KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Doh Kyungsoo

 

Doh Kyungsoo sobre Roh Kisoo:
“O que eu devo dizer sobre Roh Kisoo, é que sua personalidade é pura. Ele é bastante confiante e animado. É um personagem totalmente novo, um lado que eu nunca havia mostrado antes.”


Assim que você leu o contexto, qual foi seu primeiro pensamento sobre isso?
“Eu quero fazer esse filme”. Eu gosto da ideia de cinco jovens em “Swing Kids” que têm uma paixão em dançar apesar da difícil realidade. Eu também tenho muita expectativa em mostrar um novo lado meu. Porque Roh Kisoo é um personagem que é oposto aos outros personagens traumatizados e sombrios que eu venho fazendo há um tempo.

Na sua entrevista anterior à High Cut, você disse que “geralmente é brincalhão e tem uma personalidade radiante”. Você irá trazer isso neste projeto?
Eu sou muito grato ao diretor. Com certeza eu tenho essa personalidade em mim, mas esse lado está sendo trazido ao máximo pelo diretor. O que eu devo dizer sobre Roh Kisoo, é que sua personalidade é boa/pura. Ele é bastante confiante e animado. Ele não tem mudanças repentinas de humor. Você irá saber se assistir ao filme, Kisoo está enfrentando várias situações difíceis mas ele deixa suas emoções fluírem naturalmente independente da situação que ele se encontra. Eu sou o tipo de pessoa que não mostra minha raiva aos outros e relevo, mas quando estou sendo Kisoo, ele extravasa toda sua raiva e em troca eu alivio um pouco do meu estresse também.

Foi dito que, para esse filme, você recebeu aulas especiais de sapateado por cinco meses.
Exceto por Jared Grimes, que é profissional no sapateado, o resto dos atores, tais como Hyesoo, Minho hyung, Jungse hyung, e eu, não sabíamos nada sobre sapateado, então estávamos no mesmo barco. Houve muitas ocasiões que nós ensaiávamos juntos, mas por eu ter que cumprir outros compromissos também, sempre que eu tinha um tempo livre eu continuava praticando sozinho.

 


Oh Jungse e Park Hyesoo são pessoas “duras” (que não dançam regularmente) então disseram que ‘Nosso objetivo é seguir Doh Kyungsoo’
Ey~(risos) não é assim. Além da cena de dança em grupo também há cenas que estou dançando sozinho, então na medida que eu fui praticando para elas parece que meu corpo foi se acostumando com a dificuldade (da dança). No começo também foi bastante difícil para mim. Porém, já que eu sou uma pessoa que usa meu corpo (para trabalhar) acho que tinha partes que podia fazer, mas não é isso, tudo sobre o sapateado é muito diferente.

Você está dizendo que, no que diz respeito ao sapateado, todos são iguais?
Sim. Nós quatro somos um pouco desengonçados. Entre nós falamos coisas do tipo “Ah, então isso não pode ser feito assim”. O movimento de usar suas mãos enquanto bate os pés no chão é algo que é incomum para nós na vida cotidiana. É por isso que era difícil controlar a parte superior do nosso corpo.

 

Dizem que ser capaz de fazer com que sua parte superior do corpo pareça natural é o estágio intermediário da sapateado.
No começo, já que você está se concentrando em seus pés, você não pode prestar atenção na parte superior do corpo, e é por isso que cada pessoa acaba fazendo movimentos estranhos inconscientemente. Algumas pessoas podem ter braços assim ou algumas pessoas podem ter dedos assim, no meu caso em um certo ponto meu braço esquerdo faria desta forma ‘L’ e meu braço direito iria fracassar, assim (demonstra imitando os gestos). Quando você se acostuma com os pés (movimentos), é quando você pode trabalhar gradualmente a parte superior do corpo


Olhando para o seu rosto, parece que você se apaixonou completamente por sapateado.
Porque é bom liberar o estresse sozinho. Primeiro de tudo, sapatear é fazer ritmo sozinho. Simplificando, é como tocar um instrumento musical com os pés. Quando estamos aprendendo, todos sentimos seu charme. É uma dança pela qual você não pode deixar de se apaixonar.

No meio do photoshoot de hoje você também está sapateando sem parar (risos). Você tem alguma ideia sobre continuar fazendo sapateado mesmo quando o filme terminar?
Com a filmagem já terminada, às vezes, quando penso em sapatear, coloco meu sapatos e pratico sozinho na sala de prática da empresa. Agora mesmo quando estou parado, meu pé continua em movimento. Está vindo e não está parando (risos).

 

 

Depois de passar cinco meses praticando, os cinco atores não conseguem evitar se aproximarem um do outro, certo?
Não é impossível. Na vida real, sua personalidade é como seus personagens que são refrescantes e alegres. Especialmente Oh Jungse hyung, que é o criador de humor no set de filmagem. Sempre que Jungse hyung dizia alguma coisa, parecia tão engraçado que ríamos alto no set. Graças a ele, temos muito erros de cena. Há algumas cenas que estão presas dentro da minha cabeça, e eu fui repreendido por conter meu riso. (Mesmo agora algumas cenas estão presas dentro da minha cabeça, foi uma dificuldade tentar conter meu riso.) Chegou ao ponto em que refizemos uma cena mais ou menos 10 vezes.

Quando você está falando sobre esse momento agora, seu rosto também está cheio de sorrisos. Que cena foi essa?
Foi uma cena em que eu dizia “Vocês fazem a dança e me deixam de fora disso” e Byeongsam perguntava “Mas não é você o nosso líder de dança?” e me convencia a fazer isso juntos. Era uma situação em que eu deveria me sentir feliz quando ouvia a palavra ‘líder de dança’ e ganhava confiança, mas não deveria mostrar isso no meu rosto e tinha que controlar minha expressão, mas eu continuava rindo porque o Jungse hyung é muito engraçado.

No papel de um soldado norte-coreano, como você praticou o sotaque peculiar? O sotaque da Coreia do Norte que muitas vezes ouvimos no programa de comédia geralmente está sendo exagerado, então há uma grande diferença em como soava na realidade.
É realmente diferente. O modo exagerado de falar geralmente é usado por causa da transmissão, então nós o descartamos. Não há muitas referências úteis sobre o real sotaque da Coreia do Norte, então recebi muita ajuda do professor de língua norte-coreana que veio diretamente da Coreia do Norte.

Há alguma linha que você se lembra?
Basicamente, a maneira de falar é peculiar, porém se eu fosse escolher uma seria “Sapateado, com certeza, deixa uma pessoa louca”. Em nossa língua ficaria como “Sapateado faz uma pessoa louca…” ah, isto saiu estranho.
(N/T: As palavras coreanas que ele usou para expressar o diálogo norte-coreano e sul-coreano são diferentes, mas o significado é o mesmo.)

Na entrevista anterior para a High Cut, você disse que “Eu me conectei com o diretor Kim Yonghwa (do filme With Gods) através do olhar”. O estilo do diretor Kim é deixar os atores atuarem de forma natural, porém o diretor Kang é conhecido por sua direção detalhada.
Eu também me senti dessa maneira. Quando eu sinto que uma cena está faltando algo, o diretor se sente da mesma maneira também, e quando eu penso que uma cena está okay, o diretor dá logo um OK. Porque as pessoas que melhor conhecem o Roh Kisoo são eu e o diretor, eu creio que nós nos conectamos nesta parte.

 

 

O desenvolvimento de Roh Kisoo é o ponto central deste filme. Após este grande filme acabar, você como um ator deve ter sentido um desenvolvimento pessoal também.
Eu sinto como se estivesse me desenvolvendo junto com o personagem Roh Kisoo. Porque eu sou Roh Kisoo. Eu aprendi muito de Kisoo sobre se esforçar para superar alguma situação difícil. Quando eu estou tendo alguma dificuldade em atuar, eu supero isso conversando com o diretor ou resolvo pensando por contra própria.

Logo que “100 Days My Prince” terminou, você teve um comeback com o quinto álbum do EXO, e agora você está promovendo “Swing Kids” também. Parece que você está mais ocupado do que qualquer um neste fim de ano. Recentemente, houve algum momento em que você pensou “Ah, eu estou recebendo amor do público”?
Eu realmente senti isso especialmente do drama. Porque o resultado do drama foi maior do que eu esperava, é muito surpreendente e está me fazendo feliz esses dias.

Você está no meio das atividades do EXO atualmente. Mesmo que você esteja usando seu nome real durante as atividades de atuação, ao contrário de outros ídolos-atores você não passa a sensação de apagar sua imagem de ídolo enquanto atua. É devido a sua confiança em atuar?
Por que eu faria isso? Até agora eu nunca pensei em apagar a imagem de ídolo. É somente como, agora, eu estou totalmente no EXO.

Quais são seus planos para o próximo ano?
Para o próximo filme, eu não sei sobre isso ainda, mas nesse meio tempo eu irei me concentrar nas atividades do EXO. Um concerto está sendo planejado. Ao invés de ter um plano específico, eu irei somente trabalhar duro nas coisas que estão em minha frente agora. Assim como Roh Kisoo.

 

📷 Confira todas as fotos do photoshoot para HIGH CUT em nossa galeria! 

 


Fonte: HIGH CUT – Edição 232 (06.12.18)
Tradução em Inglês: dyororo_; inksoomissedit
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

 

Para aqueles que não estão familiarizados com o ator Doh Kyungsoo, que na verdade é conhecido como D.O. do EXO, aqui estão três coisas das quais você pode não estar ciente: Em primeiro lugar, ele é o vocalista principal do grupo; em segundo lugar, apesar de ter passado menos tempo treinando em comparação aos outros membros, ele conseguiu chamar a atenção para si por causa de suas habilidades como dançarino; e, finalmente, ele não é realmente um dos membros programados para ser ator, então antes do filme “Cart” em 2014, ele nunca havia tido nenhuma aula de atuação. Além de mostrar suas habilidades, os misteriosos talentos que ele ainda deve revelar despertam interesse.

Doh Kyungsoo, que protagoniza um filme pela primeira vez, vai ampliar ainda mais sua carreira de ator com “Swing Kids”. Tendo retratado personagens jovens mais sombrios e sentimentais no passado, ele logo se transformará no rebelde e curioso prisioneiro de guerra norte-coreano, Roh Kisoo, que dança sapateado, e estará entregando através deste filme algo que nunca foi mostrado antes para o público.

 

Assim como nos filmes “Cart” (2014) e “Room No.7” (2017), nos quais você interpretou jovens que não foram pagos por seus trabalhos, e um soldado sob cuidados especiais na série de filmes “Along With The Gods”, você tem interpretado papéis ligeiramente mais obscuros e pessimistas, mas Roh Kisoo em “Swing Kids” é um personagem completamente diferente.

Embora exista personagens traumatizados e feridos dentro de mim, eu também tenho um lado viril e curioso que se assemelha a Roh Kisoo. Desde que todos têm seu próprio papel no grupo, eu não falo muito já que os outros membros são falantes. Acho que é por isso que passo a imagem de ser quieto e calmo na maioria do tempo, mas quando estou com pessoas das quais sou próximo, também sou barulhento e brincalhão. Pude maximizar toda essa travessura que existe em mim e que eu não tinha mostrado por todo esse tempo, e me diverti muito no set de filmagens de “Swing Kids”. Você entenderá se assistir ao programa de variedades do EXO que irá ao ar em fevereiro do próximo ano. Nós brincamos bastante durante as filmagens (risos).

 

Roh Kisoo, após ser cativado pelo sapateado dos americanos, prepara uma performance de Natal com os outros membros do ‘Swing Kids’. Olhando a sinopse do filme, eu não acho que seja apenas sobre um personagem que dança bem. Mas sobre os detalhes, de alguém que não era capaz de acompanhar os outros, mas que pratica tanto até que realmente se torna bom, e até mesmo a parte em que ele arruína tudo por causa da pressa de fazer bem.

Foi bem natural. Como eu não dançava sapateado antes, a memória de não sapatear bem ainda está fresca em minha mente, e por isso eu pude transferi-la para a atuação. Para quem está aprendendo a sapatear pela primeira vez, geralmente terá suas mãos rígidas, já que todo o foco estará nos pés e no chão (demonstrando ao entrevistador). Assim como os braços estarão retos e duros. Quem assistir ao filme irá notar que Roh Kisoo passa a primeira metade do filme olhando apenas para o chão (enquanto dança).

 

Quando você filmou “Swing Kids”, qual foi o seu maior desafio?

Foi um desafio para mim como alguém que não experienciou o período de guerra nos anos 50. Para ressoar com as emoções e pensamentos de um prisioneiro de guerra, tive muitas conversas com o diretor sobre isso. Eu também fiquei bastante intrigado com o dialeto norte-coreano, já que o professor me disse que o dialeto retratado no filme e o que é usado na realidade são bem diferentes, e principalmente porque não o encontrava com frequência, então não tínhamos muita certeza. Além disso, o dialeto em diferentes regiões também é diferente. Depois de decidirmos que Roh Kisoo teria um sotaque com influência de Pyongyang, trabalhei duro para imitar a pronúncia do professor. Quanto a raspar o cabelo… Eu fiz isso de bom grado e feliz (risos). Eu nunca gostei de ter cabelos compridos, então depois de raspar para “Swing Kids”, eu achei extremamente confortável, então eu nem quero mais deixar meu cabelo crescer. Ao filmar “Swing Kids”, eu não precisei de muita maquiagem, então o tempo de preparação era menos de 5 minutos.

 

Por estar fascinado pelo sapateado, Roh Kisoo esquece suas convicções, entre outras coisas, e parece que pôde liberar sentimentos que estavam sendo reprimidos durante este processo. Então, qual parte disso é a mais estimulante?

Com o grupo, sempre dançamos uma coreografia planejada, mas em “Swing Kids” eu podia dançar sozinho naturalmente, uma experiência como essa é nova para mim. Além disso, Roh Kisoo é um garoto que fala livremente, sem filtros (risos). Ele, que fala sem se importar com as circunstâncias, faz eu me sentir refrescado, pois isso não é algo que eu faria normalmente, então foi muito divertido.

 

Parece que o relacionamento de Roh Kisoo com o irmão Roh Kijin é o ponto focal do filme.

Embora a história não fale tanto do irmão de Kisoo, todas as cenas com ele são muito importantes. Como a história conta que Kisoo é fortemente influenciado por ele, não foi fácil interpretar isso. Além disso, o ator e modelo Kim Donggyeon, que interpreta meu irmão mais velho, é muito alto. Na verdade, ele é 5 anos mais novo que eu, e eu que sou o “irmão” mais velho. Eu consegui representar as cenas pensando sobre como eu costumava brincar com meu irmão mais velho quando eu era jovem e pensei que seria como Kisoo e Kijin teriam interagido também. Mesmo que se trate de épocas diferentes, eu presumo que no final, todos os irmãos são iguais.

 

Para os atores, naturalmente é preciso tempo para sair de personagens, e até hoje, você já interpretou muitos papéis sombrios e ainda assim pôde atender as agendas de um cantor quase imediatamente. “Como esse ator encontra tempo para separar os sentimentos de ator e cantor?” esse pensamento passou pela minha cabeça e estou curioso.

Hmm, não há tempo para isso. Eu foco e me torno esse personagem enquanto no set, e depois imediatamente volto a ser eu mesmo de novo, mas isso também é possível porque o EXO é um lugar bem estruturado e estável pra mim. Ao parar de ser um ator, eu preciso me dedicar imediatamente às atividades de cantor, durante esses momentos, os personagens serão mantidos no outro lado do cérebro, então é possível ao mesmo tempo fazer as atividades do EXO e de atuação. No entanto, seria impossível fazer duas atividades de atuação ao mesmo tempo.

 

Quando nos encontramos ano passado com “Room No.7” , e este ano de novo, você realmente me parece ser alguém que não é pretensioso. Embora você seja um ídolo incrível, como ator você está sempre interpretando jovens que estão feridos ou sofrendo, e constantemente participa de filmes que destacam questões sociais. Essa direção que você está tomando realmente merece ser descrita de uma forma prestigiosa.

Eu nunca tinha pensado assim. Independentemente de qual projeto, coisa ou comportamento, se alguém impusesse um significado a isso, poderia realmente causar algumas mudanças de significado. Eu apenas gosto das coisas como elas são.

 

 

Menção a Kyungsoo na entrevista do diretor Kang Hyeongcheol 

 

 

O campo de batalha dança por causa do ritmo. De acordo com o diretor Kang Hyeongcheol, para impulsionar e estimular suas performances de atuação, os atores que aprenderam sapateado para o filme e, claro, junto com a equipe e a produção, dançam sempre que há tempo no set de “Swing Kids”, e essa atmosfera persistiu até o dia do photoshoot de capa da CINE21.

Na entrevista no início deste ano com a CINE21, o diretor Kang que exclamou: “Nosso Kyungsoo, nosso Kyungsoo, quero levá-lo nas minhas costas e correr todos os dias”, anunciou “Se ‘Swing Kids’ ultrapassar a bilheteria de 3.7 mil admissões, eu vou carregar Doh Kyungsoo nas minhas costas.”

Doh Kyungsoo, cuja imagem é sincera, tinha uma expressão brilhante e dançava em círculos dentro do estúdio. Parece que apenas os jornalistas ficaram surpresos, enquanto os outros funcionários pareciam familiarizados com essa cena e estavam imersos na atmosfera alegre de “Swing Kids”.

 

Os desejos juvenis de Roh Kisoo foram expressados por Doh Kyungsoo, ele é o cartão que a indústria cinematográfica está antecipando agora. Quais são seus pensamentos sobre Doh Kyungsoo depois de ter trabalhado com ele?

Isso será um problema na próxima vez (risos). Haverá tantas pessoas aqui e ali que gostarão de trabalhar com ele, e como eu quero trabalhar com ele novamente, estou preocupado que ele esteja ainda mais ocupado do que agora. Quando cheguei ao nosso primeiro encontro, abri a porta, eu ri comigo mesmo pensando: “Ah, o personagem principal misteriosamente está aqui”. É difícil explicar como o personagem na sinopse do meu filme estava ali vividamente na minha frente, mas por alguma razão, “É isso, é ele”, Doh Kyungsoo era exatamente ele.

 

 


Fonte: Cine21  – Edição 1183 (01.12.18)

Tradução em Inglês: enthralleddd, dyororo_, inksoomissedit, DeeDotOhDot

Tradução e adaptação em Português: Kyungsoo Brasil

 

D.O. e Doh Kyungsoo. Não importa qual nome ele use, ele é sempre uma pessoa consistente. Quer seja em uma transmissão pública ou em um programa de variedades, e durante as entrevistas também, ele sempre carrega uma aura calma e uma atitude humilde que é diferente da de outros artistas. Em suma, ele é alguém que esconde sua paixão dentro de seu peito e mostra essa paixão quando está se apresentando ou atuando. É por isso que ele sempre tem uma energia poderosa no palco e nas telas. No entanto, esse Doh Kyungsoo está bem diferente agora. Sua postura que está sempre ansiosa para aprender e sua voz tímida que mostrou uma personalidade humilde de ator novato, agora tem um pouco mais de força. Ele mostrou claramente sua confiança ao falar sem qualquer hesitação sobre o filme divertido do qual participou. É realmente uma obra de arte ver como o silencioso Doh Kyungsoo mudou. ‘Swing Kids’ é o mais novo trabalho do diretor Kang Hyeongcheol, onde Doh Kyungsoo assumiu o papel de Roh Kisoo. No mundo de Doh Kyungsoo, ele é o melhor amigo com um rosto alegre que mostra os movimentos de sapateado. É o corpo que se move primeiro? o ator Doh Kyungsoo sentiu que o “tak-tak-tak” soa como uma batida de seu coração.

 

Nos encontramos novamente em dezembro depois de 2 anos. Nesta época do ano, há pessoas que estão se sentindo desanimadas, mas também há muitas pessoas que estão alegres sobre isso. De que lado você está?

Acho que não pertenço a nenhuma dessas categorias. Em vez de pensar em como o ano se passou, eu naturalmente passei meu tempo estando ocupado e, quando eu percebo, um novo ano está por vir (risos).

 

Desta vez, também nos encontramos com um ator. Muitas mudanças aconteceram?

Em dois anos… Eu filmei ‘Hyung’ (My Annoying Brother) e depois disso ‘With God’ (Along With The Gods), eu também tive atividades como EXO e também fui a shows. Eu acho que tenho corrido sem descanso. Eu aprendi habilidades necessárias em termos de atuação e também conhecimentos práticos no set de filmagem. Eu também aprendi muito sobre como ajustar minha condição corporal.

 

Parece que você esteve tão ocupado a ponto de adormecer imediatamente ao fechar os olhos?

Há momentos realmente assim! É minha primeira vez filmando um drama e a programação é muito diferente de um filme. Sempre que vou ao set de filmagens, certifico-me de tomar vitaminas. Eu também ajustei meu tempo de sono, naquela época eu conseguia dormir se apenas deitasse minha cabeça. Eu me pergunto se é porque eu me acostumei com tais hábitos, quando as filmagens do drama terminaram e eu não tinha mais que ir para as filmagens, me senti muito estranho. Parecia que tinha que fazer alguma coisa. Agora eu ajustei meu corpo de volta e tenho dormido bem.

 

Entretanto, é muito difícil acreditar nisso?! Especialmente desde que dois dias atrás você foi direto para o comeback do EXO com ‘Tempo’.

Haha! Honestamente, na preparação para o comeback eu não dormi muito.

 

Parece que você sempre está ocupado durante os finais de ano. Durante o final deste ano, o EXO está retornando após 400 dias e você também tem o filme ‘Swing Kids’ chegando, certo? Parece que será um final de ano especial para você.

Eu acho que é muito especial para mim. Estou muito feliz e agradecido pelo resultado inesperado de ‘100 Days My Prince’. O EXO também está obtendo resultados muito bons agora. Eu não sei como será com ‘Swing Kids’, mas espero que ganhe muito amor.

 

Geralmente, vemos seu lado humilde que às vezes parece um pouco tenso, mas agora você está realmente confiante?

Eu tenho muita confiança em ‘Swing Kids’. Eu sempre interpretei personagens sombrios em todos os meus projetos até agora, e, dessa vez, através do ‘Roh Kisoo’, eu posso mostrar um novo lado meu. Não estou dizendo que eu atuei bem, mas como eu realmente me diverti durante as filmagens, então eu acho que o público também poderá sentir essa energia positiva.

 

Mesmo que o retorno do EXO e ‘Swing Kids’ sejam ao mesmo tempo, a preparação para o filme foi feita há muito tempo. Você se lembra do dia em que você foi para a primeira filmagem?

Foi uma filmagem de 6 meses, e a primeira filmagem foi feita em um campo de juncos. Foi uma cena em que Kisoo e um personagem chamado Kidong mostraram seus sentimentos felizes brincando um com o outro. A primeira filmagem terminou de maneira simples. Foi uma tomada em um cenário amplo. A filmagem começou com a gente saindo da floresta de junco, e fiquei feliz que tenha terminado rapidamente em 1 a 2 horas (risos). Quando voltei para Seul, já era noite.

 

Onde ‘Swing Kids’ conquistou Doh Kyungsoo?

Nosso diretor leu o livro primeiro, e nós sempre analisamos as cenas juntos, sabe. O diretor me disse ‘Você deve ler esta cena’ e quando eu li, eu realmente gostei. Quando conheci o diretor pela primeira vez, ele disse que iria fazer um filme que faria seu coração disparar, e esse tipo de sentimento realmente veio. Mesmo quando estou apenas lendo o roteiro, meu coração dispara tipo ‘kkungkwang kkungkwang’, era um cenário poderoso como uma energia transbordante. Eu queria interpretar o personagem, e o cenário é muito bom também.

 

Dizem que esse filme tem o sapateado como o ponto principal. Podemos chamá-lo de filme de dança?

É um filme de dança e também é uma história sobre pessoas. Eu acho que há muitas coisas que entram na história. Há um sentimento musical dentro dele, e também um tópico que faz seu coração disparar, é um filme perfeitamente complexo.

 

Pessoalmente, que mensagem você sente do filme?

Eu sinto que este filme está me perguntando sobre ‘Qual é a coisa mais essencial na vida e o que é essa coisa importante?’ Eu acho que o filme transmitiu claramente essa mensagem.

 

Como um ídolo, você tem mostrado muitas performances, e apesar de ser um vocalista, você  também dança, isso não teria facilitado assimilar o personagem?

Meu coração se sente assim, mas no aspecto da dança, é completamente o oposto. O motivo é porque o sapateado é um gênero completamente diferente. É claro que o ritmo e os passos que aprendi me ajudaram, mas enquanto dançava, meu corpo ficava completamente rígido. Eu não penso em sapateado como dança, mas como tocar um instrumento musical. É por causa disso (bater os pés) que o som dos pés batendo no chão não tem ligação com a dança. Parece que estou aprendendo a tocar um instrumento musical pela primeira vez.

 

Assim como quando você estava filmando o vídeo antes, seu rosto parecia tão feliz enquanto você sapateava.

No começo, eu só conseguia fazer isso, uma rotina de kwang! kwang! kwang! kwang! (batendo no chão usando os pés). Eu fiz essa rotina regularmente primeiro e continuo praticando. Eu quero fazer meus pés produzirem uma batida regular, mas não funciona bem. E mesmo quando eu usei minhas mãos, meus pés não seguiam isso. É realmente difícil criar um ritmo usando seus pés. Quando me concentro em sapatear, a parte superior do meu corpo se torna uma bagunça. Cada pessoa tem sua própria postura específica, algumas se concentram apenas em seus pés e mantêm a parte superior do corpo calma, enquanto eu continuo dobrando dois dos meus dedos. Como a pose não é reta, torna-se difícil. Quando meus pés se tornam confortáveis ​​com sapateado, então minha postura seria natural, mas demorou muito tempo para eu ficar confortável com isso.

 

Desde que momento você se sentiu animado ao fazer isso?

Como eu pratiquei, de repente se tornou emocionante. E há uma vantagem disso também. Uma vez, enquanto me apresentava no palco, torci o tornozelo, e a condição dele não era tão boa. Mas a rotina de sapateado é muito semelhante ao exercício que eu fazia quando estava me reabilitando do tornozelo. Desta vez, a música ‘Tempo’’ tem grandes dificuldades de dança, mas eu não machuquei meu tornozelo nenhuma vez, então isso me ajuda muito. Eu também precisava perder peso, e como o sapateado é como um exercício aeróbico, eu naturalmente perdia muito peso. E, além isso, ainda aprendi o sotaque norte-coreano com um professor.

 

Parece que você sente a liberdade que Roh Kisoo sente quando dança sapateado.

O que é realmente bom no sapateado é que você pode fazer o ritmo usando seus pés sozinho sem música, quando você apaga a luz e pratica sozinho, o som que produz é muito encantador. Eu geralmente ficava parado, mas agora eu tenho o hábito de ficar batendo meus pés no chão.

 

Como você se aproxima para obter a emoção necessária para o personagem?

Eu me esforcei muito para me relacionar com o papel. Eu assisti os atores no set, e naturalmente submergi nisso. Eu sinto que no set eu naturalmente entendia o meu personagem ao receber e dar energia a outros personagens. Kisoo é um personagem que tem uma alta curiosidade e senso de justiça, eu queria me concentrar nisso, então o diretor me disse para olhar para os outros atores enquanto atuava. Eu particularmente foquei na emoção do papel de irmão mais velho. Desde que eu também tenho um irmão real, que é três anos mais velho que eu, eu tento ser um irmão mais novo que não é um fardo para ele. Não é fácil obter a emoção de sentir dificuldades por causa de um irmão mais velho.

 

Você é do tipo que é afetado pelo humor do set de filmagem?

Sim, eu sou do tipo que realmente é influenciado pelo set de filmagens

 

Há um boato de que o diretor Kang Hyeongcheol realmente se importa com você.

Haha! Eu realmente filmei este projeto de forma feliz com o diretor no set de filmagem. O diretor é o tipo que dá uma direção detalhada e delicada. Houve muitas ocasiões em que eu e o diretor pudemos nos comunicar mesmo sem falar uma única palavra. Eu entendia quando ele dizia ‘Que tal se fizermos assim?’ Houve muitas vezes em que partilhamos a mesma mentalidade, então não existiam grandes diferenças de opinião entre nós.

 

Pessoalmente, como você vê o diretor Kang Hyeongcheol como pessoa?

Ele é muito detalhista. Eu acho que ele é o diretor mais detalhista de todos os diretores que eu conheci. O Diretor Kim Yonghwa de ‘With God’ (Along With The Gods) também é muito bom, tanto que nós filmamos sem ter que discutir muito. Com o diretor Kang, ele apontou todas as emoções e ações, e deu instruções detalhadas sobre coisas que eu nunca havia pensado antes. Nós apoiamos muito um no outro no set de filmagem.

 

Em ‘Hyung’, há dois protagonistas, mas desta vez você é o único ator principal no filme. Isso se torna um grande fardo para você?

Eu recebi muita ajuda das pessoas ao meu redor. O diretor, Oh Jungse hyung, Kim Minho e a Park Hyesu também me ajudaram muito. Se não fosse assim, teria sido difícil.

 

O público teve o primeiro contato com este filme através do seu novo corte de cabelo. “O D.O. raspou a cabeça por causa de um filme.” Você corta seu cabelo com bastante frequência.

Foi porque Roh Kisoo é um prisioneiro de guerra, então eu tive que fazer isso. Eu raspei meu cabelo sem pensar muito nisso. Ao cortá-lo, eu o fiz sozinho. Foi muito confortável assim, e depois de três dias o cabelo crescia de novo, então eu continuava cortando. É por isso que sempre carregava uma máquina e fazia isso sozinho.

 

Nesse caso, esse é o primeiro filme que não precisa de um cabeleireiro no set de filmagem!

É realmente assim, foi muito confortável. Honestamente, eu quero cortar de novo agora (risos). Cabelo curto é confortável, e, por causa disso, eu continuo querendo cortar meu cabelo.

 

Há sempre um ponto a ser considerado. Eu assisti a um show do EXO e você também estava calmo naquela época. Não parece que você é um D.O. diferente agora, a sua consistência é impressionante.

Você realmente foi ao show? Haha. Não há o que fazer sobre isso, porque durante os ments os membros falam muito. Como eles fazem isso tão naturalmente, eu fico quieto. E também porque eu geralmente não falo muito.

 

Mas o seu papel desta vez não é ser agitado? Como você mantém esse tipo de humor?

Realmente tem uma alta tensão! Mas há partes assim dentro de mim, quando estou com meus amigos ou pessoas íntimas, esse tipo de personalidade também vem à tona. É por isso que, enquanto estava atuando, me senti bem e gostei. Isso aliviou meu estresse. O trabalho de um ator é estar continuamente interpretando personagens diferentes e vivendo a vida de outra pessoa. Quando eu experimentei isso, achei muito encantador.

 

De qual personagem você mais gostou até agora? Desde os seus dias como ator novato, você já interpretou muitos personagens interessantes. Começando com Taeyoung de ‘Cart’.

Roh Kisoo. Para mim, Roh Kisoo, que fez tudo o que queria sem hesitação, é o melhor personagem. Antes disso, é Han Kangwoo de ‘It’s Okay, That’s Love’. Conhecer esse tipo de personagem não é fácil, eu tenho muita sorte.

 

Seu recente drama, ‘100 Days My Prince’, é um sucesso. Há um aumento de fãs do ator Doh Kyungsoo e do Wondeuk.

Haha… Eu não tenho certeza disso. Depois que eu terminei o drama, eu fui praticar na sala de prática e depois tive compromissos, então eu não tive a chance de sentir isso (a popularidade). Eu tentei um papel duplo, e me diverti com os outros atores de forma que tivemos risos sem fim no set de filmagem.

 

Há a linha memorável “Só eu que estou me sentindo desconfortável?”, então o que faz você se sentir realmente desconfortável na vida real? Por exemplo, durante eventos oficiais você sempre diz ‘Nós seremos um EXO educado’. Você acha que a falta de educação é desconfortável?

Não é porque eu não gosto de indelicadeza, mas é porque a minha personalidade é do tipo que não gosta de se tornar um fardo para outras pessoas, então eu penso muito em ser educado. Por exemplo, na sala de estar que eu e os membros usamos juntos, não gosto que a roupa seja deixada jogada, são coisas simples como essa. Eu gosto se nós nos ajudamos.

 

Olhando a partir disso, parece que você reclama muito no EXO?

Eu realmente reclamo muito (risos), eu faço muito isso com os membros e também com pessoas próximas a mim.

 

De uma vasta possibilidade de cenários, qual é a única coisa que você acha mais importante?

Eu me atraio muito em projetos que transmitem uma mensagem clara e têm uma essência de humanismo. Quando eu estou assistindo filmes também. Eu realmente gostei do filme ‘First Man’ que eu assisti recentemente.

 

Quando você percebeu que cresceu como ator?

Eu sinto que me desenvolvi quando não fico mais nervoso no set de filmagens. Quando comecei a atuar, eu ficava muito nervoso, então às vezes eu esquecia todo o roteiro que havia memorizado. Eu me preparava muito, mas quando as filmagens começavam, minha cabeça ficava em branco. É claro que há momentos como esse acontecendo recentemente também, mas na época era realmente por causa do nervosismo. Agora eu estou naturalmente gostando disso. Eu acho que me sinto mais desenvolvido no set de filmagem agora.

 

Você é sempre humilde como um ator novato, mas na verdade você é um artista veterano. O que faz o seu coração disparar como naquela época?

Trabalho. Para mim, acho que é sempre trabalho. Há muitas vezes quando meu coração bate rápido quando estou trabalhando. Além disso, quando estou trabalhando com pessoas de quem sou próximo, há muitas brigas, tristezas e alegrias. Quando tenho esses tipos de emoções, sinto que estou vivo.

 

Se você pudesse convidar apenas três pessoas para a estreia, quem você desejaria convidar?

Minha família, o diretor da SM, e também os membros do EXO, claro, eu gostaria que eles pudessem vir. Então, três assentos não são suficientes. Espero que eles possam se relacionar com a mensagem do filme como o público. Se os membros disserem que gostaram do filme, eu ficaria feliz, além do que posso expressar.

 

Vocês são do tipo que dão feedback das atividades uns dos outros?

Claro. Recentemente Jongdae cantou a OST de ‘100 Days My Prince’ e eu ouvi a base. Como eu achei que a música realmente se encaixava nele, eu ficaria muito grato se ele cantasse, então eu pedi a ele. Jongdae acabou cantando e a música é muito boa. Desse jeito, nós compartilhamos muitas histórias uns com os outros, os membros são do tipo que falam muito sobre atividades individuais uns com os outros.

 

Como músico, que sonho você tem?

Acho que, algum dia, haverá um momento onde eu poderei fazer a música que eu quero fazer. Embora eu não saiba quando será, já que eu gosto de música, penso em querer compor e escrever uma música sozinho, e cantar a música que eu fiz. A música também é uma forma de arte. Eu quero transmitir minha própria história um dia.

 

Que tipo de história seria essa?

Uma música é algo que você ouve quando está feliz ou triste. Seria uma música com letras e melodias que possam dar consolo. Uma música que é confortável de se ouvir.

 

No álbum do EXO, há muitas músicas memoráveis ​​com ritmos moderados. Sua voz soa bem ao ouvido nesse tipo de música. Você tem algum pensamento de uma música solo?

Eu realmente gosto dos álbuns de inverno do EXO ou das nossas músicas de ritmo médio que são cantadas lentamente! Sobre uma música solo, eu tenho vontade. Eu também cantei sozinho no show, mas já que agora eu estou promovendo o álbum e o filme, então eu quero tentar quando tiver mais tempo livre.

 

No ano passado, você recebeu o prêmio de “Ator Revelação” no Blue Dragon Filme Awards pelo filme ‘Hyung’ (My Annoying Brother). Embora você tenha recebido muitos prêmios como EXO, este pode ser diferente. Como você se sente sobre isso?

É diferente. Porque é um prêmio que você só pode receber uma vez na vida, quando recebi minha mente ficou em branco. Eu ainda me lembro vividamente até hoje, por causa do show eu não pude comparecer à premiação. Durante o final do show, a notícia saiu pelo meu ponto eletrônico: “O D.O. recebeu o prêmio de ‘Ator Revelação’ do Blue Dragon Film Awards!” e minha mente ficou em branco. Depois disso eu compartilhei meu discurso de vencedor naquele momento e foi muito significativo.

 

Em ‘Swing Kids’, quando você se sentiu mais nervoso como ator?

Na apresentação de produção, porque era o dia em que as pessoas que gostavam de filmes vinham assistir e opinar sobre o filme. É o lugar onde o filme é exibido pela primeira vez e, como os amantes do cinema estavam assistindo, estou curioso sobre seus pensamentos. Eu me senti muito nervoso então.

 

Você já assistiu a um filme junto com o público?

Nunca, eu acho que vou tentar alguma vez durante ‘Swing Kids’. Eu nunca pensei sobre isso antes.

 

Qual cinema você planeja visitar? Eu vou dizer ao público para olhar de perto para alguém que esteja usando um chapéu.

Haha! Não seria o cinema COEX mais próximo?

 

O que você quer dizer para si mesmo no último dia deste ano?

Você perseverou de forma boa. Por favor, continue sobrevivendo de forma saudável. Eu acho que isso é suficiente.

 

Nós continuamos nos encontrando em dezembro. Se nós pudermos nos encontrar em outra temporada, qual você gostaria?

Maio. Março, abril e maio são primavera, mas ainda está frio até abril (risos). Então é maio. Eu acho que ficaria muito bem com uma cor quente.

 

Vídeo que mencionam durante a entrevista:

 


Fonte: Allure Korea
Tradução em Inglês: dyororo_
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

 

A narrativa de Doh Kyungsoo – O ator Doh Kyungsoo pode se tornar qualquer pessoa na atuação, é onde ele desfruta da maior liberdade.

Quinze horas após a primeira transmissão do drama “100 Days My Prince”, seu primeiro drama como protagonista alcançou as maiores notas entre os dramas sageuk¹ de segunda e terça-feira. Depois de ouvir sobre esse recorde, o jovem entrou no estúdio com sua camisa xadrez e calças de algodão. Se ele não estivesse acompanhado por nenhuma equipe, eu nem teria notado-o. Embora ele tenha deixado uma forte impressão como o “príncipe herdeiro”, o que é mais impactante é sua aura constante e rosto refrescante (visual) como ator.

Juntando seus trabalhos desde sua estreia em 2014, Doh Kyungsoo parece ser um ator que sabe que para solidificar sua posição como ator, ele precisa se afastar dos holofotes e aplausos que recebe. Um adolescente que trabalha de meio-período em uma loja de conveniência (Cart, 2014), um atleta de judô nacional que perdeu a visão (My Annoying Brother/Hyung, 2016) e um soldado frágil (Along with the Gods: The Two Worlds, 2017), ele mergulhou nas vidas desafiadoras dos personagens nesses projetos. Em um mundo desconhecido, ele conseguiu receber reconhecimento por sua capacidade de atuação e por ter mais potencial que a maioria, senão todos. Ele havia explorado vários gêneros e papéis, e tendo feito isso, flutuou para ser visto através de sua experiência acumulada. Esperado para chegar nas telonas neste inverno, ele virá em retidão como Roh Kisoo no filme “Swing Kids” e irá exibir o personagem de espírito livre.

Se for para usar apenas uma simples declaração para descrevê-lo, “a atuação de Doh Kyungsoo é realmente boa”. Através de suas várias tonalidades vocais e risadas, ele repetidamente revelou que o “bom” não é uma emoção à qual ele está acostumado. Nessa entrevista, ele usou sua voz grave e baixa para falar de “bom”. Para uma pessoa que gosta de atuar, ele tem o poder de fazer o público também gostar dos resultados de sua atuação. Este lado genuíno será apresentado agora. Isto é, sem dúvidas, algo para com o qual ficar feliz.

 

 

Ouvi falar das audiências da primeira transmissão de “100 Days My Prince” pela manhã.
Quando eu estava dormindo, recebi uma ligação (risos) e recebi muitas mensagens de parabéns, então estou me sentindo muito feliz.

É a primeira vez que você protagoniza um drama. Deixando de lado a diferença na proporção, você deve ter sentido um senso mais profundo de responsabilidade no local.
Filmando este drama, eu realmente tive um senso mais profundo de responsabilidade. Eu li o roteiro várias vezes, mas ainda senti que não era suficiente. Até mesmo após ler o roteiro 10 vezes, ainda não era bom. A característica desse gênero de drama é que a história é muito longa. Com o tempo, é muito difícil conectar as filmagens, então tenho que lembrar o conteúdo das filmagens passadas, mas ainda há momentos de confusão. Em meio a isso, tive o pensamento de ler o roteiro muitas vezes.

Em um ano, você já atuou em filmes como “Swing Kids”, “Along with the Gods 2”, a animação “Underdog” e, além disso, um drama e apresentações em público… Como você gerenciou seu tempo e energia?
Talvez nos últimos anos isso seja totalmente impossível. Mas depois de estrear no EXO por 7 anos, eu pareci desenvolver um macete. Não importa se for performances públicas ou praticando danças, eu pareço ser capaz de assimilá-las mais rápido do que antes, então o tempo gasto para administrar essa parte foi muito bom.

Talvez olhando para isso a longo prazo, o descanso apropriado para planejar um projeto maior parece correto. Mas todos os filmes que Doh Kyungsoo assumiu fazem você sentir que está vivendo apenas no agora, fazendo o máximo que pode em tudo.

Não importa o que eu ache que acontecerá, o mais importante é o “agora”, então sempre tentarei o melhor em tudo. Eu realmente não quero decepcionar os outros, e eu não quero ver seus rostos desapontados, então vou trabalhar ainda mais. Claro, há também a minha própria ambição nisso, então vou trabalhar muito duro para satisfazê-la.

Você é do tipo que ganha força com a auto-satisfação (do trabalho)?
Exatamente. É claro que, como minha ocupação é se apresentar para o prazer do público, a satisfação do público é muito importante. Mas eu tenho um alto padrão para mim mesmo. Afinal de contas, é o que eu quero fazer, então eu não deveria estar satisfeito comigo mesmo em primeiro lugar? Eu sinto que só assim posso satisfazer o público.

O filme “Swing Kids”, que será lançado no inverno, é uma produção otimista que mostrará música e dança. Mas, com os acampamentos de 1951 como cenário, não podemos tratá-la como parte da história moderna da Coreia. No passado, os filmes “Cart” e “Room No.7” também eram assim. Você parece apresentar continuamente partes de histórias da sociedade como ator.
Eu gosto de produções que tenham um toque humano, a oportunidade de escolha parece boa. Apesar da mudança de época e no cenário, ainda é possível atingir um acorde com as pessoas. Se houver pessoas que recebem força da minha atuação, isso seria ótimo.

Um jovem que está preocupado com empréstimos estudantis, um soldado com necessidades especiais… Os personagens que Doh Kyungsoo interpretou geralmente não são comuns. Falar pelos fracos requer uma certa dose de coragem, mas você nunca parece hesitante ou temeroso disso.
Nunca. Não é algo que é amedrontante. De fato, sou grato por poder fazer tantas coisas significativas assim. Vendo por esse ponto, ser ator é realmente uma grande ocupação.

No processo de preparação para o filme “Swing Kids”, você aprendeu sapateado. Não é difícil?
É muito difícil. Aprender sapateado não é como aprender uma dança, é mais como aprender um instrumento, sinto que preciso estar em contato com ele. Embora às vezes seja necessário usar o corpo para amplificar movimentos, às vezes também é preciso sapatear como se estivesse tocando uma bateria para produzir certos sons. Assim, no começo não foi fácil, é preciso você continuar usando o corpo para dançar. Quando entrei em contato pela primeira vez com o sapateado, pensei que precisaria de um dublê. Mas, ser capaz de criar esse ritmo, ouvir os sons produzidos no processo, é muito agradável.

A vantagem de ser um ator é que sempre que você participa de uma nova produção, você pode aprender coisas novas.
Agora, mesmo quando estou sentado em silêncio, meus pés vão se mover sozinhos. Eu gosto disso. Participando de uma produção ao mesmo tempo, posso adquirir uma habilidade ou arma que só me pertence.

 

Os gêneros e personagens que você escolhe para fazer parecem ter passado uma quantidade considerável de mudanças. Você é do tipo que gosta de desafiar coisas novas?
Sim. Se eu dissesse que tentei papéis como um personagem com cicatrizes ou um que parecia ser infantil, então os personagens que eu interpreto também amadureceram e mudaram (com o passar do tempo). Muito parecido com o modo como a pessoa envelhece e amadurece gradualmente, com o passar do tempo, minha inclinação por papéis também está em constante mudança. Eu gostaria de exibir os personagens exatamente como são.

Ouvi dizer que o personagem principal Roh Kisoo no filme “Swing Kids” é verdadeiramente viril e desinibido.
Muito! (risos). Pode ser o personagem mais viril que eu já tenha interpretado, o personagem mais desinibido que alguém da minha idade pode retratar. Dominador, como um encrenqueiro problemático, mas também uma pessoa honesta. Então é alguém que você simplesmente não consegue deixar de gostar.

É porque você quer demolir a imagem de educado e certinho que as pessoas automaticamente têm quando pensam em Doh Kyungsoo?
Mas eu não sou certinho. Aqueles que estão perto de mim sabem que eu sou frequentemente travesso. Eu mostrarei muitos desses lados através do papel de Roh Kisoo, lados que nunca mostrei antes. É também porque eu não posso ser exatamente brincalhão em programas de transmissão… (risos). No grupo, outros membros cuidam muito bem dessa parte, então, em contraste, fico quieto e me comporto para ter essa imagem…

Parece que em um personagem tão despreocupado, a pessoa Doh Kyungsoo também sentiu essa liberdade.
Essa parte realmente fez eu me sentir ótimo. Em coisas como atuar, você não consegue fazer isso normalmente. Coisas que você nunca fez antes, você pode livremente fazer o que quiser lá. Essa é a maior atração.

Você acumulou muitas coisas que queria fazer?
Em vez de acumular, eu vim a me familiarizar com imagens de mim mesmo que nunca pensei antes enquanto lia o roteiro. “Quando o personagem disse essa linha, ele devia estar se sentido assim.”, eu especulo, “Mas se fosse eu aqui, eu faria isso.” e me considero assim. Sinto que o eu que não descobri, ou o que eu nunca imaginei antes durante esse tempo, aparecerá em ação.

Por meio da imersão nos diferentes personagens, a pessoa Doh Kyungsoo sentiu alguma diferença?
Eu ainda sou o costumeiro eu. No local de filmagens eu farei o meu melhor para mergulhar no personagem. Em vez da diferença de personagem, a maior influência é a diferença de tempo. Se eu me jogar no personagem, meu padrão de estilo de vida mudará e depois que a produção terminar, eu me sentirei desorientado. Durante as filmagens do drama, nós temos que acordar muito cedo para nos preparar, mas terminávamos muito tarde da noite, então quando todas as filmagens terminaram, eu ainda dormia por 4 horas e depois, reflexivamente, acordava. Na verdade, também é estranho acordar sem nada para fazer. Eu senti que precisava ler o roteiro ou algo assim, ou ir para Mungyeong (set de filmagem) (risos). Embora comparativamente, eu posso dormir um pouco mais agora, eu realmente me tornei bastante diligente durante esse tempo.

Qual é a maior diferença entre o Doh Kyungsoo antes de atuar e depois de atuar?
Eu posso conhecer muitos diretores, funcionários e várias pessoas no set e ser influenciado por eles, então melhorei um pouco em termos de relações sociais. Devo dizer mais experiente? Além de atuar, a coisa que mais mudou é provavelmente isso. Se eu disser que sou uma criança que não sabia de nada antes de atuar, então, em toda e cada produção, ouvindo as muitas histórias através de muitas pessoas, sinto que me tornei mais maduro.

Você se tornou sociável?
(Sim), mas eu acho que pra todo mundo é o mesmo (sorri), porque o ritmo de um drama ou filme filmado no set é muito mais rápido do que outros trabalhos. Durante as atividades como cantor, estou sempre junto com os membros e nosso gerente. Mas no set de filmagens, estou mais perto do diretor, dos atores, a equipe também difere todas as vezes, então minha atitude também muda quando encontro novas pessoas.

Estando agora na posição de ator, que aspectos de você mesmo tiveram um efeito positivo?
Eu sou do tipo que realmente não sabe se expressar. Mesmo que esteja cansado, não direi isso, me reprimindo. Embora tal personalidade tenha trazido algumas dificuldades, também há efeitos positivos dela. Eu realmente odeio trazer problemas para as pessoas. Essa personalidade ajudou muito, porque eu não quero causar sofrimento aos outros.

“Ter essa personalidade me deixou muito cansado e solitário, para acalmar os outros, eu tenho que mover meu corpo duas vezes (trabalhar mais).” É uma circunstância?
Em vez de causar problemas às pessoas, acho que isso é muito melhor. Então eu me treinei muito. Mesmo que eu tenha que mover meu corpo duas vezes, também é um processo. Apesar de ter mais pressão, olhando para trás, não é grande coisa. E, em alguns casos, as pessoas consideram isso atencioso da minha parte. Então eu acho que, independente disso, é uma coisa boa, é uma coisa certa, eu penso assim.

Embora seja bom e certo, ao mesmo tempo não é nada fácil.
A influência dos meus pais em mim parece muito grande. Apesar dos momentos difíceis, eles não vão falar sobre ou mostrar isso para seus filhos. Talvez muitos pais sejam assim, mas, observando o seu vizinho, você naturalmente aprenderá muito.

Estou curioso para saber qual é a mentalidade habitual de Doh Kyungsoo depois de deixar de uma produção.
É principalmente estável. Embora eu tenha momentos de estresse, eu os esqueço rapidamente. Comparado com os outros, eu odeio a circunstância de “me sentir ansioso”, então, para manter uma mentalidade casual, estou sempre praticando, é sempre assim.

No futuro, que papéis você aceitará sem qualquer hesitação?
Até agora, não é decidido com base no que quero fazer ou no que sinto que devo fazer. É porque vi o projeto no momento certo. No caso do filme “Room No.7”, a sensação de querer tentar interpretar esse personagem ficou mais forte quando li o roteiro. Agora que penso nisso, esses personagens parecem se adequar a mim, não é porque eu sou ambicioso em relação ao personagem. É como se as produções fossem decididas como destino. Então, no momento certo, essa produção veio a mim e aconteceu de eu ter esse pensamento, então não pondero muito.

O motivo da seleção intuitiva (de produções)?
Parece que eu só decido depois de ler o roteiro. Afinal, é algo que estou fazendo. “Como devo fazer isso” é algo que só é decidido em conjunto com o diretor e a equipe. Antes de tomar uma decisão importante, embora haja pessoas com quem conversar, no final das contas isso ainda se resume ao meu pensamento. Até agora, todas as produções foram causa do pensamento “é este” ao ler o roteiro. Então, estou ansioso para saber que tipo de papel eu encontrarei em seguida.

Parece que você está mais à vontade para ser um ator.
O escopo da seleção de trabalhos tornou-se mais amplo, e eu tenho mais experiência, mais compreensão de mim mesmo. Para um mesmo personagem, se fosse no passado, eu diria palavras como “Ah, é muito difícil”. Mas agora, eu direi “Se for agora, acho que posso fazê-lo”, “Deve ser interessante”. Sinto que tenho espaço para reflexão (risos).

 

 

Confira todas as fotos do photoshoot de Kyungsoo para Marie Claire Korea em nossa galeria!

 

sageuk¹: é um termo em língua coreana utilizado para referenciar os dramas históricos coreanos, que podem inserir-se em peças de teatro tradicionais, filmes e séries de televisão, que abordam sinopses com o tema do período histórico.


Fonte: Marie Claire Korea (Edição Especial ‘BIFF 2018’/Outubro) – 20.09.18
Tradução em Chinês: Nacho_都暻秀資源博; 都暻秀後援会_DohKyungsooCN
Tradução em Inglês: doitlikethis123; enthralleddd | Via: channel930112
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil

“10 Atores da Nação Sul-Coreana: Minha Atuação, Meu Filme”.

 

Doh Kyungsoo: “Toda vez que eu termino um dos meus projetos, eu aprendo um pouco mais sobre mim.”

(Ganhador do Prêmio “Ator Revelação” no Blue Dragon Film Awards 2017 com “Hyung”)

 

c
 

Para o ator Doh Kyungsoo, o que o prêmio Blue Dragon significa?

O prêmio de “Ator Revelação” é um prêmio que você só pode receber uma vez, e mais uma vez eu estou muito grato por ter recebido este prêmio. Para mim este prêmio é… Eu quero ver o significado dele como “Vamos continuar trabalhando duro”. No futuro, eu irei colocar mais esforço e trabalhar mais duro para mostrar uma boa imagem.

 

Qual cena você mais se lembra de “Hyung”?

Há uma cena onde Dooyoung, quem perdeu sua visão, está cheio de medo e não consegue fazer nada por si mesmo apropriadamente, e nesse estado de não ter nada, está correndo sem conseguir enxergar nada com a ajuda de seu irmão. Esta é a cena em que Dooyoung finalmente confia e apoia em seu irmão, é uma cena onde ele se livra de seu medo e é uma cena que eu quero destacar.

 

Vamos filmar uma cena pós-créditos de “Hyung”, para qual você ganhou um prêmio. Dooyoung está vivendo bem agora?

Após superar a morte do irmão, agora Dooyoung está vivendo fantasticamente como um atleta de judô. Ele também ganhou outra medalha de ouro. Mesmo que esteja vivendo por si mesmo, eu penso que ele seria um homem legal que é forte e saudável.

 

De “Room No.7”, “Hyung” até “Along With The Gods”, você lentamente construiu emoções e as explodiu em momentos em que eram realmente necessárias ao invés de expressar emoções grandiosamente. Por isso você recebeu uma aclamação por ser experiente, e devido ao que você fez, você não se parece com um novato.

“Ah, aqui é onde eu deveria formar emoções”. Eu nunca atuei tendo este tipo de pensamento. Para ser capaz de atuar naturalmente eu recebi muita ajuda das pessoas ao meu redor. Durante “Along With The Gods”, o diretor Kim Yonghwa iria dar claras direções sobre como atuar durante uma cena emocional e até mesmo apenas olhando para os olhos do diretor, ele estaria dizendo “Kyungsoo-ah, e se nós fizermos assim?”. Através dessas discussões eu podia entender sozinho o que ele queria. É realmente como uma comunicação entre um ator e o diretor? Ou um sinal? Eu sinto como se fosse uma telepatia onde eu podia sentir a mesma coisa, e isso me impressiona.

 

Um ator e diretor que trabalhou com você disse “Doh Kyungsoo tem uma personalidade muito madura”, sua personalidade é o segredo para o seu autocontrole?

Quando eu recebo estresse, eu sou do tipo que, ou esconde ou reprime isso. Desde que eu nasci até agora, eu quase nunca me deixei liberar a raiva, exibi uma emoção terrível ou gritei. De algum jeito, eu acho que a minha personalidade se intersecta bem com os personagens que eu atuo. Em “Cart” eu gritei na frente do Yumm Junga sênior e eu nunca tinha gritado tão alto desde que eu nasci, foi uma primeira experiência. Eu nunca soube como era gritar tão alto e após isso eu soube.

 

Também pode significar que você lentamente se tornou mais competente em expressar suas emoções?

É verdade. Recentemente, também houve uma cena em que eu gritei alto. Durante “Cart” eu gritei de uma maneira ruim e agora no drama recentemente filmado “100 Days My Prince” eu me preocupei sobre como eu deveria liberar minha raiva. Honestamente, a coisa mais surpreendente foi em “It’s Okay That’s Love”. Eu geralmente não sou do tipo de derramar lágrimas, porém quando estava filmando o 16° episódio de “It’s Okay That’s Love”, eu realmente entrei no personagem e chorei alto sinceramente. Não ao ponto de ficar aos prantos mas na minha perspectiva foi um choro realmente alto. Foi a primeira vez e mesmo que eu estivesse triste, eu achei incrível descobrir tal tipo de emoção. Me fez sentir bem e aliviado.

 

Pondo de maneira simples, todos os personagens que você fez são personagens obscuros. Porém em “Swing Kids” que será lançado ainda neste ano e em seu novo drama “100 Days My Prince”, os personagens são animados certo?

Originalmente, eu sou uma pessoa alegre também (risos). Mesmo que eu também fique magoado inconscientemente, eu basicamente brinco muito e tenho um tipo alegre de personalidade. Devido aos personagens que eu atuei até agora, talvez haja pessoas que não saibam disso, porém é claro que eu tenho o oposto (desses personagens obscuros) em mim. É por isso que em trabalhos recentes eu atuei mais confortavelmente. Eu pensei “Eu finalmente encontrei este tipo de personagem” e a variedade de expressões que eu não consegui mostrar até agora, fez atuar se tornar divertido.

 

De filme novo até um drama, após este ocupado trimestre, o que mais mudou?

Antes eu não entendia apropriadamente mas toda vez que cada projeto meu acabava, eu sentia como se eu tivesse realmente evoluído muito. Após terminar as gravações de “Swing Kids” houve muita coisa que eu senti sobre minha atuação, e sobre mim mesmo. Eu pensei que eu não me conhecia muito bem, porém através do projeto eu vi lados de mim mesmo que eu não conhecia e me senti aliviado e surpreso. Através dessa rodada de trabalhos eu também descobri lados sobre mim e espero poder evoluir um passo a mais.

 

Os vencedores do Blue Dragon Film Awards, incluindo Kyungsoo que ganhou o prêmio “Ator Revelação” em 2017.

 


Fonte: HIGH CUT (Edição 228) – 20.09.18
Tradução em Inglês: dyororo_
Tradução em Português: Kyungsoo Brasil