KYUNGSOOBRASIL.com / Fanbase brasileira dedicada a Do Kyungsoo

 

Em uma entrevista sobre “Cart” para a Cine21 você mencionou “10 minutes” (2013) do diretor Lee Yongseung. Você sentiu algo novo depois de assistir o filme?

Este foi o primeiro filme que me fez sentir o desejo de ser um protagonista, e quando eu li o roteiro de “Room No.7” eu nem sabia que era do diretor Lee Yongseung. Fiquei assustado ao saber que “10 Minutes” e “Room No.7” eram do mesmo diretor depois de gostar tanto do roteiro de “Room No.7”. Isso me fez querer fazer parte dele ainda mais. A maior razão pela qual eu disse sim era porque Taejeong estava desgastado e desesperado, um personagem que eu não tive a chance de interpretar ainda.

 

Em “Cart” e agora em “Room No.7” você não está sendo pago propriamente pelo seu emprego de meio período (risos). Na conferência de imprensa para “Room No.7” você disse que se mantinha pegando papéis semelhantes, não porque você estava particularmente atraído por histórias azaradas, mas porque você gostou de histórias sobre pessoas que vivem suas vidas – mas essas histórias também não poderiam ser alegres e felizes?

Gostaria de fazer parte de histórias alegres e felizes, mas há tantas pessoas que não conhecem trabalhadores temporários. Posso fazer os outros saberem sobre problemas sociais através dos projetos que eu escolho atuar. Me conscientizei através de filmes como “10 Minutes”. Seria bom se os espectadores [de “Cart” e “Room No.7”] pudessem experimentar isso também.

 

É difícil dizer que o senso de humor de “Room No.7” é popular na Coreia. Parece provável que este filme exigiu atuar em um tom que não é frequentemente encontrado.

Eu não pensei que tinha que fazer algo de propósito para fazer com que os espectadores riem. E, às vezes, em algumas situações, Dooshik e Taejeong ficarem sérios contribuiu com humor. Eu tentei não exagerar, e apenas pensar se a ação e o pensamento estavam certos para o momento. Após o lançamento do filme procurei a resposta. Cada expectador encontrou uma cena diferente divertida e algumas dessas cenas não eram para ser engraçadas. Fiquei surpreso com o que acharam divertido, isso me fez reavaliar as coisas. E a atuação tornou-se ainda mais atraente.

 

Você mantinha uma vida normal antes de estrear no EXO após cerca de um ou dois anos de treinamento. Você provavelmente não foi forçado a crescer com as mesmas dificuldades que os personagens que você interpretou, então, como você abordou essa lacuna?

Quando olho para o roteiro, todas as dores do personagem estão lá para ver. Eu continuo buscando os sentimentos e facetas que podemos ter em comum. Se nos identificamos, coloco minhas próprias emoções na atuação, mas se eu simplesmente não sei o que fazer eu tenho muitas conversas com o diretor. Eu deveria estar colocando minhas próprias emoções no papel, mas eu descubro novas em vez disso. É assim que estudo atuação.

 

Algum de seus atores seniores comentou algo sobre você ter uma vantagem em ser um cantor ídolo?

Atuando com meu corpo? Porque os atores geralmente não dançam. Algo que você faz constantemente como dançarino-cantor é memorizar movimentos e gestos. Então me disseram que eu pego coisas como essas mais rapidamente do que outros.

 

“With God” vai ser lançado em dezembro, e atualmente você está filmando “Swing Kids” com o diretor Kang Hyungcheol.

O soldado Won de “With God” é o mais triste e deplorável dos personagens que conheci até agora. Eu não acho que haverá alguém tão triste quanto ele nos meus futuros projetos (risos). Para “Swing Kids”, o personagem em que estou atuando é o oposto completo. Ele é muito viril e chamativo até o fim.

 


Fonte: Cine21 (21.11.2017)
Tradução em Inglês: fydk-translations
Tradução em Português: D.O. Brasil

 

“A faixa dos vinte anos, dos que têm sede de sonhos e engolem as dificuldades da vida. Conheça Taejung, um jovem puro que, desesperado, envolveu-se com porte de drogas devido à necessidade de dinheiro. Do Kyungsoo (24), mostrou um desempenho refinado e detalhado para o personagem realista e complexo, Taejeong. Agora estamos bastante familiarizados com ele, tanto como ator, quanto como membro do  EXO. Aqui estão as palavras de um ator promissor em seus 20 anos que possui uma reputação por sua boa habilidade de atuação.”

 

Seu cabelo ficou mais curto. Parece que foi para a filmagem de “Swing Kids” (2018, Kang Hyungcheol)?
Está certo. Estamos em nossa sexta rodada agora. Eu tenho aprendido sapateado por causa do meu papel como um soldado norte-coreano que se apaixona por sapateado, e é muito divertido. Não é como aprender coreografia para o palco. É mais como aprender um novo instrumento, como tocar bateria com os pés.

 

Vamos falar sobre o filme “Room no.7”. É uma comédia de humor negro que envolve drogas. Um ídolo como você aparecer nele foi algo inesperado.
O presidente Shim Jaemyung, da Myung Films, disse o mesmo. Foi sugerido para mim pelo estúdio e eu li o script proposto em uma sessão. Eu queria tentar porque, mesmo gostando de comédias de humor negro, eu ainda não havia participado de uma. O caráter de Taejung era distinto e encantador por causa disso. Ele é um garoto legal, mas rápido para perceber coisas e um pouco frio. Ao vê-lo lutar com seus problemas reais e realidade difícil, foi direto ao meu coração.

 

Você já teve experiências difíceis como Taejung?
Nada pesado como as dele, mas sei o quão sufocante é ter começado a trabalhar mais cedo do que seus colegas. No filme, Taejung diz: “Por que isso tem que ser tão difícil?” E eu coloco muita emoção nessa linha porque é importante e diz muito sobre ele. Nós somos muito semelhantes em aspectos da nossa personalidade. Quando estou em uma situação ruim, tendo a suprimir como ele. E nós somos o tipo de pessoa que assistimos atentamente dos fundos em vez de chamar a atenção para nós mesmos.

 

A tatuagem na parte de trás do pescoço deixou uma forte impressão. Combina com a personalidade de Taejung também.
É por isso que a fizemos (risos). Eu consultei o diretor sobre fazer uma tatuagem para ele e o que deveria ser, e ele sugeriu letras. Eu olhei através de um muitas frases e “Você não precisa trabalhar duro para agradar a todos” me impressionou. Nós decidimos usá-la porque pareceu certo para Taejung.

 

O que você pensa ao trabalhar com o seu sênior, Shin Hakyun?
Cresci assistindo seus filmes, então foi incrível e divertido estar junto com ele. Eu pensei que ele seria assustador no início, mas ele na verdade é bem atencioso. Ele é quieto e calmo, mas assim que entramos na filmagem ele se torna outra pessoa (risos). Ele também se prepara bastante. Nós combinamos juntos, mesmo sem um longo ensaio e isso surpreendeu a nós dois.

 

O encanto oculto de “Room no.7” é a visão crítica da sociedade da Coreia do Sul.
Gostei muito da mensagem contida em sua crítica social. “Room no.7” foi o filme de abertura do BIFAN em julho, e foi ali que o assisti. Minha atuação sempre precisa melhorar, mas no geral, o filme foi divertido. Eu assisti ao filme do diretor Lee Yongseung ‘10 minutes’ (2014) enquanto procurava filmes indie há anos. Os personagens eram tão reais que eu queria atuar como um trabalhador precário no setor público. Então eu descobri que ‘10 Minutes’ era trabalho do diretor Lee Yongseung. Quão feliz eu estava?

 

Como foi trabalhar com o diretor?
Ele é alguém que compartilha suas opiniões com uma mente sempre aberta. Ele não insiste obstinadamente em seus pensamentos. O diretor nos contou muitas histórias no set para nos tornar mais reais. A verdade é que Taejung inicialmente era mais silencioso e menos desafiador. Quando eu disse ao diretor que ficaria mais adequado se Taejung fosse um pouco mais conflituoso, o mudou. Ele mesmo teve uma luta contra Taejung.

 

Você trabalhou sem descanso desde “Cart” (2014, Bu Jiyoung). Parece que você tem um amor incomum por atuar.
Tenho muitos desejos com a atuação (risos). Porque através dela eu encontrei diversão na vida. Isso me surpreende, sentir o quanto ela mudou minha percepção emocional e me fez crescer. Sinto tudo o que os personagens que interpreto sentem. Quando eu atuei como Taejung, imaginando e percebendo o quão difícil o seu passado deve ter sido ajudou-me a compreendê-lo mais. Espero ser capaz de expressar mudanças sutis na emoção um dia, enquanto acumulo mais dessas experiências.

 

Você gosta de filmes o suficiente para voltar a vê-los? Qual você gostou recentemente?
Ultimamente, fiquei tão ocupado que não tive tempo de assistir nenhum. Ah, eu vi ‘Birdman’ (2014, Alejandro Innaritu) novamente em casa. É um filme louco com um mudança inesperada de enredo que eu nem poderia ter imaginado (risos). Pode até ser o meu favorito de todos os tempos. Tem um formato tão exclusivo e fiquei surpreso com a forma que retrata a atuação e a vida dos atores . Eu também assisti ‘Cast Away’ (2000, Robert Zemeckis) cerca de seis vezes. Eu acho que é porque toda vez que vejo o filme, continuo vendo coisas novas nele. Isso é incrível e divertido, então eu acabo revendo novamente.

 

Você ainda vai ao cinema?
Muitas vezes, quando é tarde da noite. Silenciosamente, quando não há ninguém. (risos)

 

 

Agora você está se preparando para a próxima turnê do EXO, filmando para “Swing Kids” e promovendo para “Room no.7”. Você parece estar realmente ocupado.
Tenho sido muito ocupado desde o debut. Há muitas coreografias novas para aprender para esta turnê. Além de aprender sapateado e falar com um sotaque norte-coreano. Puxa, honestamente, não é fácil, mas eu ainda deveria aprender a suportar isso. Toda vez que estou filmando pra alguma coisa eu digo a mim mesmo que vou fazer uma pausa depois que acabar, mas eu continuo esquecendo porque um filme em que eu quero estar surgirá. Não é bom viver assim, ficar acostumado a um ritmo ocupado.

 

Um hobby que você gosta fora do trabalho?
Eu não fiz nada além de trabalhar ultimamente… Ah, cozinhar! Eu gosto de comer, então eu cozinho com freqüência. Eu gosto de cozinhar para mim mesmo, mas também para as pessoas que me rodeiam. Fiz um bom peixe assado recentemente. Alguns dias atrás convidei os membros do EXO para comer peixe assado, arroz frito, e sopa de molusco que fiz para eles. Fiquei feliz em vê-los aproveitar (risos).

 

 
 


Tradução em Inglês: FYDK-TTRANSLATIONS, dyororo_
Tradução em Português: D.O. Brasil

Ambos: Olá para todos os fãs do Facebook e amigos da CGV!

SHK: Eu sou Shin Hakyun, interpretando Doosik, o chefe da locadora de DVD.

DKS: Eu sou Do Kyungsoo, interpretando Taejung, o trabalhador de meio-período na locadora.

SHK: A partir de agora, o Doosik da locadora

DKS: E Taejung

SHK: Começaremos as Perguntas & Respostas!

DKS: Segmento de perguntas trocadas!

SHK: “Por que você escolheu participar do filme ‘Room No. 7’?”

DKS: O cenário do filme é muito interessante e eu posso mostrar um lado meu que não foi mostrado ao público (anteriormente), então eu aceitei participar do filme.

DKS: “Qual foi a sua primeira impressão de mim?”

SHK: Eu senti que você era Taejung? (Kyungsoo ri) Isso me surpreendeu.

SHK: “Quais foram seus pensamentos quando soube que você iria fazer uma parceria com Shin Hakyun?”

DKS: O pensamento foi “Eu devo trabalhar com o sunbae-nim pelo menos uma vez”. (Eu sou) muito grato a você.

SHK: O que é isso de agradecer…

DKS: “Se você tivesse que escolher sua cena favorita em ‘Room No.7’?”

SHK: Não seria outra senão a cena da briga, quando Taejung pula nas costas do Doosik, parecia um filme de cowboy ocidental.

SHK: “Não foi doloroso para você colocar a tatuagem (no pescoço)”?

DKS: Eu tive que colocá-la toda vez que havia filmagem e tive que removê-la logo depois, minha pele feriu um pouco.

SHK: (legenda: preocupado) Você não aplicou remédio?

DKS: Sim, apliquei.

DKS: “Que tipo de esforço você fez para lidar com a situação falida da locadora?”

SHK: Para salvar a locadora, tentei muitas maneiras diferentes, eu mesmo contratei outro trabalhador de meio-período. Na verdade, não queria fazer isso.

SHK: “O que significa sua tatuagem?”

DKS: Uma pessoa não precisa tentar muito para satisfazer/agradar a todos. É uma linha que combina com
Taejung muito bem, então a escolhi.

DKS: “Diga algo encorajador a todos os chefes de locadoras de DVD”.

SHK: Todo mundo está tentando o seu melhor, vamos continuar com esperança e vamos lutar juntos!

SHK: “O que você teria feito na vida real se você não recebesse seus 2 milhões de wons de salário

como o Taejung?”

DKS: Parece uma situação onde fazer um boletim de ocorrência seria apropriado?

SHK: Então, por que Taejung não fez isso?

DKS: Porque Taejung é realmente um bom garoto.

SHK: Se você é realmente um bom garoto, por que você faria isso comigo?

DKS: “Houve alguma linha no filme que te marcou?”

SHK: Houve essa cena improvisada que fizemos no filme e Taejung diz “Por quê essa p*rra (a vida) é tão difícil?”, essa foi a linha mais impactante para mim.

SHK: “A quem você recomendaria “Room No. 7”?”

DKS: Já que o filme é classificado para +15, será bom se qualquer um acima de 15 assistisse este filme.

DKS: “Qual é a única razão pela qual alguém deve assistir o filme ‘Room No.7’?”

SHK: É um filme com o qual muitos podem se identificar e isso despertará pensamentos sobre “como viver uma vida?”,
então eu vou recomendá-lo para todos.

SHK: “O que o filme ‘Room No. 7’ significa para Taejung?”

DKS: Para mim, o filme “Room No. 7” é aquele que traz esperança.

SHK: Assim como o número da sorte 7?

DKS: “Diga algo ao público que assistirá ao filme ‘Room No. 7’”.

SHK: Espero que, mesmo que seja apenas uma linha, ele anime-o e lhe ofereça muito calor neste inverno.

Por favor, dê muito apoio para ‘Room No. 7’.

SHK: Todos gostaram deste segmento? E este é o Doosik, o chefe da locadora de DVD

DKS: E Taejung.

SHK: 7 Perguntas e Respostas…

DKS: E o Segmento de entrevista cruzada!

SHK: Taejung-ah, todos os clientes saíram, é hora de limpar.

DKS: Você ainda me deve 2 milhões de won de salário… Hein?

Ambos: hahahaha

 


Fonte: CGV Facebook (06.11.17)
Tradução em Chinês: T-EGG茶蛋字幕組
Tradução em Inglês: enthralleddd; channel930112
Tradução em Português: D.O. Brasil  

 

É diferente quando se trata de Do Kyungsoo. Ativo como membro do EXO e ator simultaneamente, o desempenho de Do Kyungsoo nas telas parece ter servido também como um catalisador para a expansão cinematográfica coreana. Os filmes que ele faz parte são todos únicos em diferentes maneiras.

 

Em 18 de outubro, Do Kyungsoo começou a filmar para o filme “Swing Kids”. Associado com o diretor Kang Hyeongchul, quem anteriormente liderou os filmes “Sunny” (2011) e “Tazza: The Hidden Card” (2014), os dois estarão desafiando um novo gênero de projeto, que combina dança e música.

 

Ambientado em 1951, o filme retrata a história de um jovem soldado norte-coreano e prisioneiro de guerra, Roh Kisoo (Do Kyungsoo), que se apaixona por sapateado enquanto está refugiado em meio ao caos da Guerra da Coreia. Através desse filme, Do Kyungsoo será capaz de demonstrar e mostrar sua habilidade de dança como membro do EXO.

 

Além de meramente apresentar sapateado em “Swing Kids”, o filme irá abranger e estar conectado no uso de músicas. Dado o recente sucesso de filmes musicais e espetáculos teatrais no mercado nacional, e com tendência a continuar, este filme naturalmente atrai mais atenção, portanto é previsível que Do Kyungsoo será ativo neste cenário.

 

Tendo a natureza do filme em mente, a equipe de produção procurou muito além de habilidades de atuação, buscou por atores com várias habilidades e eventualmente encontraram Do Kyungsoo.

 

Além disso, Do Kyungsoo vai encontrar o público no filme “With God” (Diretor Kim Yonghwa; Produzido por Realise Pictures) a partir de 20 de dezembro em diante. Ele tinha debutado anteriormente através do filme “Cart” (2014), seguido pela participação em outros trabalhos como “Pure Love” (2016) e “Hyung” (2016), quais são todos projetos únicos com orçamentos relativamente menores. Esta seria, portanto, sua primeira aparição numa produção de grande escala, ostentando um orçamento de 30 milhões de wons.

 

Além de ser uma enorme produção, “With God” é também o primeiro filme nacional que terá duas partes. Do Kyungsoo, como parte do elenco neste filme de fantasia ambientado no mundo após a morte, estará entregando uma nova série de material e gênero de filme para o mercado cinematográfico.

 

As ações dedicadas de Do Kyungsoo começarão a partir do filme “Room No.7”, que estará sendo passando nos cinemas em novembro. A chegada de uma obra de humor negro, um gênero de filme que não tem sido visto no mundo cinematográfico coreano por um longo tempo. Do Kyungsoo revelou corajosamente:

“Esta é minha primeira tentativa de comédia de humor negro e espero que o personagem que faço mostre um novo lado meu que nunca foi visto antes”.

 

Ambientado em uma loja de DVD moribunda em Seoul, o filme “Room No. 7” irá contar a história de um proprietário de uma locadora e um adolescente trabalhador de meio-período que guardam segredos no “Quarto No.7” da loja.

 

Do Kyungsoo irá lutar contra Shin Hakyun, quem faz o chefe da loja de DVD. A vigorosa e desesperada luta entre dois homens pela sobrevivência em um espaço único como um “quarto de DVD”  captura a curiosidade de muitos fãs de filmes.

 

Do Kyungsoo apresentou o filme compartilhando:

“Este é um filme realístico que terá espectadores ressoando com os dois personagens”.

 


Foto:
Fonte : Sports Donga (21.10.17)
Tradução em Inglês: enthralleddd
Tradução em Português: D.O. Brasil

 

Durante uma coletiva de imprensa para o seu filme “Room No. 7” em 7 de novembro, D.O. do EXO se abriu sobre sua carreira em ascensão como ator.

 

No filme, o cantor interpreta um estudante universitário, atualmente de licença, que trabalha em tempo parcial em uma locadora de DVD falindo, a fim de tentar pagar suas dívidas. Tanto ele como o dono da locadora de DVD (interpretado por Shin Ha Kyun) ficam presos em uma rede de mentiras e segredos das quais eles lutam para se livrarem.

 

No que diz respeito ao trabalho com o ator sênior, D.O. compartilhou:

“Desde que eu era mais jovem, sempre pensei em como eu queria trabalhar com Shin Ha Kyun pelo menos uma vez, sempre que assistia seus filmes. Foi uma honra poder atuar junto com ele e me diverti enquanto filmava porque ele me fez sentir confortável”.

 

Quando o MC elogiou o membro EXO pelas suas habilidades de atuação, ele respondeu:

“Obrigado. Eu acho que estudo e aprendo muito com meus sêniores em todas as produções em que trabalho. Continuo a atuar com esta mentalidade, de que estou aprendendo”.

 

Quanto a como ele mudou ao longo de sua curta, mas bem-sucedida carreira, D.O. expressou:

“Eu estava muito nervoso quando estava filmando ‘Cart’ porque nunca tinha ficado na frente de uma câmera (para atuar) antes, mas acho que agora meus nervos melhoraram pelo menos”.

 

O ídolo também revelou sobre como ele se preparou para um personagem que se enrolou em uma situação fácil de se identificar e realista, como a de ter uma dívida.

“Foi difícil já que não me identificava pessoalmente com o problema dos empréstimos estudantis, mas eu tenho muitos amigos e perguntei muito indiretamente,” D.O. explicou. “Eu atuei como (meu personagem) Tae Jung na esperança de que os jovens adultos possam se relacionar e se tornar motivados enquanto assistem”.

 

“Room No. 7” estreará nos cinemas em 15 de novembro.

 


Fonte: Soompi
Tradução em Português: D.O. Brasil

 

“Como membro do EXO, há apenas uma palavra que me deixa muito feliz. “Você fez bem”. O elogio “Você fez bem” faz meu coração vibrar, mais do que um “Você é incrível”. Porque isso significa o reconhecimento da minha habilidade como artista.”

 

Seus pensamentos sobre o fim do EXO PLANET #3 – The EXO’rDIUM [dot]?

Quando iniciamos uma turnê a cada ano e quando a terminamos através do ultimo concerto, o sentimento é realmente diferente. Durante o início do EXO’rDIUM, nos sentimos nervosos em mostrar uma nova performance para os fãs. E porque faz um tempo que nos encontramos com os EXO-Ls, nossos corações também vibraram. No entanto, durante o EXO’rDIUM [dot], em vez de nos sentirmos nervosos, tivemos um impulso de confiança. Durante as muitas vezes que fizemos o show do EXO’rDIUM, nossos corpos se acostumaram com a rotina de palco que mostramos e, naturalmente, isso nos deu confiança. Queríamos ser mais habilidosos e mostrar uma performance melhor.

 

O EXO’rDIUM [dot] foi realizado no Estádio Jamsil. Como um cantor, deve ser uma honra apresentar-se em um palco grande como esse.
Sim, é verdade. A arena do Estádio Jamsil tem um grande significado para um cantor. Não é fácil ter o enorme estádio Jamsil preenchido com um público que está torcendo por nós. Não só isso, pudemos realizar 2 shows! Foi um momento realmente precioso.

 

Você se preocupou sobre os assentos no Estádio Jamsil não serem totalmente preenchidos?
Não. Eu sou do tipo de dar mais importância em se divertir com o público que veio, em vez de ver quantas pessoas preencheram os assentos.

 

O Estádio Jamsil tem uma grande área, de forma que o palco deve ser maior do que o normal. Deve haver uma área maior para você cobrir, você não se sentiu sobrecarregado por isso?
Não, porque é como um show que sempre fizemos com nossos membros. É verdade que, pelo palco ser maior, a área que devo abranger se torna mais ampla, mas quando penso nos membros que estão comigo, fico menos nervoso. Nós sempre espalhamos nossa energia juntos. No entanto, se eu fizer um concerto sozinho, acho que me sentirei muito sobrecarregado.

 

Há uma nova apresentação acústica no EXO’rDIUM. Como vocalista, você deve ter se sentido muito feliz ao fazê-la. Como foi?
Eu gosto disso, a apresentação acústica. No entanto, se é uma apresentação acústica ou uma apresentação completa, acho que todas são importantes. Para ser sincero, o que é importante é que eu tenho que cantar no palco.

 

Você gosta originalmente de música acústica?
Sim, gosto disso. Eu gosto de músicas que são acompanhadas por violão ou piano mais do que músicas que usam muitos instrumentos. Como não há muitas sessões, a voz do cantor pode ser ouvida mais claramente.

 

Durante a apresentação acústica no EXO’rDIUM, deve ter sido divertido cantar enquanto o Chanyeol tocava violão. Quais são as coisas que você especialmente prestou mais atenção nessa apresentação?
Há também coisas em que eu presto atenção nas outras performances, mas na apresentação acústica, eu coloco esforço em cantar no tom correto porque, nesta apresentação, os vocais estão sendo acompanhados apenas pelo som do violão do Chanyeol.

 

 

Como vocalista, o quanto você sente que cresceu através do EXO’rDIUM?
Sinceramente, eu não sei o quanto eu cresci, mas acho que poderia dizer que eu cresci pouco a pouco. Acho que, como um vocalista, até mesmo ouvir muita música é um processo de treinamento importante. Além de ouvir o gênero que você gosta, você também precisa ouvir outros gêneros de música. Você ouve a música, seguido de cantar ou murmurar a música, e, assim, você pode tentar vários estilos de canto. Eu costumava cantarolar as músicas que eu gosto enquanto as escutava e, surpreendentemente, isso se tornou uma grande ajuda para as minhas habilidades de canto.

 

O seu estilo de canto é influenciado pelas músicas que você frequentemente escuta? Ou o seu estilo de canto muda quando você ouve músicas diferente?
Sim, meu estilo de canto muda. Acho que enquanto eu cantarolo a música que eu frequentemente escuto, aprendi naturalmente sobre a personalidade do músico. E, sem saber, eu segui as partes que eu acho que são mais encantadoras. Julgando por isso, acho que minha vocalização e estilo de canto também mudam um pouco se eu mudo o estilo de música que eu gosto.

 

Enquanto você estava se preparando para o EXO’rDIUM, quais foram as músicas que você ouviu mais frequentemente?
Ouço muito as músicas do Ed Sheeran. Suas músicas são boas, e elas são populares, então eu as escutei muito.

 

Com quais membros você têm uma boa química vocal?
Acho que tenho melhor química ao cantar junto com Chen e Baekhyun. Chen tem um tom alto e eu tenho um tom baixo, então a diferença entre nós é grande. Então, ao invés de eu fazer um dueto com o Chen, quando há o Baekhyun, ele preenche a lacuna entre nós, e acho que a química é muito boa.

 

Você é chamado de “fofo” pelos membros do EXO e também pelos fãs, como se sente ao ouvir isso?
Não sinto nada de especial, bom ou ruim, quando eu ouço palavras como ‘fofo’, ‘bonito’ ou ‘legal. Agradeço que os fãs vejam vários lados de mim. No entanto, acho que sou um cara que está longe de ser fofo. Eu sou apenas um homem comum.

 

O que você quer honestamente ouvir, em vez de ser chamado de fofo?
Ao invés de ser chamado por algo baseado na aparência, desejo ser elogiado com “Muito bem, você fez bem”. As palavras como “Você fez bem” são elogios que realmente me deixam feliz.

 

 
 

E ser elogiado por ter uma voz encantadora, isso faria você se sentir feliz também?
Hmm, ao invés de isso, eu gosto muito mais de “Você fez bem” (risos). Não importa o quão charmosa seja a minha voz, se eu não posso cantar bem, o encanto desaparecerá rapidamente. Quando você está sendo elogiado por algo que você fez, não só isso é percebido naturalmente, mas isso só pode ser ouvido quando você fez um enorme esforço por algo. É por isso que eu acho que não é fácil ser elogiado com “Você fez bem.” Eu não recebo elogio desse tipo muitas vezes, por isso vou continuar trabalhando duro no futuro.

 

Sério? Você é conhecido como o homem que canta e atua bem.
Eu acho que eu mesmo não reconheci isso.

 

Você deve ter ouvido a palavra “perfeccionista” frequentemente, então?
Sim, eu escutei muito.

 

Você já pensou em si mesmo como um homem sexy? Na apresentação de “Artificial Love” você dançou com uma bengala e pareceu muito sexy.
Sério? Eu acho que sou um homem que está muito longe de ser sexy! Eu realmente não sei sobre ser sexy, mas eu pessoalmente gosto de “Artificial Love” porque eu gosto de danças que têm sentimentos em vez de movimentos de dança precisos. É por isso que eu também gosto de “White Noise”, “Thunder” e “Playboy”. Isso leva à apresentação de “Artificial Love.”

 

Os membros do EXO brincam muito uns com os outros no palco, mas parece que você realmente não suporta muito as brincadeiras. Por quê?
Não há razão para fazê-lo. Eu tenho sempre que suportá-las? É o mesmo fora dos palcos. Constantemente, haha.

 

Quais os membros que mais te fazem rir?
O Baekhyun. No entanto, Baekhyun não é assim só comigo, ele também faz os outros membros rirem. Ele é aquele que cria a atmosfera na nossa equipe.

 

Existe alguma razão específica pela qual você usa apenas linguagem formal quando conversa com os fãs?
Eu penso que o EXO e os EXO-Ls têm um relacionamento de longa data, e exatamente por isso, é que devemos ser mais educados uns com os outros.

 

Qual é a apresentação que você mais gosta de todas do EXO’rDIUM?
É diferente para todos os membros, menos para mim. Ao invés de escolher uma apresentação, sou do tipo que julga por sua totalidade. Estou realmente satisfeito com o último concerto do EXO’rDIUM. O primeiro é sempre uma perda, e o segundo sempre se torna um pouco mais satisfatório porque conseguimos compensar a perda que tivemos no primeiro dia do show. Além disso, fico muito satisfeito por poder conversar com os fãs  e me divertir junto com eles. Também, fico feliz que não haja ninguém que tenha se ferido e que o concerto tenha terminado em segurança.

 

“Quando nos olhamos nos olhos e nos sentimos felizes juntos, é quando a conexão começa. Quando eu encontrei os olhos dos EXO-Ls, um por um, foi o momento em que recebi energia, e quando percebi o motivo de estar neste palco.”

 

 

O que estar no palco de um concerto significa para você?
Um concerto é o lugar onde o EXO e os EXO-Ls se olham e se comunicam. É porque, quando estamos gravando, estamos olhando para a câmera e os EXO-Ls nos vendo pelo monitor, certo? No entanto, durante o show, não há câmera nem monitor, e podemos nos olhar diretamente nos olhos, o que é algo muito especial. Porque você pode se comunicar com o olhar. No EXO’rDIUM [dot], pareceu mais especial porque nos comunicamos muito com o público através das performances e das músicas. Eu realmente gostei de poder ter contato visual com os fãs a uma curta distância, no carrinho em movimento. É realmente bom olhar para os EXO-Ls, um por um. Sinceramente, minha visão não é muito boa, então não consigo ver o público sentado, mas eu poderia olhar as expressões do público próximo do palco. Eu recebi energia tendo contato visual com o público, eles realmente me pareceram felizes por estar no show conosco. Isso me faz sentir bem.

 

Durante o ensaio para o EXO’rDIUM, qual foi a parte mais agradável para você?
Para ser sincero, mais que lembranças agradáveis, houveram muitas lembranças difíceis para mim (risos). Preparar-se para um concerto é fisicamente difícil.

 

Não apenas ensaiando para o concerto, mas durante o show, também requer muita força física. Como é que você gerencia o seu físico antes do concerto?
Trabalho para controlar meu físico por cada turno do show. Se eu tiver uma apresentação, eu vou investir 100% da minha energia, mas se eu tiver três performances para fazer, distribuo minha energia em 30%, 30%, 30%. No entanto, quando ocorre um concerto, distribuir sua energia física não é uma coisa fácil de fazer. Então, toda vez que tem um concerto, vou fazer o meu melhor para construir minha força física. Por isso, não tenho nenhum segredo especial para manter minha força física, apenas mantenho minha rotina alimentar (risos). ​​Eu como muito. Eu aproveitei comidas deliciosas e também tomei vitaminas.

 

Que tipo de comida você costuma comer mais?
Eu como muita, realmente muita, comida com altas calorias. Comida como carne ou pato. No entanto, eu não como peito de frango, salada ou comidas sem gosto como essa. Tem que ser um prato que tenha muito sal (risos). Eu realmente gosto de comida gordurosa como comida chinesa, pizza e frango.

 

Você filmou VCRs para cada concerto, dessa vez, qual deles você mais gostou?
Eu sempre gosto mais do VCR filmado mais recentemente. É por isso que gosto de ‘They Never Know’, o VCR do 5° aniversário para o EXO’rDIUM. Foi muito divertido brincar com os membros durante as filmagens. E acho que os EXO-Ls também vão gostar.

 

Segundo o ponto de vista do VCR “Namorando o EXO” foi reencenado a vida no dormitório do EXO. Quão diferente era isso da realidade?
100% diferente! Parecemos apenas uma família comum. No dormitório, tomamos banho, dormimos e comemos quando estamos com fome.

 

No VCR “Namorando o EXO”, poderíamos ver a dança cômica da EXO. Na realidade, vocês brincam uns com os outros dançando assim também?
Nós realmente não dançamos de forma divertida assim no dormitório. Mas nós fazemos muito isso quando estamos ensaiando na sala de prática. É o que você sempre veria na sala de prática.

 

Alguma vez você já dançou de forma cômica?
Eu não faço isso. Até onde eu me lembro, não acho que já fiz isso alguma vez.

 

Existe testemunhos sobre suas ótimas habilidades culinárias. Você cozinha bastante para os membros?
Por causa da agenda de cada um eu não tenho muitas chances de cozinhar para os membros no dormitório. Além disso, na cozinha do nosso dormitório, o fogão não é um fogão a gás, mas sim um fogão elétrico, então quando você está cozinhando realmente não tem o mesmo gosto. Quando você está movendo o wok (utensílio da culinária asiática) e sente o cheiro, você consegue dizer se terá um gosto bom. Você não consegue dizer isso com um fogão elétrico, então eu cozinho mais na casa dos meus pais.

 

Durante o EXO’rDIUM [dot], houve algum momento onde você pensou “este membro, ele é incrível” ou onde você “foi atingido no coração” ?
Eu sempre me sinto “atingido” assistindo a performance do Kai. Quando Kai está fazendo sua parte solo sempre parece tão legal. Honestamente, por eu frequentemente ver a dança na sala de prática ou durante o ensaio, a excitação quase desaparece, porém quando eu o vejo no palco, eu sempre fico surpreso. A rotina de dança não é nova, mas ele faz isso tão bem.

 

Olhando para o EXO’rDIUM [dot], quando você sente que o EXO se tornou mais sólido?
Há muitos momentos onde os membros se reúnem e conversam abertamente. Comparando com os dias de debut, agora nós estamos mais soltos quando conversamos uns com os outros. Além disso, nós sempre prometemos “vamos fazer isso propriamente no futuro”, eu penso que é porque nós sempre conversamos assim uns com os outros que EXO está se tornando mais forte.

 

Desde o EXO’rDIUM [dot] até o álbum ‘The War’, vocês tiveram consecutivos sucessos. Isto deve ter sido bom.
Sim, eu gosto disso. Nossos membros trabalharam realmente duro e receber um bom resultado por isso nos faz sentir mais felizes. Nós sempre pensamos como “o quanto esforço você colocou em algo irá ser retornado a você ”.

 

Por favor, diga algo para os membro que terminaram o EXO’rDIUM [dot] com segurança.

Xiumin hyung, obrigado por sempre ser o equilíbrio como o mais velho. Suho hyung, obrigado por sempre aguentar as brincadeiras feitas pelos membros. O criador de humor do EXO, Baekhyun, obrigado por sempre encorajar os membros e por nos fazer rir. Chen, quem eu realmente amo, obrigado por sempre mostrar uma imagem brilhante e compartilhar energia positiva com os membros. Chanyeol, obrigado por sempre tocar violão ao meu lado. O líder da sala de prática, Kai, obrigado por aturar a preguiça dos membros. Kai geralmente é o mais preguiçoso de nós no dia-a-dia, mas durante a prática é o mais diligente. E por último, para o nosso homem leal, Sehun-ah, obrigado por unir os membros solidamente, assim como um irmão mais velho.

 

Agradecimentos de D.O.

 

“Dizer ‘obrigado’ é uma maneira de expressar minha afeição por você”

Eu sempre quero cumprimentar o público que veio para o EXO’rDIUM com a palavra “obrigado”, sempre. Eu sempre digo esta mesma palavra várias vezes, mas hoje, eu quero te contar sobre o enorme significado por trás da palavra “obrigado”. A palavra “obrigado” contém meus sinceros sentimentos e amor pelos EXO-Ls. Tão ilimitado quanto o apoio e amor que os EXO-Ls tem nos dado, nós temos criado um profundo carinho em relação aos EXO-Ls. Como ainda não sou bom em expressar meus sentimentos e fico bastante envergonhado, não consigo dizer “eu te amo”.  Espero que o “obrigado” que sempre digo mostre os verdadeiros sentimentos do meu coração. Eu acho que os EXO-Ls  são a chave para o concerto do EXO. Se não existisse EXO-Ls então não haveria razão para o show do EXO existir. A existência do nosso show é 100% somente para os EXO-Ls. Também quero dizer “esse não é o fim”, apesar de o EXO’rDIUM ter acabado, EXO continuará fazendo mais shows no futuro. Por favor, sempre cuide de nós, assim como eu sempre estarei pensando nos EXO-Ls.

 

Mensagem dos membros para D.O.

 

  • Baekhyun:

D.O. é um amigo leal. Ele é um amigo que tem convicção em suas próprias crenças e isso é legal de se ver. No futuro, tanto como agora, eu espero que você viva a sua vida sem perder o foco no seu coração. D.O.-ah, seria ótimo se você pudesse acreditar em si mesmo. Não se importe com o que os outros digam, o que você acredita sempre será a resposta certa.

 

  • Chanyeol:

Eu tenho interesses em comum com o D.O..Nós jogamos jogos juntos. Recentemente nós estivemos jogando golfe juntos, não há nada mais que eu possa esperar dele, ele já é um amigo muito confiável. D.O.-ah, eu espero que possamos sempre permanecer próximos, assim como somos agora.

 

  • Kai:

D.O. hyung você está tão ocupado se preparando para os shows e atuando que você deve estar cansado, mas eu acho que é incrível que mesmo assim você ainda passe tempo com os membros, sempre dando o seu melhor. Eu sempre irei te amar, hyung. Você sabe que eu te amo muito, certo?

 

  • Xiumin:

É agradável ver que D.O. tem sorrido bastante ultimamente. Ele é um amigo que constantemente se preocupa e pensa muito nos membros. Ele é simples e honesto. Conciliar o EXO com a atuação é bastante exaustivo, mas ele nunca deixa isso transparecer. Mas hey, D.O., se você estiver cansado, apenas diga, está tudo bem. A partir de agora espero que você aprenda a nos mostrar o seu cansaço.

 

  • Chen:

D.O. é um amigo realmente confiável, nos momentos difíceis eu sempre me sinto melhor depois de ouvir o que ele tem a dizer, sem perceber eu sempre acabo me apoiando nele.

 

  • Sehun:

D.O. hyung tem uma personalidade indiferente, mas se você se aproximar dele primeiro, ele lhe estenderá a mão. Me aproximei dele primeiro, e agora ele sempre está por perto. Recentemente, D.O. hyung tem iniciado as brincadeiras comigo.

 

  • Suho:

Hey, D.O. , eu sei que você brinca comigo porque você gosta de mim, haha. Eu sempre irei apoiá-lo em sua vida, apoio o seu suor e as suas lágrimas (trabalho duro).

 

Menções dos membros e Staffs
 

Durante “Thunder”, Chen tocou a bochecha de D.O. Isso foi combinado?

Chen: Nem um pouco. Como D.O. é bem reservado, eu estava brincando um pouco com ele, haha. Porque eu queria deixar a apresentação mais divertida. No início ele estava um pouco reservado, mas depois o D.O. também entrou na brincadeira. Eu acho que esta é a parte divertida dos shows. Além de fazermos uma performance legal em frente às câmeras, também mostramos lados divertidos, não é essa a beleza dos shows?

 

D.O. também é reservado por trás das câmeras?

Chen: Sim. Seja no palco ou fora, D.O. é sempre reservado. Contudo, de tempos em tempos até o D.O. brinca. Ele é o mais divertido de todos quando brinca.

 

Durante a parte acústica do EXO’rDIUM [dot], você notará as vozes dos membros mais do que o resto, quais atrativos você acha que os outros membros possuem após ouví-los?

Chanyeol: Na verdade, minha voz preferida é a do D.O., primeiro porque o tom da sua voz é muito agradável, seus vocais se encaixam tanto com música clássica quanto com pop, você pode dizer que é quase como os sons da natureza.

 

Tendo tocado tanto violão quanto guitarra, qual deles você acha mais encantador?
Chanyeol: Primeiro comecei a tocar violão quando tinha 20 anos, e havia ensaiado uma música de ’10cm’ sunbaenim com D.O. naquela época.

 

Você teve muitas oportunidades cantando junto com os vocalistas principais Baekhyun, Chen e D.O., Como é a química em questão de tons vocais entre vocês?
Suho: A voz de D.O. revela um charme que é respaldado por muitas técnicas vocais. Por outro lado, o meu estilo de canto é bastante simples (referindo-se a ser bem limpo). Uma vez que nossos estilos são opostos, dificilmente conseguimos ser combinados para cantarmos muito juntos. Como todas as partes estão bem distribuidas, você não acha que estão bem combinadas e também mostra muita química?

 

Shim Jaewon (Diretor de Peformance da SM): Quando D.O. canta, ele entrega a performance de uma forma expressiva. É o tipo de vocal que você nunca se cansa, e vai querer ouvir de novo e de novo. Ao ponto de pensar que “seus ouvidos foram abençoados”. Sinceramente, se dissermos que a sessão acapella do EXO’rDIUM foi inspirada no D.O., não seria um exagero. O início da sessão acústica, “My Lady”, foi guiada pela parte de D.O., essa parte é uma performance musical que começa com os vocais dele, é uma apresentação que destaca os charmes do D.O.

 

Staff: D.O. é um membro que sabe no que se destaca e o que precisa fazer no palco. Em comparação aos outros, nesta sessão, durante a parte acústica, a habilidade de improviso de D.O. foi incrível. Eu gostaria de aprender dele essa atitude de trabalho, que silenciosamente faz as coisas mesmo encontrando dificuldades.

 


Scans: HyuneePoint56
Tradução em Inglês: dyororo_fydk-translationsBYUNBAEEEserenadyochoconini_, hello_chennetchocohun94enthralleddd
Tradução em Português: D.O. Brasil