‘Não sei’, ‘Dane-se vamos continuar com o plano’ (risos). Por causa da minha insistência, os direitos autorais das músicas também levaram cerca de um ano para serem concluídos.”

 

 

De “Scandal Makers” (2008), “Sunny” (2011) a “Tazza: The Hidden Card” (2014), o diretor Kang Hyeongcheol é alguém com um histórico estelar que produziu filmes de alta qualidade a cada 3 anos. Embora seus gêneros de projetos sejam todos diferentes, a essência dos filmes sempre giraram em torno de música e dança. O filme “Swing Kids” (2018) será outro projeto que mostrará claramente essa característica do diretor Kang. O filme tem como pano de fundo o Campo de Refugiados de Geoje durante a Guerra da Coreia “25/6”, em 1951. O diretor Kang revelará a história por trás da sociedade coreana e como suas ideologias se deterioraram através do personagem Roh Kisoo, interpretado por Doh Kyungsoo, um soldado norte-coreano cujo sonho é sapatear durante o caos da Guerra da Coreia.

 

Este filme vai retratar o grupo de sapateado “Swing Kids” durante a Guerra da Coreia “25/6”. O que despertou o seu interesse de selecionar essa história?

Inicialmente, eu pretendia filmar um filme com foco em disco, mas o resultado não era o ideal. Eu sempre me preocupei e prestei muita atenção na relação Norte-Sul da Coreia. Alguém havia, então, introduzido musicalmente “Roh Kisoo” para mim durante um passeio de carro, e que eu poderia oferecer o conteúdo que eu quisesse através desta história. Este filme retrata a luta contra as ideologias para os refugiados no Campo de Refugiados de Geoje. Através desse filme, espero compartilhar a razão por trás da divisão dos dois países, e como as pessoas inocentes eventualmente evoluíram devido à propaganda dessas ideologias.

 

Nos filmes “Scandal Makers” (2008) e “Sunny” (2011), parece ser o estilo do diretor Kang incluir elementos sentimentais e emocionalmente estimulantes. Como você poderia incorporar isso em um filme que gira em torno do “período da Guerra da Coreia “25/6”?

O período da Guerra da Coreia “25/6” é aquele que é cheio de tumulto e dor. Há essa pessoa que deseja dançar, mas não pode. Roh Kisoo é um personagem que decide fazer parte de um grupo de dança um dia. Esta circunstância não é muito diferente de agora. Houve também uma era que a leitura de “livros proibidos” fazia de você um “criminoso vermelho”. Eu também ouvi dizer que assistir filmes americanos leva à punição na Coreia do Norte. Dançar e cantar podem ser considerados como instintos básicos humanos e habilidade inata. Embora o filme mostre a guerra, a dança também pode ser vista como um elemento que conecta e une as várias eras. Através da dança, você ainda pode experimentar um vislumbre de humor em meio à tragédia. É como se você pudesse sentir a alegria da capacidade inata de dançar.

 

O filme contará com muitas cenas com sapateado?

A pré-produção geral levou muito tempo. Como a escala é grande, há muito a ser coordenado em termos de coreografia. Também demorou muito para o elenco aprender sapateado. Há cerca de duas cenas que envolveram a dança em massa, praticando para a coreografia principal e uma espécie de competição de dança. Embora essas cenas possam ser reunidas através da edição, elas exigem mais habilidades de atuação do que habilidades de edição. Nós tínhamos usado um ano para praticar sapateado. No começo, mal podíamos nos apresentar, mas agora, provavelmente, poderemos dançar em qualquer lugar e até mesmo de uma maneira cômica (risos).

 

O filme apresenta principalmente como cenário o período da Guerra da Coreia “25/6”. Estamos realmente ansiosos para sua parceria com o diretor de fotografia Kim Jiyong, que trabalhou em filmes de alta qualidade como “The Age of The Shadows” (2016) e “The Fortress” (2017) no passado.

O filme será retratado de forma a relembrar o passado. Se eu tivesse que realmente dizer algo, seria que tenta dar a sensação de um ar sem neblina. O diretor de fotografia Kim Jiyoung está ajustando a cor e tentando encontrar um tom adequado para o filme. Kim Jiyong é um diretor de fotografia que eu sempre gostei, e quando finalmente comecei a trabalhar com ele, senti como se tivesse encontrado uma alma gêmea como parceiro. É a primeira vez que entrego a cinematografia a alguém para gerenciar. Estou curioso para saber como ele traria esse filme para a vida.

 

Roh Kisoo é um jovem rebelde que lentamente encontrou seu sonho. Isso é diferente dos papéis mais obscuros que Doh Kyungsoo desempenhou em seus trabalhos anteriores, então ele mostrará um outro lado dele.

Eu quero levar Doh Kyungsoo nas minhas costas e correr todos os dias. Quero chamá-lo de “Nosso Kyungsoo, nosso Kyungsoo” todos os dias (risos). Você sabe que existem alguns filmes que existem para um ator, do tipo que evocam pensamentos como “Nenhum outro ator pode interpretar esse personagem além dele”. Doh Kyungsoo é um ator como esse. Quando filmei com ele, consegui ver seus valores e crenças maduras e boas, ao contrário do lado frívolo de um jovem típico.

 

Como um ídolo ativo que dança frequentemente, a experiência dele deve ter sido uma grande ajuda. Ele também era o ator que você tinha em mente desde o começo.

Eu estava enganado, eu não sabia que ele (Doh Kyungsoo) era o vocalista principal do EXO (risos). O sapateado e a dança de K-Pop são, afinal, diferentes. Mas como ele já tinha uma base de dança, ele foi rápido em se adaptar e aprender o sapateado. Ele não tinha um dublê (ator substituto) e era capaz de digerir até os passos difíceis da dança.

 

Como a coreografia foi concluída?

Além de mostrar bons movimentos de sapateado, também deve haver uma boa atuação. Fiz muitas entrevistas com atores estrangeiros por Skype e muitos participaram entusiasticamente. O dançarino em “Swing Kids” é excepcionalmente importante. Para Jared Grimes, que interpreta Jackson, é desnecessário comentar sobre suas habilidades de dançarino desde que ele é reconhecido na Broadway. Dito isto, foi um pouco desafiador no início, pois ainda sai um pouco do realismo. Antes do início das filmagens, falamos bastante sobre a direção e o ângulo do filme, e nos correspondemos frequentemente por e-mail (Quando ele está aqui). Ele realmente gosta da culinária coreana que é fornecida no set (risos). Por causa da comunicação que tivemos antes de filmar, conseguimos um bom desempenho.

 

Você sempre conseguiu mostrar novas imagens do seu elenco em seus projetos anteriores. Parece o mesmo para a atriz Park Hyesoo desta vez.

Atrizes muitas vezes assumem papéis importantes em um filme também. Sua personagem foi inspirada pela minha avó, queria permitir que ela revivesse seus dias mais jovens. Mulheres e meninas coreanas sofreram muito durante a guerra que foi iniciada por homens. Embora algumas fossem viúvas, elas continuaram trabalhando duro para sobreviver e pelos seus sonhos. Eu queria retratar a beleza inata dos humanos através de Yang Panrae, que Park Hyesoo interpretou.

 


Fonte: Cine21 (08.01.2018)
Tradução em Inglês: enthralleddd
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil