KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

 

As coisas que vocês realmente não falam ou geralmente não conversam com outro membro, por favor, respondam estas questões que são um pouco afiadas.

Quais são as coisas que vocês querem fazer no Japão?
D.O.: Um passeio por todo o país. Carregando somente uma mochila, eu quero ir para o lado provincial e comer suas deliciosas comidas enquanto também vou aos pontos turísticos.
Kai: Eu também faria o mesmo.
D.O.: Seria legal (fazer isso), certo?

Baekhyun, que está sempre sorrindo amigavelmente, teve algum episódio em que ele ficou furioso?
D.O.: Na realidade, Baekhyun solta a sua raiva muitas vezes (risos), porque ele é o tipo que sempre certifica-se/confirma sobre as coisas que ele não entende.
Kai: Verdade.
D.O.: A personalidade do Baekhyun é diversa, geralmente ele iria fazer piadas que fariam nós, os membros, rirmos e deixar o clima divertido.

Um momento onde você pensa que Suho é bom como o líder?
D.O.: Não há (risos).
Kai: Bem, há alguns (momentos), eu acho que levaria um bom tempo se eu pensasse sobre isso.
D.O.: Eu estava brincando quando eu disse que não há nenhum. Suho é uma pessoa que é sempre educada e amigável. Ele está sempre sendo um modelo para os membros, e eu acho que ao invés de ser um hyung rígido como um líder, ele é como um amigo próximo.

D.O. e Kai, há algum momento em que vocês se divertiram/saíram juntos?
D.O.: Não, não há~
Kai: Houve vezes em que nós saímos antes do debut, certo? Porém, depois de debutar nós estivemos tão ocupados.
D.O.: Estarmos ocupados é uma desculpa (risos), há vezes em que os membros se divertem juntos, mas nós não fizemos isso somente nós dois. De qualquer maneira, nós estamos sempre juntos no dormitório.

 


Alguma vez vocês já trabalharam numa música dentro do estúdio de música do Chanyeol?
D.O.: Eu fiz isso muitas vezes antes, porém ultimamente por eu não ter tempo eu não pude ir ao estúdio… Mas eu realmente gosto disso no estúdio onde eu posso apenas tocar o piano sem nenhum pensamento especial e fazer melodias usando o computador, então eu quero voltar lá de novo. A princípio, a música que eu fiz com Chanyeol é uma música simples com somente uma batida, porém depois muitos elementos foram adicionados nela, eu senti como se a tivéssemos feito bem.

Se você estivesse estrelando num drama japonês, em que tipo de papel você gostaria de atuar?
Kai: Se é um drama japonês, então eu quero tentar qualquer tipo de papel!
D.O.: Eu não tenho nenhum papel específico que quero fazer, porém eu realmente gosto dos trabalhos japoneses (filmes e dramas). Entretanto eu acho que minha habilidade na língua japonesa ainda não está totalmente preparada, então eu irei trabalhar duro para aprendê-la apropriadamente no futuro e se tiver uma oportunidade, eu quero tentar isso.

Chen que está sempre contente, vocês já viram seu lado triste?
D.O.: Claro que há vezes em que ele está se sentindo para baixo, mas o que eu acho incrível é seu lado sempre-positivo e iluminado. Ele sempre pensa nas pessoas ao redor dele e parece que ele é naturalmente assim.
Kai: Graças ao Chen hyung nós felizmente nos damos bem, eu não tenho nenhuma lembrança ruim dele até agora.

Vocês conferem o filme ou drama em que os membros aparecem?
Kai: Claro que eu assisti todos os trabalhos do D.O. hyung e eu realmente gostei.
D.O.: Eu não assisti no começo, mas agora Kai está estrelando em um drama intitulado “The Miracle We Met”. O personagem realmente se encaixa ao Kai e combina com ele bem. Eu não sou ninguém que pode julgar, mas sua atuação também parece natural. O drama inteiro também ganhou popularidade. Eu sinceramente te parabenizo~
Kai: (timidamente) Obrigado!

Sehun que está sempre pensando nos membros, quando vocês sentem que ele está sendo assim?
Kai: Eu sinto isso quando nós nos reunimos juntos e contamos histórias. Geralmente nós estamos ocupados então não há muitas oportunidades para nós podermos nos reunir e conversar sobre as coisas, mas (quando nós o fazemos) eu percebo que Sehun pensa em cada um dos membros.

No fanmeeting do ano passado teve uma questão sobre qual membro é o mais infantil/parecido com uma criança e D.O. escolheu o Xiumin para esta questão. Quando você acha que ele é assim?
D.O.: Quando é para isso, ele transborda aegyo naturalmente de todo o seu corpo. Seu rosto é também o mais fofo e o seu jeito de falar tem aegyo, então esse é o porquê eu respondi isso. Não há nenhum episódio em especial, mas eu acho que quando eu estou falando com ele, ele somente parece fofo.
Kai: Recentemente, seus movimentos de dança também ficaram mais fofos (risos).

Sobre o Lay que é um personagem puro e natural para as fãs, como ele é na vida real?
D.O.: Eu realmente não tenho certeza sobre isso (risos). Natural… e puro? Hm eu acho que entre os membros do EXO não há ninguém que é assim!
Kai: (explosão de risos)
D.O.: Ao invés de ser puro, Lay hyung é distraído (risos).

No volume anterior (do EXO-L Japan Book), durante a seção de perguntas de A até Z, de “Qual parte do rosto dos outros membros você gosta mais”, Kai respondeu que ele gostava da cabeça de D.O., qual é a razão por trás disso?
Kai: (rindo) Eu realmente não lembro quando eu respondi isso, mas nesta época o cabelo do D.O. hyung tinha um corte ralo e quando eu tocava parecia legal e fazia meu humor ficar melhor. Eu também quero tentar cortar meu cabelo curto, porém eu não tenho a chance pois tenho muitas atividades… Quando eu vejo a cabeça do D.O. hyung eu poderia sentir isso (como se eu tivesse um corte de cabelo curto também), eu me sinto grato por ele me fazer sentir satisfeito (risos). Agora ele está deixando seu cabelo crescer, é uma pena!

 

Uma conversa sobre comida ao redor da mesa!

 

Vamos ouvir seus pensamentos por hoje.
D.O.: Eu estive pensando em querer aprender sobre comida japonesa no Japão, mas por causa da minha agenda eu não posso. Portanto acho que hoje foi muito divertido e vou me certificar de aprender (sobre comida) japonesa.
Kai: Também tenho cozinhado ultimamente e é muito divertido. Quando voltar para casa vou tentar fazer rolinhos de omelete!
D.O.: Estou realmente interessado em takikomi gohan (um prato à base de arroz misturado com carne, peixe e vegetais). Na Coreia também tem um prato de arroz tradicional, mas estou feliz em comer o prato de arroz japonês.

O que fez você se interessar por comida japonesa?
D.O.: Eu originalmente não gostava de comida salgada. Claro que eu ainda como pratos que são fortes ​​no sabor, mas uma comida com sabor delicado como a comida japonesa, tinha um gosto bom e eu comecei a gostar.

 

Qual é a comida japonesa que você gosta?
D.O.: Há um monte de (comida japonesa) que eu gosto, mas para mim é mizutaki! (panela quente de frango)

Kai: Para mim é ochazuke e hitsumabushi. Nós fomos comê-los juntos com os membros.

Então, de todas as comidas que sua mãe faz, qual você gosta mais?
D.O.: Eu gosto do kimchi verde da minha mãe e do ensopado de soja.
Kai: Eu especificamente gosto do dakgalbi da minha mãe. Minha mãe é boa em cozinhar, então ela frequentemente fazia kimchi, inclusive kimchi de cebolinha também!
D.O.: As nossas mães são da província de Jeolla, que é rica em gastronomia, então acho que é por isso que a comida que elas fazem é deliciosa.
Kai: É realmente deliciosa, o caranguejo marinado no molho picante que a mãe de D.O. faz é o melhor!
D.O.: Sim, o caranguejo marinado em molho de soja também!

Então, qual é a comida que você é mais confiante em fazer?
D.O.: Ensopado de soja.
Kai: Para mim é budae jjigae (ensopado do exército). D.O. hyung também cozinha muito no dormitório, e ele é bom em fazer arroz frito também.

Existe alguma comida deliciosa que outros membros fazem?
D.O.: … Os outros membros já cozinharam para nós?
Kai: Não há nenhuma, e eu não quero comer também!
D.O.: Tenho certeza disso (risos).
 

ESPECIAL

Para este photoshoot, os dois aproveitaram a vida doméstica nas salas de jantar e de estar. O espaço era limitado, então aqui está um pouco dos bastidores especiais.

 

“Testando diferentes maneiras de segurar o travesseiro.”

 

“Satisfeito com o resultado do seu tamagoyaki.”

 

“Mais interessado em como beber a sopa do que a comida.”

 

“Revendo a receita antes do photoshoot e conferindo com a equipe.”

 

“Um D.O. aparece de surpresa quando Kai está posando na cama durante o photoshoot.”

 

“Os dois examinando um dos itens; um calendário diário.”

 

 

Selo de cera desenhado por D.O. 💗

 

💬Meus olhos não são grandes demais aqui?

“O brincalhão D.O. faz o meme “repentinamente espiando (hyokkori)” de lado. No 1º , ele não sabia como tirar fotos (na cabine de fotos), então os primeiros acabaram parecendo fotos de identificação.”

 

 

“Eles descobriram uma máquina/cabine de fotos e se divertiram experimentando várias expressões/poses. Os quatro experimentaram a função de maquiagem da cabine fotográfica. Uma transformação sexy com batom vermelho!”

 

 

 

🐧🗯 “Eu vou cortar o frango!”
 
O primeiro passo é cortar o frango em tamanhos pequenos para comer. Em contraste com Kai que confirma: “Não há problema em cortá-lo, certo?”, D.O. já está manuseando sua faca sem pressa.

 

 

Eles acrescentaram molho de soja, saquê e gengibre para temperar o frango. Parece que Kai gosta de sua comida salgada, salpicando muito sal e pimenta.

 

 

Eles lavaram as mãos cuidadosamente depois de tocarem na carne. O hábito deles de serem meticulosos enquanto lavam, bem como de arrumar os utensílios de cozinha, é conhecido como um hábito de chefes de cozinha famosos na área.

 

 

🐧🗯 “Depois de se acostumar com o tempero…”
 
🐻🗯 “Vamos cobrir com amido de batata!”
 
Depois de cobrir o frango com amido de batata e limparem os restos que caíram, eles colocaram no óleo a 160 graus. No começo Kai estava um pouco assustado, usando pauzinhos para colocá-los na panela, mas…
 
Depois de se acostumarem com isso, imediatamente eles se certificaram de colocar as mãos cuidadosamente. Enquanto ajustavam a temperatura do óleo, eles trabalharam juntos em silêncio. Eles esperaram o calor se espalhar enquanto fritavam.

 

 

🐧🗯  “Ficou com uma cor dourada.”
 
🐻🗯 “Não posso esperar para comer isso…”
 
Os karaage bem-feitos e de aparência deliciosa estão prontos! D.O. estava mais preocupado com a apresentação da comida, até mesmo dizendo “Fica bonito se você colocar na peneira de secagem aqui.”

 

 

🐻🗯 “Está cozinhando bem?”

 

Primeiro, eles quebraram os ovos e os colocaram na tigela. D.O. e Kai trabalharam eficientemente em tranquilidade, tendo separado as gemas de forma organizada e sem falhar.

 

 

🐻🗯 “Uau… Como esperado, o D.O. hyung é ótimo!”

 

Kai assistiu D.O. esforçando-se para bater o ovo, elogiando-o dizendo: “Waaa~ Você é tão bom!”

Depois de adicionar o tempero, o próximo passo é fritar.

 

 

🐧🗯 “Derrame devagar”

 

Depois que a equipe ofereceu: “Devo mostrar a vocês como fazer isso primeiro?”, D.O. respondeu: “Vamos tentar fazer isso por conta própria!”. Após untar a panela, eles começaram a derramar a mistura.

 

 

🐧🗯 “Está cozinhando direito?”

 

Deixando de lado a ajuda (da produção) e questionando se seria mais difícil se os dois cozinhassem ao mesmo tempo, eles fizeram o seu melhor para virar o tamagoyaki. Eles olharam o lado oposto, imaginando se estava bem cozido.

 

 

“O fogo está muito baixo?” D.O. pergunta enquanto verifica a sua condição. Vendo-o enquanto adiciona óleo e ajusta a temperatura pouco a pouco.

 

 

Eles estavam um pouco desesperados porque o ovo grudou na panela quando não conseguiram vira-lo bem. Rindo muito, eles voltaram atrás para se corrigirem e se divertiram muito fazendo isso.

 

 

🐧🗯 “O tamagoyaki parece delicioso!”

 

🐻🗯 “Parece um bolo!”

 

Missão bem sucedida! Depois de provar um pedaço do tamagoyaki, eles comentaram “Delicioso!” com satisfação. Eles até distribuíram o tamagoyaki para a equipe, pedindo-lhes: “Por favor comam!”

 

 

Caldo de Bonito

 
Observação: Bonito é uma espécie de peixe que neste caso foi desidratado e picado em flocos finos.

 

D.O. uma vez disse: “Eu quero saber como eles tiram a carne quando fazem o caldo” em uma entrevista. Talvez por causa disso, ele estava cheio de interesse, mesmo cheirando o aroma dos flocos de bonito quando ele estava fazendo o caldo junto com Kai.

 

 

🐧🗯 “Como será o sabor…”

 

Flocos de bonito são colocados na água fervente. Não há necessidade de misturá-los, mas D.O. e Kai pegaram hashis para facilitar a condição dos flocos.

 

 

Depois de deixar ferver um pouco em fogo baixo, o fogão é desligado e o caldo é coado. A partir daí, está feito. Os dois estavam todos sorridentes, olhando alegremente para a cor dourada do caldo de bonito finalizado.

 

 

🐧🗯 “Esta alga marinha está escorregadia”

 

As algas despreparadas e as sardinhas secas são colocadas na água e deixadas por trinta minutos. Quando o tempo acaba, D.O. tira a alga da água para transferir para o pote.

 

 

🐧🗯 “Devo cozinhar no fogo alto?”

 

🐻🗯 “No fogo baixo fica bom”

 

Colocaram a panela no fogo baixo e tiraram a alga marinha. Depois de mantê-la no fogo por 2 a 3 minutos, o caldo rico de sabor está completo. O caldo de bonito que eles fizeram será usado para dar sabor ao arroz, e também para a sopa de miso.

 

 

Eles cuidadosamente misturaram os pepinos cortados, cenouras, berinjelas, repolho, ovas de bacalhau e temperos depois de colocá-los em um saco plástico.

 

 

🐧🗯 “Eu amo vegetais em conserva!”

 

🐻🗯 “Está pronto depois de amassá-los!”

 

“Vou colocar o peso de pedra nele agora!” Kai estava todo sorridente, se divertindo enquanto pressionava a sacola plástica por cima. D.O., depois de vê-lo, seguiu e fez esforço também. Após 30 minutos o prato foi um sucesso!

 

 

🐧🗯 “O que você está fazendo?”

 

D.O. sorriu com farinha de arroz ainda em suas mãos depois de ver Kai lutar para colocar mais e mais algas no onigiri. Parece que Kai está fazendo um rosto (no onigiri).

 

 

🐧🗯 “Um onigiri deve ser grande!”

 

🐻🗯 “Meu onigiri não é fofo?”

 

 

🐻🗯 “Horololo~🎵”

 

🐧🗯 “Nós terminamos a sopa de miso!”

 

🐻🗯 “Hm, está uma delícia!”

 

 

Oferecendo a colher suavemente, D.O. deixa Kai provar. Kai respondeu: “Está tão delicioso!” como se a magia fosse lançada sobre a sopa.

 

 

 


 

Confira mais fotos deste photoshoot em nossa galeria!

 


Fonte: EXO-L Japan Official Book Vol.8 (03.08.18)
Tradução em Coreano: dyobonbon (1, 2)
Tradução em Inglês: dyororo_; mamoribaek; acc2v; ohdyoskai (via. cuddlekaisoo)
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

 

Doh Kyungsoo – Soldado Won

 

O filme “Room No.7” acabou de ter sua estreia. E olhando para o cronograma do filme “With God” parece que a programação da filmagem de ambos os filmes se sobrepuseram, como foi isso?

Ah, felizmente não se sobrepuseram. As filmagens de ‘With God’ terminaram em novembro do ano passado.

 

Eu ouvi que, para o papel que você atuou, o Soldado Won, a ambientação desse personagem é bem diferente da fonte original. Porém, mesmo assim, não muda o fato de que o personagem carrega emoções complicadas de serem interpretadas.

De todos os personagens dolorosos que eu interpretei até agora, este é o mais doloroso. Eu tive muitas preocupações quando li o roteiro, mas discuti bastante com o diretor. Compartilhei muitas histórias sobre o passado deste personagem.

 

Eu ouvi que vocês (EXO) geralmente assistem os projetos de atuação dos membros e que também comparecem nas estreias. Em seis palavras, por favor explique aos membros do EXO, aos fãs e ao público porque devem assistir “With God”.

(Enquanto contava nos dedos) Nada como isso foi visto antes.

 

O que ainda não existia antes?

Nunca houve um filme como esse antes (risos). Embora eu também não tenha assistido o filme ainda.

 

Entre os sete infernos¹ mostrados no filme, qual você acha que seria o mais fácil de passar?

(Pensando um pouco) Hum, o inferno da violência? Eu acho que seria difícil passar no inferno da preguiça (risos) e eu acho que poderia passar pelo inferno da traição também. Não sei sobre o resto.

 

A ‘flor risonha’² que te faz rir só de olhar para ela, a quem você daria esta flor?

(Respondendo antes mesmo da pergunta terminar de ser feita) Minha mãe.

 

E a quem você daria o “passe livre pelo inferno”?

Eu daria para a minha mãe também.

 

Você é muito filial. E se você pudesse escolher outra pessoa sem ser a sua mãe?

Hum… Kwangsoo hyung. A razão é… Eu só quero que o coração do Kwangsoo hyung fique à vontade (risos).

 

Se você pudesse decidir o que escreveria na sua lápide de antemão, o que seria?

‘Você não precisa trabalhar duro para agradar todo mundo’ foi o que eu tatuei atrás da orelha de Taejeong em “Room No.7”. Eu realmente gosto do significado e penso bastante nisso.

 

¹ No trabalho de origem, passar em um inferno significa ser julgado por não ter cometido “crimes” suficientes nele.

² No trabalho de origem, o personagem principal faz o seu caminho através dos infernos diferentes com habilidades concedidas por flores diferentes.



Fonte: HIGH CUT – Edição 211Suejjang23 (07.12.2017)
Tradução em Inglês: dyororo_, fydk-translations
Tradução em Português: D.O. Brasil

 

Em uma entrevista sobre “Cart” para a Cine21 você mencionou “10 minutes” (2013) do diretor Lee Yongseung. Você sentiu algo novo depois de assistir o filme?

Este foi o primeiro filme que me fez sentir o desejo de ser um protagonista, e quando eu li o roteiro de “Room No.7” eu nem sabia que era do diretor Lee Yongseung. Fiquei assustado ao saber que “10 Minutes” e “Room No.7” eram do mesmo diretor depois de gostar tanto do roteiro de “Room No.7”. Isso me fez querer fazer parte dele ainda mais. A maior razão pela qual eu disse sim era porque Taejeong estava desgastado e desesperado, um personagem que eu não tive a chance de interpretar ainda.

 

Em “Cart” e agora em “Room No.7” você não está sendo pago propriamente pelo seu emprego de meio período (risos). Na conferência de imprensa para “Room No.7” você disse que se mantinha pegando papéis semelhantes, não porque você estava particularmente atraído por histórias azaradas, mas porque você gostou de histórias sobre pessoas que vivem suas vidas – mas essas histórias também não poderiam ser alegres e felizes?

Gostaria de fazer parte de histórias alegres e felizes, mas há tantas pessoas que não conhecem trabalhadores temporários. Posso fazer os outros saberem sobre problemas sociais através dos projetos que eu escolho atuar. Me conscientizei através de filmes como “10 Minutes”. Seria bom se os espectadores [de “Cart” e “Room No.7”] pudessem experimentar isso também.

 

É difícil dizer que o senso de humor de “Room No.7” é popular na Coreia. Parece provável que este filme exigiu atuar em um tom que não é frequentemente encontrado.

Eu não pensei que tinha que fazer algo de propósito para fazer com que os espectadores riem. E, às vezes, em algumas situações, Dooshik e Taejeong ficarem sérios contribuiu com humor. Eu tentei não exagerar, e apenas pensar se a ação e o pensamento estavam certos para o momento. Após o lançamento do filme procurei a resposta. Cada expectador encontrou uma cena diferente divertida e algumas dessas cenas não eram para ser engraçadas. Fiquei surpreso com o que acharam divertido, isso me fez reavaliar as coisas. E a atuação tornou-se ainda mais atraente.

 

Você mantinha uma vida normal antes de estrear no EXO após cerca de um ou dois anos de treinamento. Você provavelmente não foi forçado a crescer com as mesmas dificuldades que os personagens que você interpretou, então, como você abordou essa lacuna?

Quando olho para o roteiro, todas as dores do personagem estão lá para ver. Eu continuo buscando os sentimentos e facetas que podemos ter em comum. Se nos identificamos, coloco minhas próprias emoções na atuação, mas se eu simplesmente não sei o que fazer eu tenho muitas conversas com o diretor. Eu deveria estar colocando minhas próprias emoções no papel, mas eu descubro novas em vez disso. É assim que estudo atuação.

 

Algum de seus atores seniores comentou algo sobre você ter uma vantagem em ser um cantor ídolo?

Atuando com meu corpo? Porque os atores geralmente não dançam. Algo que você faz constantemente como dançarino-cantor é memorizar movimentos e gestos. Então me disseram que eu pego coisas como essas mais rapidamente do que outros.

 

“With God” vai ser lançado em dezembro, e atualmente você está filmando “Swing Kids” com o diretor Kang Hyungcheol.

O soldado Won de “With God” é o mais triste e deplorável dos personagens que conheci até agora. Eu não acho que haverá alguém tão triste quanto ele nos meus futuros projetos (risos). Para “Swing Kids”, o personagem em que estou atuando é o oposto completo. Ele é muito viril e chamativo até o fim.

 


Fonte: Cine21 (21.11.2017)
Tradução em Inglês: fydk-translations
Tradução em Português: D.O. Brasil

 

“A faixa dos vinte anos, dos que têm sede de sonhos e engolem as dificuldades da vida. Conheça Taejung, um jovem puro que, desesperado, envolveu-se com porte de drogas devido à necessidade de dinheiro. Do Kyungsoo (24), mostrou um desempenho refinado e detalhado para o personagem realista e complexo, Taejeong. Agora estamos bastante familiarizados com ele, tanto como ator, quanto como membro do  EXO. Aqui estão as palavras de um ator promissor em seus 20 anos que possui uma reputação por sua boa habilidade de atuação.”

 

Seu cabelo ficou mais curto. Parece que foi para a filmagem de “Swing Kids” (2018, Kang Hyungcheol)?
Está certo. Estamos em nossa sexta rodada agora. Eu tenho aprendido sapateado por causa do meu papel como um soldado norte-coreano que se apaixona por sapateado, e é muito divertido. Não é como aprender coreografia para o palco. É mais como aprender um novo instrumento, como tocar bateria com os pés.

 

Vamos falar sobre o filme “Room no.7”. É uma comédia de humor negro que envolve drogas. Um ídolo como você aparecer nele foi algo inesperado.
O presidente Shim Jaemyung, da Myung Films, disse o mesmo. Foi sugerido para mim pelo estúdio e eu li o script proposto em uma sessão. Eu queria tentar porque, mesmo gostando de comédias de humor negro, eu ainda não havia participado de uma. O caráter de Taejung era distinto e encantador por causa disso. Ele é um garoto legal, mas rápido para perceber coisas e um pouco frio. Ao vê-lo lutar com seus problemas reais e realidade difícil, foi direto ao meu coração.

 

Você já teve experiências difíceis como Taejung?
Nada pesado como as dele, mas sei o quão sufocante é ter começado a trabalhar mais cedo do que seus colegas. No filme, Taejung diz: “Por que isso tem que ser tão difícil?” E eu coloco muita emoção nessa linha porque é importante e diz muito sobre ele. Nós somos muito semelhantes em aspectos da nossa personalidade. Quando estou em uma situação ruim, tendo a suprimir como ele. E nós somos o tipo de pessoa que assistimos atentamente dos fundos em vez de chamar a atenção para nós mesmos.

 

A tatuagem na parte de trás do pescoço deixou uma forte impressão. Combina com a personalidade de Taejung também.
É por isso que a fizemos (risos). Eu consultei o diretor sobre fazer uma tatuagem para ele e o que deveria ser, e ele sugeriu letras. Eu olhei através de um muitas frases e “Você não precisa trabalhar duro para agradar a todos” me impressionou. Nós decidimos usá-la porque pareceu certo para Taejung.

 

O que você pensa ao trabalhar com o seu sênior, Shin Hakyun?
Cresci assistindo seus filmes, então foi incrível e divertido estar junto com ele. Eu pensei que ele seria assustador no início, mas ele na verdade é bem atencioso. Ele é quieto e calmo, mas assim que entramos na filmagem ele se torna outra pessoa (risos). Ele também se prepara bastante. Nós combinamos juntos, mesmo sem um longo ensaio e isso surpreendeu a nós dois.

 

O encanto oculto de “Room no.7” é a visão crítica da sociedade da Coreia do Sul.
Gostei muito da mensagem contida em sua crítica social. “Room no.7” foi o filme de abertura do BIFAN em julho, e foi ali que o assisti. Minha atuação sempre precisa melhorar, mas no geral, o filme foi divertido. Eu assisti ao filme do diretor Lee Yongseung ‘10 minutes’ (2014) enquanto procurava filmes indie há anos. Os personagens eram tão reais que eu queria atuar como um trabalhador precário no setor público. Então eu descobri que ‘10 Minutes’ era trabalho do diretor Lee Yongseung. Quão feliz eu estava?

 

Como foi trabalhar com o diretor?
Ele é alguém que compartilha suas opiniões com uma mente sempre aberta. Ele não insiste obstinadamente em seus pensamentos. O diretor nos contou muitas histórias no set para nos tornar mais reais. A verdade é que Taejung inicialmente era mais silencioso e menos desafiador. Quando eu disse ao diretor que ficaria mais adequado se Taejung fosse um pouco mais conflituoso, o mudou. Ele mesmo teve uma luta contra Taejung.

 

Você trabalhou sem descanso desde “Cart” (2014, Bu Jiyoung). Parece que você tem um amor incomum por atuar.
Tenho muitos desejos com a atuação (risos). Porque através dela eu encontrei diversão na vida. Isso me surpreende, sentir o quanto ela mudou minha percepção emocional e me fez crescer. Sinto tudo o que os personagens que interpreto sentem. Quando eu atuei como Taejung, imaginando e percebendo o quão difícil o seu passado deve ter sido ajudou-me a compreendê-lo mais. Espero ser capaz de expressar mudanças sutis na emoção um dia, enquanto acumulo mais dessas experiências.

 

Você gosta de filmes o suficiente para voltar a vê-los? Qual você gostou recentemente?
Ultimamente, fiquei tão ocupado que não tive tempo de assistir nenhum. Ah, eu vi ‘Birdman’ (2014, Alejandro Innaritu) novamente em casa. É um filme louco com um mudança inesperada de enredo que eu nem poderia ter imaginado (risos). Pode até ser o meu favorito de todos os tempos. Tem um formato tão exclusivo e fiquei surpreso com a forma que retrata a atuação e a vida dos atores . Eu também assisti ‘Cast Away’ (2000, Robert Zemeckis) cerca de seis vezes. Eu acho que é porque toda vez que vejo o filme, continuo vendo coisas novas nele. Isso é incrível e divertido, então eu acabo revendo novamente.

 

Você ainda vai ao cinema?
Muitas vezes, quando é tarde da noite. Silenciosamente, quando não há ninguém. (risos)

 

 

Agora você está se preparando para a próxima turnê do EXO, filmando para “Swing Kids” e promovendo para “Room no.7”. Você parece estar realmente ocupado.
Tenho sido muito ocupado desde o debut. Há muitas coreografias novas para aprender para esta turnê. Além de aprender sapateado e falar com um sotaque norte-coreano. Puxa, honestamente, não é fácil, mas eu ainda deveria aprender a suportar isso. Toda vez que estou filmando pra alguma coisa eu digo a mim mesmo que vou fazer uma pausa depois que acabar, mas eu continuo esquecendo porque um filme em que eu quero estar surgirá. Não é bom viver assim, ficar acostumado a um ritmo ocupado.

 

Um hobby que você gosta fora do trabalho?
Eu não fiz nada além de trabalhar ultimamente… Ah, cozinhar! Eu gosto de comer, então eu cozinho com freqüência. Eu gosto de cozinhar para mim mesmo, mas também para as pessoas que me rodeiam. Fiz um bom peixe assado recentemente. Alguns dias atrás convidei os membros do EXO para comer peixe assado, arroz frito, e sopa de molusco que fiz para eles. Fiquei feliz em vê-los aproveitar (risos).

 

 
 


Tradução em Inglês: FYDK-TTRANSLATIONS, dyororo_
Tradução em Português: D.O. Brasil

D.O., que em 2012 estreou como membro do EXO, que não é apenas ativo na Coreia mas também em todo o mundo, e ganhou uma reputação por interpretar um estudante do ensino médio com uma vida difícil no drama “It’s Okay, It’s Love”, continua a mostrar sua atuação realista como um ator, protagonizando em uma produção de alto valor sem parar. ‘Be Positive’ é um web drama que ele pegou como desafio.

 

‘Be Positive’ é um web drama que ganhou uma popularidade maciça, marcando o recorde de drama coreano com o menor tempo para chegar a 20 milhões de visualizações e, em seguida, alcançou mais de 30 milhões de visualizações. O protagonista do referido web drama é Hwandong, um estudante universitário que sonhava em se tornar um diretor de cinema. Juntamente com seu amigo Inguk, ele superou cada obstáculo que apareceu em seu caminho para completar uma produção, enquanto reunia-se com sua ex-namorada mais velha e ocupada Hyejeong, pela qual (hwandong) ainda tem sentimentos.

“A maior razão pela qual escolhi fazê-lo é porque eu me apaixonei pelo drama. Eu achei que podia mostrar um novo lado de mim que eu nunca mostrei antes nas telas através deste drama. Hwandong, o personagem que eu interpretei, é um estudante universitário que realmente ama filmes e sonhava em se tornar um diretor de cinema. Ele é um personagem muito brilhante e saudável. A razão pela qual ‘Be Positive’ se tornou um sucesso? Acho que é por causa da direção e roteiro espirituosos do diretor, bem como os outros personagens, cujas atuações são brilhantes, o que fez o resultado final sair bem.”

Em ‘Cart’, ele é um estudante do ensino médio que ajudou a sua mãe a enfrentar dificuldades em seu lugar de trabalho, e em ‘Hyung’ ele é um atleta de judô que perdeu a visão. Até agora ele tem tido muitos personagens sérios e, por meio de Hwandong, desta vez, ele está representando um personagem que está colocando a teoria em prática e que fala ativamente sua opinião com confiança. Com este personagem, ele mostrou uma atuação impressionante enquanto se preocupava em reproduzir o tom do roteiro ou o timing naturalmente.

“Esse papel é bem diferente do que eu já fiz antes, por isso que eu fiquei bem preocupado e fiz várias pesquisas. Em cada cena eu discutia bastante com o diretor sobre como expressar minhas emoções. Também consultei como mostrar melhor as coisas e ser mais como Hwandong. Para ser honesto, este papel tem o maior script entre todos que eu já interpretei. Tem alguns poucos pontos difíceis mas eu acho que superei isso durante as filmagens. Eu me diverti muito até o fim das filmagens.”

Em 2016 no filme “Pure Love” D.O. trabalhou com Lee David que interpreta “Inguk”, quem sofreu com Hwandong em produzir um filme. Esses dois mostraram a realidade da juventude coreana que sofre com o desemprego. Como alguém que está na mesma geração, tem alguma parte na qual você simpatiza?

“Eu me identifico com a paixão e a euforia da juventude que é mostrada no drama. Entretanto, eu não me identifico com a parte que dancei com Inguk na escola. Eu nunca fiz algo como aquilo. Porém, por conta disso, torna a cena mais engraçada. Antes da filmagem começar, eu disse para o diretor ‘vamos tentar fazer a dança uma vez’ e tentei fazer um improviso. Eu, que não estou acostumado a dançar assim, me diverti bastante canalizando minha energia para fazer a dança. Foi uma cena que me fez rir muito.”

Como ele falou, a cena que Hwandong e Inguk saem gritando pela rua “nós vamos produzir um filme” me fez sorrir involuntariamente, apenas em ver aqueles dois jovens tão felizes. A dança que eles fizeram deixou uma grande impressão no público por ter sido tão cômica e bem do jeito de um estudante. Claro, Hwandong continuou tendo dificuldades, mas ele se desenvolveu pouco a pouco, percebendo que as coisas não são feitas só por você, mas também com a ajuda das pessoas ao seu redor. D.O., cujo rosto se parece com o de um adolescente, estava um pouco mais maduro na última cena.

“A última cena foi bem surpreendente pra mim porque eu acho que é onde Hwandong é mostrado ao máximo. Foi o primeiro long take e se tornou uma boa memória para mim.”

Esse dorama se chama “Be Positive” e como D.O. pessoalmente se relaciona a isso?

“Eu sou o tipo que é positivo em tudo. Claro que em certas ocasiões eu posso entrar em conflito com outros, mas quando entro em contato com essas situações, eu tiraria um tempo para pensar e tentar entender o ponto de vista da outra pessoa. ‘Be Positive’ é um projeto que foi feito com tanta felicidade que me deixa feliz por ganhar tanto amor e atenção. No futuro, eu quero ter mais atenção com a minha saúde e tentar não me machucar, para poder agraciar a todos com o meu trabalho.”

“Nos meus dias de folga, eu gosto de assistir a um filme ou, como tenho feito mais recentemente, cozinhar, já que tenho ganhado bastante interesse nisso.” D.O. disse, entretanto, talvez ele não tenha tempo para isso já que anda com sua agenda bem ocupada por conta das apresentações do EXO e de seu novo álbum.

 

Como ator, ele foi cotado, junto com atores bem importantes, para a adaptação do popular quadrinho “With God”. O filme está previsto para ser lançado no final deste ano na Coreia. O elenco do filme inclui “Tunnel” Ha Jeongwoo, “Assassination” Lee Jungjae, “My Sassy Girl” Cha Taehyun e “Asura” Joo Jihun. A espera é grande para ver como será sua atuação com esses grandes atores sêniors.

 


Tradução em Coreano: Dyobonbon
Tradução em Inglês: dyororo_
Tradução em Português: D.O. Brasil